CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Locação de veículos leves acelera para crescer

Locação de veículos leves acelera para crescer

*Texto extraído da edição de julho do boletim Sebrae 2014 – Brasil

O setor de locação de automóveis no País também já tirou o pé do freio. Enquanto o País se prepara para receber a Copa do Mundo Fifa 2014 e o turismo de negócios se expande, o número de locação de automóveis também cresce. O incremento tem sido gradual há alguns anos. O Anuário 2011 da Abla – Associação Brasileira de Locadoras de Automóveis revelou que o crescimento de 17% em 2010 (comparação com 2009) representou o melhor resultado do setor nos últimos 20 anos e destacou que o investimento no capital humano foi fundamental para esse resultado. Dentro da segmentação de clientes atendidos, 24% são provenientes do turismo de negócios, conforme revela o boletim Porto Alegre na matéria ‘Turista de Copa do Mundo circula motorizado’.

O aumento do número de empresas também contribuiu para o crescimento do setor e trouxe a prova concreta de que os bons resultados encorajaram novos empresários a buscarem a boa rentabilidade desse mercado estável. A Abla alerta em seu portal na internet que o setor tem merecido avaliações promissoras para quem quer ingressar no negócio, ressaltando que é necessária muita dedicação e atenção, além de respaldo técnico em função do alto nível de detalhes e singularidades do setor no Brasil. A gestão exige capital intensivo e, nesse sentido, é importante lembrar que a taxa de juros no País continua alta quando comparada a outros países e que para empreender é preciso estar muito bem preparado e ter um planejamento adequado às futuras necessidades de capital.

Um princípio de dedicação ao negócio traçado estrategicamente pode ser encontrado na Localiza, empresa brasileira fundada em 1973 com seis fuscas usados, que na ocasião de sua abertura elegeu três regas máximas para a empresa: que os filhos dos donos não trabalhariam nela, que a data limite de aposentadoria dos sócios fundadores seria 65 anos de idade e que os acionistas executivos pre-cisavam ser fiéis ao negócio e não poderiam ter nenhuma outra empresa a que se dedicassem.

Atualmente, a Localiza é uma companhia de capital aberto e opera em outros segmentos de mercado.

01. Serviços inovadores

A Zipcar, empresa americana de locação de veículos, inovou ao transformar aluguel de carros em uma rede de compartilhamento de veículos. Fundada em 1999, a empresa distribui seus carros em pontos espalhados por grandes cidades e os clientes não precisam enfrentar espera ou atendentes para utilizá-los. Todo o processo de locação é feito on-line, sem burocracia e de forma rápida. Os clientes podem alugar os veículos e utilizar por dia ou por horas, usando apenas um código e um cartão.

No Brasil, a ideia já está rendendo iniciativas similares. Em São Paulo, uma empresa oferece serviços para pessoa física e jurídica com a bandeira de vantagens apontando para economia, conveniência e sustentabilidade, alegando que cada carro compartilhado substitui 13 carros particulares no trânsito da cidade.

O modelo de negócio é simples: o cliente se inscreve na internet e recebe um cartão pessoal como membro associado. Depois disso, é só reservar o carro online, por meio de um mapa georreferenciado, de acordo com a proximidade de melhor conveniência, e aguardar confirmação por e-mail ou telefone. No local de estacionamento, que geralmente são pontos comerciais parceiros, o usuário desbloqueia o veículo com o cartão pessoal para acesso às chaves e pode sair dirigindo.

Serviços como esse tendem a encontrar interesses e anseios de turistas. O carro, quando retirado, já tem combustível disponível para rodar e também seguro contra danos corporais e materiais.

02. Quem são os locatários

Idade média dos usuários

• 4% têm entre 21 e 24 anos;
• 80% possuem entre 25 e 45 anos;
• 11% estão acima de 45 anos.

Grau de instrução dos locatários

• 90% têm nível superior;
• 10% têm nível médio.

Área de atuação dos usuários

• 8% profissionais liberais
• 10% comércio
• 10% outros
• 30% na indústria
• 42% nos serviços

Fonte: Anuário 2011/Abla

Conheça outras oportunidades de negócios no Portal Sebrae 2014: http://www.sebrae2014.com.br/portal/site/Sebrae2014/fiqueAtento

www.sebrae2014.com.br

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae