CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Inspiração para novos negócios

Inspiração para novos negócios

Um dos segredos para o sucesso de uma loja é o cuidadoso planejamento do seu mix de produtos. Significa reunir variedades que atraiam os consumidores de forma frequente e volumosa, tornando o local um destino de compras preferencial a ponto de fazê-lo referência de mercado.

Mosaico Brasil_MioloA loja Mosaico Brasil do Aeroporto Internacional de Brasília (JK) nasceu com todos os ingredientes para isso, a partir das oportunidades de mercado da Copa do Mundo FIFA 2014 para os pequenos produtores de todo o País.

A miscigenação de categorias de produtos que expressam a diversidade da cultura brasileira está presente em cada item da loja: no café gourmet da Bahia, nos cogumelos champignon e shimeji cultivados no Distrito Federal, nos cosméticos de Mato Grosso, nas luminárias de Pernambuco, nas cachaças artesanais do Rio de Janeiro e joias do Rio Grande do Sul e nos bonés, sabonetes fitoterápicos e peças de artesanato feitas com areias coloridas do Rio Grande do Norte.

Situada no piso de desembarque do aeroporto, a loja reúne mais de 310 tipos de produtos nacionais – resultado do trabalho de 122 produtores apoiados pelo Sebrae – que já estão vendo render visibilidade e resultado financeiro a seus negócios um ano antes da Copa do Mundo FIFA 2014.

O modelo de negócio da loja Mosaico Brasil tem alto potencial para inspirar iniciativas empreendedoras quanto à replicação da ideia.

Entenda o novo conceito

O modelo de negócio da loja do Aeroporto JK lembra o conceito de marketplace, que vem a se tornando uma tendência no Brasil. Consiste numa loja virtual, ou não, onde um varejista comercializa produtos de varejistas parceiros, gerencia os pedidos e garante a operação financeira. Por essas transações, o operador recebe uma comissão do parceiro. O Extra e s Saraiva são alguns exemplos de marketplaces. comercializando produtos de pequenas empresas do varejo ou da indústria.

No caso do markertplace, ao parceiro cabe entregar diretamente a compra ao consumidor e administrar sua loja que está virtualmente instalada no site comercial. Ou seja, zelar da logística e controlar preços, estoques e fretes.

Inspiração para a loja física

A conversão desse formato eletrônico para um modelo ambientado em uma loja física também sugere um negócio que integre planejamentos e ações de parceiros em busca de novos mercados e clientes.

Entre as vantagens está a redução de custos de negociação e operação comercial. O marketplace físico potencializa a comercialização tanto do operador varejista quanto do pequeno produtor, que ganha vitrine e mercado para seus artigos e que, no lugar de se ocupar com a gestão comercial, cuida da eficiência dos processos produtivos, garantindo qualidade aos produtos e agilidade de reposição dos mesmos no ponto de venda.

Esse espaço pode ser destinado a uma área de atuação específica, pois o formato permite aplicação no agrupamento da produção dos pequenos negócios locais em uma unidade comercial estrategicamente instalada nas proximidades dessa vocação regional. É uma ideia inspirada na locavore.

A locavore é um movimento em prol da sustentabilidade ambiental e do desenvolvimento territorial. Surgido oficialmente há quatro anos, incentiva os consumidores a adquirir apenas os alimentos cultivados na sua própria região. Nesse modelo, 258 quilômetros é a distância máxima aceitável para que grãos, frutas, hortaliças e carnes sejam comercializados sem terem atravessado o país poluindo a atmosfera.

Ou seja, unir produtos (alimentícios ou não) que expressem a vocação produtiva e cultural de uma determinada região geográfica, em um endereço dentro de um perímetro urbano e/ ou rural, que seja de curta distância para os moradores locais e, ao mesmo tempo, acessível para os turistas daquela localidade.

Um caminho para transformar a ideia em prática

Depois desta leitura, se você se inspirou para a concepção de um modelo no qual seu negócio congregue outros negócios, busque um caminho para avançar. Mas esse avanço da ideia para a prática requer a elaboração do plano de negócios. Um documento que descreve quais os objetivos do operador varejista e quais passos devem ser dados para que esses objetivos sejam alcançados, diminuindo com isso os riscos e as incertezas que, uma vez identificadas, restringem os erros do negócio no papel ao invés de seu cometimento no mercado.

Lembre-se que sempre pode contar com o apoio do Sebrae. Assim como ocorreu com os 122 pequenos negócios que hoje comercializam na loja do Aeroporto JK de Brasília e que foram atendidos nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo, por meio de cursos, palestras, seminários e rodadas de negócios.

O Sebrae está presente em todo o País. Localize a unidade mais próxima em www.sebrae.com.br

Para conhecer mais oportunidades e ideias de negócios que são potencias mercados para antes, durante e depois da Copa do Mundo FIFA 2014, acesse www.sebrae2014.com.br

 

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga