CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Faça mais com menos

Faça mais com menos

Faça mais com menos

Consumidor exigente e aumento da concorrência obrigam as empresas a cortar gastos, aumentar a produtividade e investir em inovação para serem competitivas. Diferentemente do que muita gente pensa, aumentar a produtividade e cortar gastos não significa demitir funcionários e esperar que os que restaram trabalhem em dobro. Para se tornar mais competitiva, a companhia deve ser capaz de melhorar o processo produtivo, analisando onde poderia render mais, e diminuir o tempo de produção.

Segundo o consultor do Escritório Regional do Sebrae-SP da Capital Sul, Julio Tadeu Alencar, o primeiro passo para a melhoria da produtividade é medir quantos produtos a empresa consegue fazer por minuto e analisar se é possível aumentar a performance.

Além disso, é importante garantir que o ganho de produção não implique na queda da qualidade. “Não faz sentido potencializar a fabricação e deixar a qualidade cair. A empresa não será competitiva se oferecer um produto ruim para o cliente”, explica Alencar. Ele também incentiva o empresário a investir em treinamento dos funcionários para se certificar de que haverá uma padronização dos processos produtivos.

Após analisar e alinhar os processos produtivos, a empresa deve fazer um balanço dos resultados. “Muitas vezes uma mudança simples no processo produtivo resulta em grande economia de tempo, de dinheiro e de mão de obra”, ressalta Alencar.

O consultor cita o exemplo de uma empresa que fabrica bichos de pelúcia, cuja produção envolve três costureiras (que são a mão de obra mais cara da companhia) até a finalização do item. “Com a análise do processo, é possível identificar as partes do brinquedo que podem ser coladas em vez de costuradas. Isso diminui o tempo gasto nas máquinas e permite contratar funcionários menos capacitados, enquanto as costureiras se concentram nas partes que ainda requerem costura”, aponta. O resultado pode ser um aumento substancial da produtividade e, consequentemente, do faturamento da companhia.

Confira algumas dicas para melhorar a produtividade da sua empresa:

  • Estabeleça metas internas;
  • Controle e quantifique os resultados;
  • Desenvolva um ambiente de trabalho harmônico;
  • Invista em formação básica e na qualificação dos funcionários;
  • Mantenha os equipamentos em perfeitas condições de uso;
  • Diminua o tempo de preparação das atividades e as distâncias entre equipamentos e recursos;
  • Se possível, automatize as tarefas cansativas e promova a rotatividade no trabalho.

Acompanhe mais matérias como essa no site do Sebrae Mercados.

Deixe um comentário

Sobre Lucio PiresBoas respostas

Analista Técnico do Sebrae Nacional. Trabalho com negócios e conteúdos digitais, especialista em Gestão de Pequenos Negócios (FIA), Advogado especialista em Direito Empresarial, Matemático com especialização em Finanças.

Me siga