CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Fatores-Chave de Sucesso no Varejo de Moda

Fatores-Chave de Sucesso no Varejo de Moda

Os fatores de sucesso no Varejo de Moda

 

1 – Atendimento

Um bom atendimento não só garante a satisfação do cliente, como também a sua fidelidade. Atender bem a qualquer pessoa que se dirigir ao seu comércio, nunca deixar esperando e permitir que o consumidor fique à vontade com um atendimento eficiente são algumas dicas para um atendimento de qualidade.

Curso gratuito Atendimento ao cliente.

Atendimento de qualidade: dicas para atender bem.

2 – Marketing de Relacionamento

Criar um bom relacionamento com o cliente depende de diversos fatores que vão desde um bom atendimento, à comercialização de produtos ou prestação de serviços de qualidade. E, principalmente, um bom planejamento para obter os resultados.

Como montar a sua estratégia de Marketing de Relacionamento.

3 – Comunicação Visual

Ter a sua marca em evidência sempre irá gerar oportunidade de negócio. Assim, além dos materiais tradicionais, como: cartões de visita, panfletos, folders e outros, aproveite e explore desde embalagens à cabides. Estes diferentes recursos podem ser utilizados para promover o nome do seu estabelecimento e aumentar a penetração da sua marca no mercado. Um dos itens importantes para o varejo de moda é a comunicação visual. Trata-se de produtos como embalagens, etiquetas, sacolas, letreiros, banners, displays e até mesmo cabides.

Investir em comunicação visual ajuda a reforçar a marca.

4 – Localização

O ponto comercial é fundamental para o bom desempenho das vendas. Questões como acesso físico, tráfego de pedestres, número de concorrentes no entorno e facilidade para estacionamento devem ser consideradas antes de decidir o local para o comércio.

Ponto de venda: estratégias e dicas para acertar na escolha.

5 – Qualidade dos produtos

Quando falamos de gestão de produtos no varejo, estamos falando de como as mercadorias oferecidas podem ser decisivas para a competitividade da empresa no mercado. É importante definir com clareza seu posicionamento de mercado, verificar se o seu mix de produtos está coerente e utilizar de estratégias para reforçá-lo, pois o desempenho dos produtos irá depender de sua aderência a esse posicionamento.

Como melhorar a gestão de produtos no varejo. 

6 – Variedade e gestão de estoque

O excesso de sortimento no varejo tem um impacto negativo em distintos ramos, pois a lógica é que há um limite no qual o cliente passa a ter dificuldades em escolher o que comprar. A gestão de estoque da empresa deve ter como objetivo a obtenção de um prazo de pagamento dos fornecedores compatível com os recebimentos dos clientes, imobilizando o menor capital possível e, ao mesmo tempo, oferecendo um bom serviço aos consumidores.

Gestão do sortimento no varejo. 

7 – Meios eletrônicos de pagamento

Meios eletrônicos de pagamentos são os instrumentos utilizados para o pagamento de uma compra presencial ou realizada pela internet. Ampliar as opções de pagamento é estar preparado para atender a todos os tipos de clientes, tanto aquele que pagará à vista como o outro que fará o pagamento em cartão.

Entenda a importância da diversificação das formas de pagamento.

8 – Gestão de preço

O administrador do negócio precisa levar em conta o valor que o consumidor está disposto a pagar e os preços praticados no mercado. Posicionamento da marca, objetivos do negócio, preços para novos produtos e preços flexíveis são fatores que podem influenciar na sua política de preços.

Saiba como estabelecer a melhor política de preços para o seu negócio.

9 – Parceria com fornecedores

Além de aumentar a experimentação de seu produto, credibilidade junto ao mercado, melhorar sua participação e ocupar espaço dos concorrentes, o fornecedor que realiza uma ação conjunta estará diante de uma possibilidade real de melhoria do lucro absoluto, via aumento do volume de vendas. Trata-se de um investimento para o empreendedor e para o fornecedor. 

Parcerias entre fornecedores e empreendedores.

10 – Segmentação de público-alvo

Para ter mais chance de alcançar a liderança do mercado, é preciso analisar quem são seus compradores, sua posição em relação à concorrência e se você tem fornecedores parceiros. Por isso, mapeie com clareza três vertentes do mercado: o mercado consumidor, o mercado concorrente e o mercado fornecedor.

Segmentação e seleção de seu público.

 

Confira 10 dicas do Sebrae para o varejo da moda em: https://respostas.sebrae.com.br/dez-dicas-do-sebrae-para-o-varejo-de-moda-2

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Lucio PiresEspecialista

Analista Técnico do Sebrae Nacional. Trabalho com negócios e conteúdos digitais, especialista em Gestão de Pequenos Negócios (FIA), Advogado especialista em Direito Empresarial, Matemático com especialização em Finanças.

Me siga