CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Girassóis Mágicos

Com apenas R$ 300, Michelle Teixeira conseguiu abrir seu próprio ateliê de produtos e vende peças para todo o Brasil.

A empresária Michelle Teixeira, 30, resolveu trabalhar em casa para se dedicar à maternidade e acompanhar pessoalmente a educação das filhas. Formada em Design de Interiores, ela é a dona do Girassóis Mágicos desde abril de 2010, um ateliê de produtos em patchwork (técnica de costura que utiliza retalhos para formar imagens no tecido) e feltro feitos à mão.

A empresa, no bairro de Itaquera, em São Paulo, recebe encomendas do Brasil inteiro pelo site.

É a própria Michelle quem confecciona caixas personalizadas, objetos de decoração de quartos infantis, agendas, guirlandas e demais lembranças. Na internet, a designer tem um outro blog intitulado de “Ateliê Escola Online”, onde comercializa apostilas virtuais e impressas – que ela mesma produz – que ensinam a fazer muitas das peças vendidas no Girassóis Mágicos.

A maior dificuldade encontrada ao abrir o ateliê foi a falta de dinheiro inicial. “Tinha apenas R$ 300 e tive que me virar com aquilo”, recorda. Para que o investimento fosse suficiente para uma primeira produção, Michelle aprendeu a fazer tudo sozinha, desde as peças até o próprio site na internet para vender os produtos. “Queria vender pela internet, mas sem gastar dinheiro com site. Aprendi a mexer em blog e até a fazer layouts para deixá-lo mais profissional”, descreve.

Depois de definir que tipo de trabalho ia fazer e como ele ia ser vendido, a designer fez um planejamento para ver o que dava para comprar de material com os R$ 300. Na primeira produção, optou em não priorizar a quantidade de peças, mas a diversidade: confeccionou um produto de cada tipo, fotografou e publicou no blog. Após três meses de trabalho, o retorno financeiro apareceu. Hoje, o faturamento só aumenta. “Tendo como base o mês de novembro, de 2010 para 2011 minhas vendas triplicaram”, contabiliza.

Para que uma empresa dê certo, é necessário que o dono invista em divulgação. Michelle Teixeira sabia disso e usou o marketing a seu favor, sem ajuda de nenhuma consultoria, com os recursos que dispunha. “Comecei no famoso boca a boca. Depois, fiz sorteios no blog e patrocinei um grupo de teatro. Tudo isso foi para aumentar minha carteira de clientes e fixar a marca na mente das pessoas”, explica.

Michelle atribui o sucesso de sua empresa ao seu faro para esse tipo de trabalho e, principalmente, às clientes, que retornam e sempre trazem mais um comprador. “Percebi que, mesmo sem muitos recursos, tenho um pouco de visão para os negócios. Se eu divulgo e algumas pessoas não se interessam é porque naquele momento ela não viu necessidade”, explica. Para o futuro, a empresária planeja aumentar a loja de Itaquera e abrir uma filial em alguma cidade do interior de São Paulo.

Site: http://girassoismagicos.blogspot.com
E-mail: michel_adri2@hotmail.com

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae