CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Faça planejamento familiar e possibilite a sua empresa condições de competir

Faça planejamento familiar e possibilite a sua empresa condições de competir


Por João Augusto Pérsico, da Unidade de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros do Sebrae


É comum verificar pequenos empresários misturando as finanças pessoais com as finanças das empresas.

Sem um planejamento familiar adequado à realidade, os empresários de pequenas empresas transformam o  Capital de Giro e, até mesmo, os investimentos fixos de suas empresas em dinheiro para compras nos supermercados e em lojas. Em casos extremos, chegam a pegar dinheiro emprestado, utilizando o nome da empresa,  para suprir as necessidades, muitas vezes, supérfluas familiares. Mal sabem que valores retirados da empresa terão de sair do lucro líquido dela, acarretando dificuldades e, muitas vezes, o fechamento da pequena empresa. Pelo exposto, verifica-se a extrema importância de se fazer um planejamento financeiro familiar e um para a empresa.  Diversos softwares são disponibilizados na web para que o pequeno empresário faça a retirada (pro labore)  conforme planejamento.
Com a globalização e a competição cada vez mais acirrada, não há espaço para o empírico. A educação financeira familiar é uma matéria ainda pouco disseminada nas escolas. Ao mesmo tempo, saber sobre finanças é fundamental para uma vida mais próspera e tranquila.  Conhecer aspectos importantes que influenciam a economia do país é fundamental para tomar decisões e faz grande diferença para a estratégia a ser adotada, visando a garantir capital suficiente para atender às  necessidades financeiras da empresa e da família.
Em relação às empresas, o fluxo de caixa tem demonstrado eficácia no que diz respeito ao planejamento da pequena empresa. Designado em inglês por “cash flow”,  é um instrumento gerencial que controla e informa todas as movimentações financeiras (entradas e saídas de valores monetários) de um dado período, podendo ser diário, semanal, mensal etc.  Trata-se de uma forma de controle que auxilia na visualização e na compreensão das movimentações financeiras em um período preestabelecido, demonstrando grande utilidade ao permitir a visualização das sobras ou faltas de caixa, antes mesmo que ocorram, possibilitando ao empresário planejar melhor suas ações. Para elaborar o fluxo de caixa é importante que a pequena empresa tenha os controles financeiros – contas a receber, contas a pagar, controle bancário etc. -, bem organizados. Nos primeiros meses, o fluxo de caixa não será uma ferramenta confiável, dado que algumas projeções poderão ser superestimadas ou subestimadas e alguns custos ou despesas poderão ficar de fora. De qualquer forma, ele direcionará o pequeno empresário. Com o fluxo de caixa pronto, é possível fazer a  análise financeira da empresa, objetivando verificar matematicamente a situação dela.
O planejamento financeiro deixou de ser uma opção e passou a ser uma necessidade cada vez maior nos dias atuais. Ele tem como objetivo auxiliar as empresas e as famílias na criação de uma estratégia precisa para acumulação de bens e valores que formarão seu patrimônio, colocando o dinheiro não como um fim, mas um meio para a obtenção do patamar de qualidade de vida almejado.
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae