CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Evento de farmácias discute oportunidades do setor

Aconteceu essa semana em São Paulo, o fórum nacional PharManager,com o objetivo de discutir os desafios e oportunidades do setor de farmácias. O evento, que aconteceu nos dias 16 e 17 de junho, ofereceu conteúdo aos participantes, além de analisar as tendências e mudanças exigidas para melhoria do setor.

O evento foi composto por painéis que abordaram tanto o varejo, quanto a indústria e a distribuição, num formato inovador que visa reunir os principais agentes do mercado de varejo, das indústrias farmacêuticas, de perfumaria e cosméticos, para um modelo de discussão que permita ter sinergia e fortalecer a relação, através da integração de estratégias de interesses comuns, mantendo compromisso com a transparência, ética e o social.

Novidades do segmento
O setor de farmácias se mostra como um dos mais promissores no país. Mesmo em tempos de crise, o setor está desacelerando em ritmo inferior ao desaquecimento do comércio. A alta nas vendas foi de 10,8% de janeiro a março, versus expansão de 13,8% no mesmo intervalo de 2014 ¬ queda de três pontos percentuais, segundo o Índice Cielo do Varejo Ampliado, da processadora de cartões Cielo.

Em abril, o setor cresceu 12,5% e, em maio, 11%. Dados sobre as vendas do comércio de janeiro a março mostraram alta de 1,3% no primeiro trimestre, versus alta de 7,6% no mesmo período do ano anterior. Os percentuais foram deflacionados pelo IPCA/IBGE. Números da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) mostram que o setor fechou o ano passado com alta de 13,85% nas vendas e não medicamentos impulsionaram o desempenho, com expansão de 19%. Já neste início de 2015, de janeiro a março as vendas subiram 10,4%, (haviam crescido quase 17% nos três primeiros meses do ano passado) e não medicamentos tiveram alta de 13,44% (versus 20% no ano anterior). Na pesquisa da Cielo, farmácias têm a menor desaceleração entre os 24 segmentos do varejo analisados. A pesquisa considera as transações eletrônicas com cartão de débito e crédito.

Com dados da SBVC

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae