CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Mercado de Alumínio tem potenciais oportunidades para recicladores

Evidenciada pelo cenário atual e futuro para o setor no país, a “demanda latente por reciclados de alumínio mobiliza toda a cadeia produtiva”, revelando potenciais oportunidades para catadores e recicladores.

O processo de reciclagem permite que o alumínio seja reutilizado em determinados produtos de diversos setores produtivos. Esse processo, que se resume no derretimento do metal, é bem menos dispendioso em termos de energia quando comparado ao sistema produtivo primário e produz o alumínio líquido, posteriormente solidificado e formando os lingotes.

A reciclagem não danifica a estrutura do metal, que pode ainda ser reciclado infinitamente e reutilizado na produção de qualquer produto com o mesmo nível de qualidade do alumínio recém-produzido por mineração.

A ampla variedade de aplicação do alumínio dá a dimensão do seu mercado comprador: bens de consumo (utensílios domésticos, móveis e decoração, eletroeletrônicos, eletrodomésticos e artigos esportivos); automotivo e transportes; construção civil; embalagens; indústria elétrica (fios e cabos); máquinas e equipamentos; entre outros.

Terá mais chance de sucesso no negócio, o empreendedor que iniciar uma usina de reciclagem de alumínio reunindo características como:

 

  • Ter conhecimento específico sobre reciclagem, suas diversas variações tecnológicas e de tipos de produtos a serem reciclados. Principalmente se esse conhecimento for proveniente de experiências adquiridas anteriormente e da participação em cursos e eventos sobre reciclagem;

 

  • Buscar melhor qualificação e manter-se permanentemente atualizado, tanto com a participação em cursos específicos sobre reciclagem, biodiversidade, ambivalência de produtos, quanto de gestão empresarial;

 

  • Possuir visão prospectiva do negócio, buscando antecipar tendências principalmente no que tange ao interesse de mercado das indústrias compradoras, além de estar sempre atento às inovações tecnológicas e de mercado;

 

  • Atuar amparado nas tendências do mercado que atende;

 

  • Ter habilidade no tratamento com pessoas tanto com seus colaboradores quanto com clientes, fornecedores, catadores, cooperativas;

 

  • Priorizar a qualidade dos materiais a serem reciclados e valorizar o produto resultante da reciclagem, empregando técnicas adequadas para análise e seleção entre os materiais recebidos passíveis de serem processados e reciclados daqueles que não oferecem tais condições, ou não interessem ao processo produtivo da própria empresa;

 

  • Entender que reciclar “lixo” não significa ter um empreendimento desorganizado, sujo, com mau cheiro, dentre outros adjetivos. Por isso, manter seu empreendimento, incluindo a linha de produção, muito limpo e com odor agradável, fazendo com que este requisito seja um ponto positivo a mais em seu segmento empresarial;

 

  • Explorar o próprio potencial criativo, sempre com capacidade de sugerir ou mesmo criar formas inovadoras de uso de seus produtos para estar sempre à frente de seus concorrentes.

Conteúdos Relacionados:

Com o objetivo de orientar novos empresários para atuação no setor de reciclagem, o SEBRAE desenvolve publicações que trazem informações iniciais para a estruturação do negócio. Um exemplo é o Comece Certo Usina de Reciclagem do SEBRAE SP, na qual constam os aspectos legais da atividade.

 

 

 

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga