CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Estudos ajudam micro empresa a vender no exterior

Pesquisas do Sebrae Nacional indicam ações estratégicas para empresários dos setores de fruticultura e higiene pessoal exportarem produtos para Europa e China

A divulgação dos benefícios das frutas para a saúde é estratégia para acessar mercado europeu

A Unidade de Acesso a Mercados (UAM), do Sebrae Nacional, preparou duas pesquisas de mercado no final do ano passado. Os levantamentos tratam sobre a prospecção dos produtos brasileiros de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos na China e de frutas na Europa. Os estudos apresentam tendências para a venda desses produtos nos mercados chinês e europeu, e com isso os micro e pequenos empresários podem adotar estratégias para ingressar e competir nesses mercados.

Frutas

Na publicação Perfil de Mercado – Frutas, o Sebrae indica algumas ações para promover e vender abacaxi, banana, goiaba e manga na Europa. Entre elas, divulgar a culinária latino-americana que utilize frutas; produzir “alimentos de conforto”, ou seja, frutas embaladas prontas para o consumo; e inserir produtos orgânicos brasileiros e fazer campanhas de conscientização sobre os avanços do país na área.

A pesquisa mostra quais são os países europeus importadores de frutas brasileiras; os locais onde comercializar; e informações complementares para os empreendedores definirem sua estratégia de marketing.

Baixe a publicação Fruticultura na Europa – Perfil de mercado

Higiene pessoal

De acordo com o estudo Perfil de Mercado – Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, a China é um mercado potencial para a venda desses produtos: é o quarto mercado consumidor. “As vendas de produtos para pele têm a perspectiva de crescer para 11 bilhões  de dólares em 2013, quando em 2003 era de 3 bilhões.”

As MPEs interessadas em entrar no mercado chinês terão que superar problemas causados pelo tamanho do País e sua densidade populacional; problemas distributivos; normas governamentais e o domínio da empresa Procter & Gamble.

Acesse a pesquisa Perfil de Mercado – Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae