CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Inovação aumenta a produtividade no agronegócio

Inovação aumenta a produtividade no agronegócio

104

Inovação, sustentabilidade e qualidade de gestão foram os temas centrais do Painel Inovação no Agronegócio, realizado durante o Fórum Sebrae de Conhecimento, em Brasília. O moderador do painel e gerente de agronegócio do Sebrae no Mato Grosso do Sul, Marcus Rodrigo de Faria, falou sobre a importância do setor para o país, ressaltando que não só a indústria traz o desenvolvimento. “Temos mais de cinco milhões de agricultores familiares. Nosso desafio é levar a eles inovação e tecnologia social, que é a mola propulsora para que os pequenos aumentem a produtividade e gerem melhoria na renda”, disse.

Durante palestra, o gerente de Sustentabilidade da Itambé, Mauricio Petenusso, afirmou que para fazer sustentabilidade a empresa precisa estar saudável. Segundo ele, muitos agricultores ainda pensam que o acesso a um modelo de gestão de qualidade é algo caro e disponível apenas para grandes empresas. “O Sebrae tem bons modelos de gestão e acessíveis”, lembrou. Ele destacou ainda que, para ser sustentável, o empreendedor precisa de uma percepção global do negócio, observando as pressões que sofre toda a cadeia produtiva, do fornecedor ao consumidor.

Para o engenheiro de alimentos e gerente de Inovação de Gestão e Conhecimentos da Brasil Foods, Frederico Ramazzini, para fazer inovação é preciso muita dedicação e persistência e os resultados vêm a longo prazo. “A inovação é feita por pessoas que têm sentimentos. É preciso trabalhar muito bem com os colaboradores para que todos caminhem para o mesmo lado. Eu sugiro que o Sebrae promova uma troca de informações com grandes empresas, como a nossa Brasil Foods, para que possa repassar conhecimento e tecnologia aos micro e pequenos negócios”, concluiu.

O Painel mostrou ainda a experiência do projeto Caravana Copa Orgânica, vencedor de um edital do Sebrae. O projeto percorreu as 12 cidades que serão sedes da Copa, além de municípios vizinhos, e difundiu informações sobre a produção, o consumo e o desenvolvimento do mercado dos produtos orgânicos, sensibilizando mais de três mil pessoas entre agricultores, técnicos e empresários.

“A Copa do Mundo vai receber visitantes acostumados a consumirem produtos orgânicos. Por isso, a Caravana mostrou como esse evento vai ser uma ótima oportunidade para a agricultura orgânica”, contou a engenheira agrônoma Priscila Terrazzan, coordenadora do projeto. Segundo ela, durante a Caravana foram discutidos legislação, técnicas e práticas de produção.

Cultive inovação! Para saber como, acesse:

http://www.rts.org.br/noticias/destaque-4/arquivos/agronegocios.pdf

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae