Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Liderar não é impor, é motivar! Afinal, você é um líder ou apenas um chefe?

Liderar não é impor, é motivar! Afinal, você é um líder ou apenas um chefe?

Você sabe que existe uma grande diferença entre ser chefe e ser um líder? Aliás, não somente, mas várias e claras distinções que não estão relacionadas ao cargo que você ocupa, mas ao modo como você exerce a sua função.

Você está à frente de um departamento ou de uma equipe? Ou então, você almeja alcançar um cargo de liderança e quer, verdadeiramente, gerar resultados positivos para a empresa? Para isso, você precisa compreender que liderar não é impor, mas sim motivar. É isso que irá torná-lo um líder!

Afinal, estar em uma posição hierárquica superior não faz de você um líder, apenas um chefe. Por isso, se você deseja conquistar novos patamares de liderança positiva e construir um trabalho junto ao time, continue lendo este artigo do IBND (Instituto Brasileiro de Neurodesenvolvimento). Afinal, a era dos chefes está com os dias contados.

As características de um chefe

De todas as figuras dentro do ambiente corporativo, o chefe é a mais conhecida – e, por vezes, detestada pelos funcionários. Afinal, todos nós já tivemos (ou teremos) um chefe que “dava nos nervos”.

O chefe é o funcionário que comanda uma equipe sem dar voz e oportunidades aos colaboradores. Ele faz tudo do seu jeito, sem orientar e motivar sua equipe. Mas essas não são as únicas características. Confira outros possíveis traços deste profissional:

  • tende a tomar decisões baseadas em achismos para reforçar seu poder e autoridade;
  • joga a responsabilidade por uma falha em um colaborador;
  • centraliza informações e não as compartilha com a equipe;
  • colhe os frutos das conquistas e se coloca como principal responsável pela conquista, sem dar o mérito a equipe;
  • controla o passo dos colaboradores;
  • não pensa no bem estar coletivo.

As características de um líder

Por vezes, o líder é uma figura difícil de ser encontrada dentro de uma empresa. É aquele profissional que se preocupa com seus colaboradores, que os motiva e os inspira para darem sempre o seu melhor.

Apesar de estar numa posição de liderança, este profissional sabe que sem o auxílio da sua equipe não será capaz de entregar resultados positivos. E por isso, reconhece e valoriza cada colaborador, assim como o incentiva a ser um profissional melhor a cada dia. Confira algumas outras características marcantes de um líder:

  • motiva a equipe todos os dias, mostrando o caminho a ser seguido e auxiliando na jornada’;
  • dá voz para que cada membro da equipe apresente novas ideias;
  • assume a responsabilidade junto a equipe quando algo não acontece conforme o esperado;
  • divide os frutos da conquista com todos os funcionários;
  • incentiva o desenvolvimento dos colaboradores, indicando cursos, livros e outros materiais;
  • dá feedbacks construtivos e está aberto a recebê-los também;
  • estimula a criatividade e a inovação.

Você é um líder ou um chefe no ambiente de trabalho?

Agora que você já compreendeu as diferenças entre um líder e um chefe, acredito que você seja capaz de responder a pergunta acima: afinal, você é um líder ou apenas um chefe?

Se você se identifica como um chefe, está na hora de mudar de atitude. Como? A seguir você irá conferir algumas atitudes essenciais para você se transformar em alguém que seja exemplo de liderança e motivação em sua empresa:

Mantenha-se motivado!

Como um líder você deve ser o primeiro a mostrar automotivação perante seus funcionários. Contudo, esta atitude deve ser sincera e transparecer naturalidade em todas as suas ações.

Integre-se à equipe!

Para ser um líder respeitado e que merece ser seguido, quem está no comando deve integrar-se à equipe, conhecendo os sonhos de cada um e estimulando suas realizações.

É preciso olhar de verdade para os colaboradores, agir de modo humilde e colocar-se na posição de amigo quando for necessário. Mas, logicamente, sem perder a liderança e o respeito que o cargo exige.

Aprenda a gerir pessoas!

Para se manter integrado a equipe, é necessário desenvolver a capacidade de gerir pessoas. Ou seja, o líder deve aprender a equilibrar desejos pessoais com metas profissionais e saber mapear o perfil de cada um, para entender quem será melhor para cada tarefa.

Quando procuramos a melhor gestão de pessoas, as consequências positivas são: aumento da produtividade, retenção de talentos, desenvolvimento de novas habilidades, capacidade de agir estrategicamente, entre outros.

Ofereça apoio individual!

Reconhecer a individualidade e o talento de cada um, entretanto, não é o suficiente. É importante respeitar a natureza do funcionário, destacando seus pontos fortes e dando suporte individual.

Elogios, feedbacks e críticas devem ser comunicadas individualmente e de maneira adequada a cada perfil. Tal postura contribui para reduzir desentendimentos e outros fatores que podem desmotivar.

Crie uma cultura de feedback!

Grandes líderes costumam manter suas equipes atualizadas acerca do papel de cada um dentro da empresa, de seus resultados e dos pontos que precisam ser melhorados. E isso deve ocorrer, não apenas mensalmente, mas de forma constante através de uma cultura de feedback.

Tal cultura é essencial para que os funcionários tenham diretrizes claras sobre o trabalho executado e as metas que precisam ser alcançadas para melhores resultados.

Quer alcançar objetivos com a sua equipe e se tornar um líder respeitado e bem quisto por todos? Proporcione um treinamento corporativo para a sua equipe. O IBND te ajuda nesta missão, converse com um de nossos consultores e entenda se suas expectativas podem ser atendidas!

Rodrigo Huback de Azevedo

Rodrigo Huback de Azevedo

Entrou no jogo
Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.

You must login to add a comment.

Posts relacionados