CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Marketing de Conteúdo: O Que É, Seus Benefícios e Estratégia

Marketing de Conteúdo: O Que É, Seus Benefícios e Estratégia

Atualmente, as metodologias e abordagens que utilizamos para atrair nosso público-alvo são diferentes daquelas envolvidas nas principais estratégias de marketing de décadas atrás. Em tempos modernos, o Marketing de Conteúdo é uma das formas mais efetivas para se conquistar novos clientes e fidelizá-los.

O Marketing de Conteúdo não é bom somente para atrair pessoas por meio da internet; ele também engloba uma metodologia que transmite os valores e identidades de cada empreendimento que o adota.

Ao longo deste artigo, falarei mais sobre o assunto.

A definição de Marketing de Conteúdo

Podemos chamar de Marketing de Conteúdo o processo de criar, manter e publicar conteúdo relevante que promova bons relacionamentos entre empresas e consumidores.

A produção de conteúdo relevante se dá por meio da internet — via blogs, e-books, redes sociais, plataformas de transmissão de vídeo e grupos virtuais.

Segundo especialistas, nove em cada dez grandes empresas trabalham usando o Marketing de Conteúdo — ampliando a forma como se relacionam com seus clientes para além das abordagens tradicionais de vendas; essas empresas disseminam informações, ideias e entretêm seus consumidores com conteúdos valiosos.

Conteúdo valioso ou relevante

Dentro do Marketing de Conteúdo, chamamos de conteúdo relevante tudo aquilo que seus usuários considerem informativo, engajador, de grande ajuda ou simplesmente divertido.

Por conta disso, sites que contêm conteúdos relevantes ganham destaque frente aos motores de busca, como o Google — as pessoas precisam encontrar o seu negócio quando necessitam de uma solução que ele possa oferecer; pelo Marketing de Conteúdo, você garante que esse encontro aconteça.

Benefícios do Marketing de Conteúdo

Agora que você conhece o que é o Marketing de Conteúdo, é a hora de saber quais são seus benefícios. Veja:

  1. é a melhor forma de alcançar seu público-alvo, oferecendo conteúdo relevante e de qualidade a ele;
  2. te ajuda a melhorar a autoridade do seu negócio perante seu nicho de atuação;
  3. te ajuda a capturar e reter potenciais clientes, transmitindo os valores de seu negócio.

Além destes, há o benefício fundamental do Marketing de Conteúdo: garantir sua presença na web. Por meio das técnicas certas de SEO*, você aumenta suas chances de aparecer nas primeiras posições nos mecanismos de pesquisa.

*SEO é uma metodologia de produção de conteúdo que reúne técnicas de apoio ao ranqueamento em motores de busca. Envolve o uso de palavras-chave e meta descrições em páginas de sites, por exemplo.

Marketing de Conteúdo vs Inbound Marketing

É comum que se faça confusão entre Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing. Neste tópico, analisarei cada uma das metodologias para que você não tenha dúvidas quando ouvir falar delas.

Segundo registros, o termo “marketing de conteúdo” foi utilizado pela primeira vez no início deste século. Seu propósito era descrever a forma como as marcas estavam criando conteúdo destinado aos seus consumidores.

Em vez de se apoiar em comerciais para a TV ou a divulgação em outdoors, essas empresas contavam com revistas, blogs e livros para atrair seu público.

Considerando seu contexto de uso, dizemos que o Marketing de Conteúdo é assim classificado quando envolve a criação de conteúdo relevante, útil ou interessante àqueles que compõem o público-alvo de uma empresa.

Mesmo se estes conteúdos não tiverem uma CTA (convites para baixar um conteúdo ou assistira um vídeo, por exemplo), ou encaminharem o usuário aos produtos e serviços da empresa, sua existência gera afinidade entre esta e seus consumidores.

Sobre o Inbound Marketing

Assim como o Marketing de Conteúdo, o Inbound Marketing — também chamado de Marketing de Atração — está na ativa há anos; no entanto, seu uso se tornou massivo há cerca de uma década.

O Inbound Marketing parte da premissa de que os consumidores estão cansados das formas invasivas de marketing (anúncios que te interrompem enquanto você assiste um vídeo no Youtube ou lê uma notícia, por exemplo) e preferem contratar um serviço ou comprar um produto quando precisam e buscam por isso.

Segundo essa linha de raciocínio, estes consumidores estão muito mais propensos a fazer um download ou clicar em um botão de compra (ambos são exemplos de CTAs).
O Inbound Marketing foca em levar o conteúdo certo ao consumidor, no momento certo.

Um exemplo de técnica utilizada por essa forma de marketing são os popups (janelas de aviso) de inscrição em listas de e-mail exibidos aos usuários que visitam determinado site, pelo menos, pela segunda vez.

Comparando Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing…

Com base no que foi dito até então, podemos dizer que a principal diferenças entre ambas as formas de marketing é sua aproximação: enquanto o Marketing de Conteúdo visa promover e gerir o relacionamento com consumidores, o Marketing de Atração busca levar um produto ou serviço àqueles que têm a real intenção de consumi-los.

Apesar das diferenças, ambas as formas de marketing devem ser trabalhadas e compor toda e qualquer estratégia de marketing online.

Estratégia de Marketing de Conteúdo

O centro de toda e qualquer estratégia de Marketing de Conteúdo é o seu “porquê”.

Por que você cria conteúdo, a quem você está ajudando e como você pode levar às pessoas um conteúdo diferenciado — que ninguém mais pode. Basicamente, essas estratégias têm pelo menos um destes três objetivos:

  1. aumentar lucros;
  2. reduzir custos;
  3. levar satisfação aos clientes das empresas que as aplicam.

Quanto custa elaborar uma estratégia de marketing de conteúdo?

Você viu que reduzir custos pode ser um dos objetivos numa estratégia. Essa redução de custos é possível porque a estratégia de marketing de conteúdo tem a capacidade de se adaptar ao seu orçamento.

Não há orçamento mínimo estabelecido para que seja desenvolvida uma boa estratégia; é possível começar gastando absolutamente nada. Obviamente, quanto menos se tem para gastar, menos os recursos, ferramentas e mão de obra profissional especializada se terá.

Os custos envolvidos nesta forma de marketing se relacionam diretamente aos canais pelos quais os conteúdos produzidos serão distribuídos.

Mesmo tendo limitações, há vantagens quando comparamos o marketing de conteúdo à veiculação de anúncios, por exemplo. Com eles, sempre é necessário pagar.

De qualquer forma, o mercado está repleto de ferramentas gratuitas e/ou a preços acessíveis que apoiam o marketing de conteúdo.

Tomemos como exemplo uma estratégia voltada à produção de conteúdo para blogs: para se ter um blog, é necessário hospedá-lo.

Quando lidamos com projetos pequenos, de blogs que não esperam muitas visitas mensais, inicialmente, uma hospedagem gratuita — do Blogger, por exemplo — atende a todas as necessidades da empresa por trás dele.

Agora se analisarmos um projeto ambicioso, de empresas grandes, o ideal seria a contratação de um serviço de hospedagem — estes serviços oferecem servidores mais parrudos, que aguentam muitos acessos simultâneos.

No fim, para adequar suas estratégias de marketing de conteúdo ao seu orçamento, é importante conhecer os canais com os quais sua empresa trabalhará, seja redes sociais, Youtube, fóruns na internet…

Estratégia de Conteúdo

Para que a estratégia seja aprofundada, é preciso criar, publicar e gerir conteúdo relevante.

A estratégia de conteúdo responde as seguintes perguntas:

  • o que o conteúdo a ser produzido tem como objetivo?
  • quem é nosso público-alvo?
  • o que podemos concluir sobre os conteúdos que já produzimos?
  • qual será nossa fonte de informações para criação de conteúdo?
  • onde e como os conteúdos produzidos serão distribuídos/postados?

Com base nessas perguntas, você pode ver que a função da estratégia de conteúdo é coordenar e embasar a produção de conteúdo em si, olhando para a situação atual da empresa, seus clientes e qual a melhor aproximação para ser utilizada. Ela envolve muita teoria.

Planejamento de Conteúdo

O planejamento de conteúdo é algo mais relacionado à produção do conteúdo. Ele envolve a elaboração de briefings (pautas) com base no que foi coletado pela estratégia de conteúdo.

As estruturas das pautas dependem do(s) canal(is) de divulgação de conteúdos escolhido(s), mas elas seguem a um padrão. Geralmente, as pautas contêm as seguintes informações:

  • tema do conteúdo produzido;
  • título da chamada do conteúdo;
  • etapa do funil de vendas*;
  • palavras-chave ou hashtags;
  • quantidade de caracteres ou palavras;
  • subtítulos, quando é o caso;
  • CTA.

*O funil de vendas é um modelo que ajuda a definir quem é o usuário que consome determinado conteúdo na internet. Geralmente, ele pode assumir quatro posições: visitante ocasional (lead), visitante recorrente, interessado — num produto ou serviço — e fidelizado, quando se torna um cliente, de fato.

Conclusão

Pelo conteúdo deste post, você compreendeu que o Marketing de Conteúdo é uma forma de melhorar o relacionamento de sua empresa com seus clientes.

Em vez de se preocupar com vendas e contratações, essa forma de marketing lida com as dores (problemas) das pessoas.

Certamente, esse relacionamento tem como base uma motivação impessoal, voltada aos negócios. No entanto, por trabalhar aspectos como a autoridade de sua empresa em seu nicho de atuação e a confiabilidade de informações transmitidas aos consumidores, faz com que a conquista de clientes fiéis e assíduos seja viabilizada.

As pessoas tendem a consumir aquilo que mais traz confiança e comodidade. É aquela velha história: é melhor pagar um pouco mais por um serviço de qualidade, do que economizar com algo que, no fim, acaba não agradando.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Sobre João SantosNovo na comunidade

Desde a infância mantive interesse em diversos assuntos, então sempre pesquisei sobre muitas áreas. Como a produção de conteúdo permite que eu trabalhe com vários temas, não me limito aos nichos para os quais redijo. Em meus trabalhos, sempre relato fatos. Produzo conteúdos únicos com informações provenientes de fontes confiáveis. Constantemente me aprimoro em meus ramos de atuação, adquirindo novos aprendizados e superando desafios

Me siga

Deixe um comentário