CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Inovação na Indústria: como fazem as grandes e as pequenas empresas

Inovação_PG_CentralA CNI (Confederação Nacional das Indústrias) em uma publicação conjunta com a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil) a respeito de sustentabilidade, inovação e desenvolvimento revela que atividades inovadoras identificadas nas empresas pequenas tendem a se concentrar no desenvolvimento de novos produtos com atributos sustentáveis. Ou seja, elas fazem fazem uso de matérias-primas recicladas, de produtos de florestas geridas de forma sustentável ou de corantes e pigmentos extraídos da flora brasileira, revelando uma tendência que parece estar relacionada à escassez de recursos das mesmas. Em contraponto, a cultura tradicional de investimentos das grandes empresas e a natureza de suas estruturas industriais, voltada para a produção em massa, as inclinam a escolher atividades inovadoras concentradas em melhorias de processo.

A sustentabilidade industrial tem sido foco das discussões sobre a temática que envolve questões não apenas ambientais, mas que também visam a geração de lucro ou de condições favoráveis às indústrias. De acordo com a publicação, a forma mais utilizada para tornar a indústria sustentável é a adoção de projetos com vistas na geração de energia limpa e renovável, além de medidas de ordens sociais e ambientais que possam ser vantajosas. Como exemplo, as instituições citam as atitudes que permitam a geração de emprego sustentável na comunidade e arredores onde a empresa atua, melhorando os níveis de desenvolvimento humano da região e concluem que a a adoção de ações sustentáveis na indústria, além de ser uma medida ética e produtiva, também ganha espaço cada vez maior em questão de aceitabilidade dos consumidores.

Nesse contexto, pequenas industrias não podem deixar de expandir suas perspectivas sustentáveis. Com enfoque na redução dos custos para essas pequenas empresas, fundamentado na escassez de recursos, uma solução que pode ser empregada pelas mesmas é a metodologia do SEBRAE “5 menos que são mais”. Desenvolvida para proporcionar benefícios econômicos associados à melhoria do desempenho ambiental, a metodologia consiste na análise e diagnóstico de possíveis desperdícios, seguidos da apresentação de soluções para minimizá-los.

A primeira fase consiste na caracterização do empreendimento, avaliação dos principais processos produtivos, consumos de matérias-primas, insumos, água e energia, bem como os resíduos gerados.

Nesta fase também é aplicada a Metodologia SEBRAE de Eficiência Energética, na qual é analisado o consumo elétrico, identificando-se possíveis perdas de energia e sugerindo-se correções necessárias.

Na segunda fase, as fontes de desperdício são avaliadas isoladamente dentro do processo produtivo. Para os problemas apontados na primeira fase são desenvolvidos e propostos aos empresários procedimentos que quantifiquem e, quando possível, minimizem as perdas. Ainda nesta fase o consultor ajuda o empresário a implantar e aferir o resultado das medidas propostas.

Os cinco parâmetros que significam menos são:

  • Menos água;
  • Menos energia;
  • Menos matéria-prima;
  • Menos lixo (sobras e resíduos); e
  • Menos poluição.

Os cinco mais, representados por vantagens, são:

  • Mais lucro;
  • Mais competitividade;
  • Mais satisfação do consumidor;
  • Mais produtividade;
  • Mais qualidade ambiental.

Pequenas empresas interessadas em saber mais sobre o tema, podem acessar a página SEBRAE Gestão Ambiental

 

Deixe um comentário

Sobre Sebrae RespostasDeixa eu ver qual é

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga