CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Imagina na Copa

Imagina na Copa

“Se agora está assim agora, imagina na Copa!” Quem não já ouviu esta frase ultimamente?! Está tão popular no Brasil que, em dois dias, eu a ouvi três vezes e até descobri um vídeo na internet que a utiliza como carro-chefe.

É fato que os problemas de infraestrutura há muito assustam a todos que vivem em grandes cidades, como é o caso das 12 escolhidas para sediar o Mundial de Futebol em 2014. Os gargalos relacionados aos aeroportos, à mobilidade urbana, hospedagem e mão-de-obra qualificada nos levam a questionar se o País realmente estará pronto para receber cerca de 600 mil turistas estrangeiros e três milhões de brasileiros que devem circular pelas sedes que receberão os jogos.

Por conta da Copa do Mundo FIFA 2014, mais de R$ 33 bilhões serão investidos em infraestrutura e construção ou reforma de equipamentos de turismo. Segmentos de alimentação, comércio e serviços terão aumento expressivo na quantidade de demandas, e isso é só uma parte dos ganhos para a economia brasileira.

Se avaliarmos os dois lados da moeda, é possível enxergar oportunidades, seja por conta dos gargalos, seja por conta do movimento de governos e grandes empresas.

Capacidade inovativa da MPE

Em minha opinião, estaremos preparados sim, e muito disso será mérito das micro e pequenas empresas e dos empreendedores individuais, que possuem capacidade de rapidamente colocar ideias em prática e podem auxiliar na solução de problemas, pelo menos durante o mundial.

Nesse sentido, inovar é fundamental! Será por meio da inovação que os empresários brasileiros, sempre criativos, mostrarão ao mundo que aqui as coisas acontecem, e bem. Isso é o que está em jogo afinal: mostrar para o mundo que estamos trabalhando para que o legado da Copa do Mundo FIFA no Brasil não se restrinja ao período dos jogos, mas que tenha reflexo permanente.

Há inúmeros modelos de negócios brasileiros inovadores: no segmento de transportes, destaque para a bicicleta movida a água; o e-Táxi é exemplo de prestação de serviços diferenciados; e o Cama e Café é alternativa de hospedagem.

Os empreendedores brasileiros devem explorar as tendências para inovar. Uma dica é aproveitar os 85 mil voluntários que não serão utilizados pela FIFA, mas que estão desde já vivenciando um pouco do Mundial.

Copa das Confederações

Já no próximo ano, o mercado ficará aquecido para empresários das seis cidades que receberão a Copa das Confederações (Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador), evento de teste para o torneio do ano seguinte e que também pode servir de preparação para empresas que estejam situadas nesses locais.

A copa do Mundo FIFA 2014 vai acontecer no Brasil. As oportunidades por conta disso estão aí. A mídia já começou a mudar a pauta para mostrar aos brasileiros que é possível lucrar com a realização do megaevento no País. E a sua empresa, vai inovar para aproveitar as oportunidades ou não vai marcar esse gol?

Edição: Fernanda Peregrino, da F&C Comunicação e Projetos.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Pedro PessoaVerificadoSebrae

Técnico do SEBRAE Nacional

Me siga