CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Empresas nordestinas apresentam produtos para compradores internacionais

Por Joselma da Rocha Carvalho

O Nordeste é uma das regiões que mais tem crescido no Brasil nos últimos anos, consequentemente, tornou-se um pólo de investimentos e oportunidades. Foi neste bom momento que ocorreu, em Olinda (PE), o XV Encontro Internacional de Negócios do Nordeste. O evento contou a com a participação de cerca de 180 empresas nordestinas, que possuem na sua identidade regional um diferencial competitivo e mais valorização de seus produtos.

Esse encontro já acontece há 15 anos no Brasil e tem como proposta estimular as exportações por meio da promoção de contatos diretos entre empresas compradoras estrangeiras e fornecedoras estabelecidas na região Nordeste. O Encontro contribui para a inserção das micro e pequenas empresas no mercado internacional, ou seja, abre novos mercados, eleva a competitividade e amplia a cooperação entre empresas e instituições. Além disso, apresenta oportunidades de importação de matéria-prima e insumos e soluções que atendam às necessidades das empresas nordestinas.

Encontros como esse são uma grande oportunidade para as empresas, mas elas devem ir à mesa de negociação preparadas, como a empresa de Cachaça Samanaú, que levou para feira um catálogo dos seus produtos com informações em português e inglês e, no estande, apresentou os vários tipos, tamanhos e embalagens especiais do seu portfólio. Esses pequenos cuidados ajudam aos compradores a se interessarem pelos produtos e facilita o processo de negociação.

Adequação de produtos para exportação

Alguns cuidados devem ser tomados pelas empresas exportadoras de produtos, como traduzir a embalagem para a língua do país para onde a mercadoria será enviada ou escolher o meio de transporte mais vantajoso para a empresa. Abaixo, as principais dificuldades enfrentadas pelos compradores estrangeiros na hora de adquirir produtos:

– Precificação: ao exportar os produtos/serviços ficam isentos de alguns impostos como IPI, ICMS, PIS e COFINS, isso faz com que as empresas tenham preços mais competitivos no mercado internacional.

– Capacidade produtiva: as empresas precisam verificar se conseguirão atender as novas demandas internacionais, sem que isso comprometa a qualidade dos seus produtos/serviços. Se a empresa aceitar uma venda maior que a sua capacidade, ficará sem credibilidade no mercado e poderá perder até seus compradores mais fieis.

– Logística: é necessário um planejamento prévio sobre a forma que a empresa usará para entregar seus produtos/serviços. Existem diversas opções para transportar os produtos, a escolha de cada uma delas pode alterar o preço final. Por exemplo, se o comprador preferir pequenos lotes ou comprar com intervalos pequenos de tempo, ele irá pagar mais caro por isso.

– Embalagem: os produtos precisam ter informações nutricionais, composição etc. em outros idiomas. A embalagem deve proteger e manter a qualidade dos produtos, por isso, deve-se considerar o tempo de entrega e a forma de entrega na hora de elaborar a embalagem.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae