CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Lucro com a locação de veículos para motoristas de aplicativo

Lucro com a locação de veículos para motoristas de aplicativo

A Uber é a empresa pioneira no segmento de viagens particulares por aplicativo no Brasil e no mundo. Em nossas terras ela chegou por volta de 2014 e provocou um verdadeiro alvoroço.

Taxistas e cooperativas odiaram a ideia de que um aplicativo digital pudesse possibilitar que cidadãos trabalhassem transportando pessoas sem a necessidade de um alvará ou curso preparatório.

Naquela época, todos os meios de comunicação passaram a mostrar diariamente os episódios de violência que os motoristas da plataforma sofriam. E apesar das muitas tentativas, quem tentou nunca conseguiu derrubar o maravilhoso serviço de viagens da norte-americana.

Hoje, não somente a Uber lucra com o seu aplicativo, mas milhares de outros brasileiros indiretamente também estão se beneficiando, assim como outras empresas do mesmo segmento, tais como: 99, Cabify, inDriver, entre outras.

Os motoristas

Os motoristas formam a principal engrenagem de um conjunto de peças que fazem o ecossistema dos aplicativos de transporte funcionarem. Sem eles seria impossível tornar esse negócio promissor. Por essa razão, são um alvo certo de investimento com retorno garantido.

Não à toa, grandes empresas de locação de veículos tem visto seus faturamentos mais do que triplicarem desde que passaram a investir nesses profissionais.

E como esses motoristas não são obrigados a trabalharem com carro próprio, a grande maioria deles tem largado, inclusive, seus próprios empregos para arriscarem nessa profissão, afinal, eles podem simplesmente alugar um carro ou emprestarem de algum conhecido.

A partir desse ponto já fica claro que a locação de veículos para motoristas de aplicativo é, sem dúvida, um negócio rentável.

A locação de veículos

Atualmente, os motoristas que trabalham com carro alugado destinam até 25% do seu faturamento total para essa finalidade, segundo o que pudemos constatar na matéria Aluguel de Carros para Uber e 99, do site Motorista Elite.

Isso significa que um profissional que tenha seu lucro na casa dos R$ 6.000 brutos – o que não é difícil em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Fortaleza, Salvador e Belo Horizonte, por exemplo – reserva algo em torno de R$ 1.500 para a locação do seu veículo de trabalho.

Agora o dado mais interessante: segundo o mesmo site mencionado anteriormente – por sinal especializado no assunto -, atualmente a Uber tem mais de 500 mil motoristas cadastrados, dos quais 70% não trabalham com um veículo próprio.

Opa! Seria essa uma oportunidade de investimento? Bom, imagine que além da Uber também exista outras empresas, como a 99 – maior concorrente da norte-americana -, Cabify, inDriver, e por aí vai… É, parece que realmente há uma chance de investimento e retorno muito boa por aqui.

E foi notando essa possibilidade de gerar renda através da locação de veículos para motoristas de aplicativos que muitas pessoas começaram a construir suas próprias frotas.

De onde vem o lucro?

O primeiro passo para entendermos como é possível obter lucro com a locação de veículos para esses profissionais é, basicamente, olhar para o que a Uber exige de um motorista em relação ao carro que ele pode utilizar para trabalhar. Vamos ver?

  • Fabricação 2013 ou superior em São Paulo
  • Fabricação 2011 ou superior nas demais cidades
  • 4 portas
  • Ar-condicionado
  • 5 lugares

Os dados acima já estão atualizados para o ano de 2021.

Isso significa que qualquer pessoa que tenha um carro com ano de fabricação entre 2011 e 2021 ou entre 2013 e 2021 – para a cidade de São Paulo – pode alugá-lo para um motorista de aplicativo.

Mas quanto poderia ser cobrado pelo aluguel? Basta fazer uma pesquisa nos grupos de motoristas distribuídos pelo Facebook e WhatsAPP para notar que os modelos mais simples – desde que tenham ar-condicionado e direção hidráulica – são alugados na faixa de R$ 1.500. E nesse caso estamos falando de modelos antigos e com fabricação superior a 6 anos.

Sabendo disso, muitas pessoas – especialmente com veias empreendedoras e boas habilidades na gestão de seus negócios, estão começando a lucrar a partir da locação de sues próprios carros.

Quem paga as despesas de manutenção?

Ao gostar da ideia e arrumar formas de colocar um ou mais carros para locação, os locadores acabam se deparando com uma dúvida muito grande: quem ficará responsável por arcar os custos das manutenções do veículo?

Nesse sentido há duas formas comuns de se pagar os custos das manutenções: primeiro, incluindo o valor dentro do próprio aluguel; segundo, cobrando o valor da manutenção à parte e, consequentemente, diminuindo um pouco a margem de lucro.

Entre as duas formas, a mais utilizada é a primeira. Obviamente é necessário que haja um equilíbrio de modo que o preço do aluguel e manutenção juntos não seja abusivo para o motorista que fará a locação.

Há uma matéria sobre os carros permitidos na Uber bastante elucidativa sobre quais carros são aceitos e, consequentemente, também vale para outras empresas do mesmo segmento.

A leitura da mesma é importante para todos àqueles que, depois de ler essa matéria, sintam um desejo de experimentar esse modelo de negócio, pois a mesma aborda quais veículos se encaixam nas categorias X, Comfort e Black, atualmente as mais importantes do mercado.

Dessa forma, você ou o seu cliente – caso você faça a gestão desse negócio para ele – saberão segmentar com maior precisão em qual área da locação de veículos irá atacar: os carros mais simples, intermediários ou de luxos e, respectivamente, se os lucros serão mais brandos, medianos ou altos.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Sobre Lucas MonteiroEntrou no jogo

Deixe um comentário