CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Guia orienta empresário sobre cartões de pagamento

Capa_GuiaPublicação elaborada pelo Sebrae Nacional explica, de forma simples e resumida, quais os tipos de cartões que existem, porque aceitá-los, quem é quem, como capturar as vendas, quais os custos para o empreendedor que oferece esse opção de pagamento para seus clientes, dicas sobre o que precisa ser definido pelo empresário antes de contratar o serviço, os contatos das principais operadoras de cartões, e, por fim, um modelo de comparativo entre propostas de credenciadoras.

Você sabe, por exemplo, qual é a diferença entre um cartão de crédito, um cartão de débito, um cartão de loja e um cartão empresarial? Ao acessar o Guia do Empresário – Cartões de Pagamento essa é uma das dúvidas que será rapidamente desfeita.

E por que aceitar essa forma de pagamento se torna um diferencial para o empreendedor? Abaixo listamos algumas das justificativas apresentadas na publicação:

  • Atendem as necessidades do cliente, especialmente pela segurança e comodidade. São os meios de pagamento preferidos pela maioria dos consumidores.
  • As empresas que trabalham com cartões “não perdem” vendas e podem expandir significativamente os seus negócios.
  • Oferecem alternativas de pagamento no rotativo (uma ou mais parcelas) e em débito na conta corrente do titular do cartão.
  • Reduzem a necessidade de capital de giro próprio para financiamento ao cliente.
  • Evitam burocracia da elaboração de cadastro e de avaliação de risco para as vendas.
  • Eliminam os riscos de inadimplência (comuns nos cheques).
  • Os valores de venda parcelada e em débitos pré-datados podem ser antecipados no banco ou credenciadora e servir de garantia em financiamento de capital de giro junto ao banco.
  • Ampliam a possibilidade de novos negócios, como recarga de celulares, vale pedágio, gás eletrônico.

Já na seção Quem é Quem são apresentados os conceitos de emissor, bandeira, credenciador, titular do cartão e estabelecimento credenciado. Além disso, o guia também esclarece, por exemplo, que não é mais necessário pagar aluguel da “maquininha” para mais de uma credenciadora, pois as principais bandeiras são capturadas por todas elas.

Se você se interessou e quer saber mais sobre como oferecer essa opção de pagamento para seus clientes, acesse a íntegra do guia.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae