Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Gerenciamento de clínicas eficiente: saiba como fazer

Gerenciamento de clínicas eficiente: saiba como fazer

Fazer um bom gerenciamento de clínicas eficiente é um trabalho muito difícil e que grande parte das empresas da área de Saúde não sabe como conduzi-lo. Isso ficou claro em um período de pandemia do novo coronavírus em que, apesar da demanda ter subido muito, não foi fácil (e, em alguns casos, sequer possível) escalar o trabalho para atender a população.

No entanto, conforme a Covid-19 vai recuando e dando uma folga, é hora dos gestores pensarem como realmente fazer um gerenciamento de clínicas eficiente com dois grandes pilares em foco: um atendimento verdadeiramente de qualidade com foco no bem-estar do paciente, e um custo que seja gerenciável em uma economia com poder de compra reduzido e necessidades altas para todos.

A resposta para esse dilema é fazer um gerenciamento de clínicas eficiente, com baixo custo e alta qualidade. Mas como fazer isso? Veja algumas dicas abaixo!

Como fazer um gerenciamento de clínicas eficiente: 5 dicas

1. Use a tecnologia

A primeira e principal dica para quem quer aprender como fazer um gerenciamento de clínicas eficiente é usar a tecnologia ao seu favor, especialmente um bom sistema para clínica médica.

Afinal de contas, um software do tipo traz todas as funções que uma empresa precisa para ter uma gestão mais eficiente, que identifique gargalos de produtividade, saiba como cortar custos sem perder eficiência e garantir que a clínica vai operar de maneira redonda, sem aparas a serem feitas.

Isso é vital para garantir uma boa taxa de lucro para a empresa e permitir que ela possa crescer, atender mais pacientes, salvar mais vidas e conseguir remunerar melhor os seus colaboradores.

2. Evite desperdícios e erros

Uma clínica médica não pode estar sujeita a desperdícios e erros. É claro que eles acontecem com frequência em todos os tipos de negócios do mundo, mas não podem acontecer na área de saúde, já que as consequências tendem a ser muito negativas.

Por isso, é importante que o seu gerenciamento seja focado justamente em evitar desperdícios e erros, especialmente na perda de material e remédios, além de erros como glosas e interação medicamentosa (que pode colocar o paciente em risco).

Tudo isso é vital para que o seu negócio possa ter o melhor desempenho possível no mercado, não tenha problemas com os pacientes e mantenha seus custos reduzidos ao máximo possível para não gerar conflitos ou dificuldades financeiras no longo prazo.

3. Reduza a taxa de faltas

Cada vez que um paciente falta na sua clínica depois de marcar um horário, sua empresa precisa pagar o médico que ficou esperando, não consegue reaproveitar o espaço na agenda e absorve o prejuízo. Se a taxa de faltas for alta demais, a sua clínica terá mais prejuízo do que lucro e terá problemas financeiros oriundos disso, sem dúvida.

Portanto, é vital que parte da sua estratégia consista em reduzir a taxa de faltas dos seus pacientes. Um bom gerenciamento de clínicas deve sempre pensar nisso para conseguir os melhores resultados possíveis, não perder dinheiro ao ficar com médicos sem atendimento e manter sua saúde financeira em alta.

Existem muitas ferramentas para usar nisso, o que mostra a importância da tecnologia em uma gestão de clínica médica.

4. Digitalize sua clínica

Você usa receita digital na sua clínica médica? Tem alguma opção de telemedicina disponível? Investe de alguma forma na produção de recursos digitais para diminuir custos e melhorar a eficácia do seu atendimento?

Se não faz nada disso, é hora de começar a fazer. Afinal de contas, a digitalização de clínicas médicas é uma tendência que não dá grandes sinais de diminuição de ritmo, especialmente após a pandemia do novo coronavírus.

O fato que permanece é que a digitalização de clínicas traz muitas vantagens para os pacientes, para os médicos e para os gestores, reduzindo custos, diminuindo erros e facilitando a vida de todo mundo, inclusive de quem não sabe ler a receita médica.

5. Facilite a captação de pacientes

Por fim, para melhorar a gestão da sua clínica, facilite a captação de pacientes. Afinal, pacientes são a fonte de faturamento do negócio. Quanto mais fácil for de trazê-los para a sua empresa, mais agendamentos você terá e mais faturamento receberá.

Isso é vital para garantir o financiamento de novos remédios, exames, médicos e tudo o que for necessário para salvar vidas na sua clínica. Portanto, use tecnologia para garantir que agendar uma consulta com seus médicos será mais fácil do que o imaginado.

Pronto! Agora que você viu essas cinco dicas de gerenciamento de clínicas eficiente, já sabe como melhorar a gestão do seu consultório ou clínica para poder despontar como um grande nome no cenário pós-pandemia. Com essas dicas, o custo operacional da sua empresa tende a cair (menos desperdício, menos glosas e faltas de pacientes) e a sua qualidade sobe. Portanto, há um cenário favorável para seu crescimento.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário abaixo com a sua opinião!

You must login to add a comment.

Posts relacionados