CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Elaboração e montagem de cardápios temáticos

Elaboração e montagem de cardápios temáticos

A etapa de planejamento de um cardápio é estratégica e deve satisfazer as expectativas que o cliente possui em relação aos pratos e ao estabelecimento. Dessa forma, quando um empresário opta por abrir um restaurante, bar ou bistrô temático, o cardápio deve promover a mesma experiência do local ao consumidor.

 

Uma das vantagens de optar por um cardápio temático são as inúmeras possibilidades disponíveis. Portanto, o empresário deve compreender qual mensagem quer passar e qual público deseja atrair, para então investir na construção do cardápio.

 

Tipos de cardápios temáticos

 

1- Cardápios festivos

Os cardápios festivos podem seguir as festividades do calendário anual, como estações do ano, Páscoa, Dia das Bruxas, Dia dos Namorados, feriados, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Avós etc. Para comemorar o verão, é possível oferecer um cardápio havaiano, ressaltando aspectos tropicais e praianos, como peixe, saladas, frutas, sanduíches naturais, patês de frango etc.

 

2- Ceias de Natal e Réveillon

As ceias de Natal e Réveillon têm importância cultural e vários alimentos têm significados específicos. É importante levar esses aspectos em consideração na hora de estruturar o cardápio, que pode oferecer arroz, que simboliza riqueza e fertilidade; lentilhas e uvas, para atrair boa sorte; carne de porco, representando a prosperidade; além das bebidas, como vinhos e espumantes.

 

3- Dia das Crianças

O Dia das Crianças é comemorado no Brasil e muitas famílias optam por fazer refeições fora do lar ou por delivery, o que se torna uma oportunidade para o empresário do setor de alimentos. Os cardápios devem atrair a atenção da criança, com bolinhos de carne, brownies coloridos e com enfeites, pratos em forma de animais e desenhos característicos, colheres de brigadeiro, entre outros.

Vale atentar-se aos personagens de desenho animado quem estão em alta na época, pois são muitos desejados pelas crianças e pelos pais.

 

4- Filmes/séries

O crescimento da cultura de assistir a séries ocorreu no Brasil, aumentando a legião de fãs e admiradores. Existem negócios que investem em cardápios temáticos para atrair clientes e oferecer experiências ligadas à história. É interessante representar nos pratos os comportamentos de um grupo de personagens, como oferecer pizza, comida chinesa e tailandesa para fãs de The Big Bang Theory, já que os personagens têm o costume de comer esses tipos de comidas.

Além disso, é possível oferecer nos cardápios temáticos bebidas que também são inspiradas nas séries. Para representar um personagem que é um serial killer, uma bebida de cor avermelhada pode ser adotada, por exemplo.

 

5- Esportes

É comum que grupos de amigos se reúnam para assistir a partidas esportivas em bares e pubs. Isso envolve bebidas e comidas, tornando-se um nicho de mercado para cardápios temáticos. O vocabulário esportivo deve ser utilizado na elaboração do cardápio, como aquecimento para entradas, final de campeonato para sobremesas e concentração para bebidas não alcoólicas. Também é possível utilizar referências dos principais clubes nacionais e internacionais para representar esses pratos.

 

6- Livros

Os livros também são fonte de inspiração para cardápios temáticos, que podem apostar em receitas e pratos descritos nas histórias. O livro “Sob o sol da Toscana” possui como cenário o interior da Itália, na Toscana. Os pratos e as bebidas do cardápio podem remeter a ingredientes típicos da localização.

 

7- Videogames

Muitos fãs de jogos procuram locais que ofereçam a representação dos cenários encontrados nos games, além de um cardápio que possa ser associado aos personagens, comandos, marcas de videogames etc.

 

8- Alimentação saudável

Entre as tendências em negócios de alimentação está a “saudabilidade e bem-estar”, que preza por produtos saudáveis e que favoreçam a saúde do ser humano. Sendo assim, cardápios que estimulem a alimentação saudável também podem ser enquadrados como temáticos. Os alimentos que podem formar esse tipo de cardápio são variados: orgânicos, integrais, frutas e vegetais da estação, sucos naturais, chás aromatizados, vegetariano, veganos, linha fitness, low carb (baixo teor de carboidratos) etc.

 

Como se adequar

A oferta de cardápios temáticos exige planejamento por parte do empresário, que precisa analisar diversos fatores antes da escolha e da implantação no seu negócio. Destacamos algumas dicas para auxiliar nesse momento:

 

1- Ambiente temático

É importante que o cardápio temático acompanhe a decoração do local. Fica desconexo para o cliente visualizar um cardápio temático e não encontrar referências na decoração do estabelecimento. O empresário pode iniciar com imagens do tema em quadros, no papel de parede, em cima das mesas, nas portas dos banheiros etc.

 

2- Imagens

As fotos inseridas no cardápio devem ter boa resolução e serem convidativas ao cliente. É possível inserir legendas divertidas embaixo das imagens, funcionando como um fator de ligação da temática com o prato. Por exemplo: falar de personagens, elogios aos ingredientes etc.

 

3- Alimentos

Quando o empresário opta por oferecer um cardápio típico de determinada localidade – Itália, por exemplo -, ele deve se certificar de que sempre terá os ingredientes indicados, por mais específicos que sejam.

 

4- Profissionais

Cada etapa da criação de um negócio temático exige um profissional qualificado, como designers, fotógrafos, decoradores, nutricionistas e arquitetos.

 

5- Público-alvo

O público-alvo é um dos grandes norteadores na decisão de abrir um negócio temático. É essencial que o empresário confira o potencial do seu nicho de mercado, entrevistando possíveis clientes, compreendendo seus comportamentos e características. Essa fase é uma das principais para testar pratos, preços, localização e cardápio.

 

6- Atendimento

O atendimento deve estar em harmonia com o cardápio – lembrando que o uniforme utilizado pelo profissional, quando possível, deve ser temático também. O mais importante é conhecer o cardápio com profundidade – ingredientes, curiosidades, nomes dos pratos etc.

 

7- Tecnologia

Os cardápios podem ser oferecidos ao cliente em diversos formatos, seja por meio de aplicativos, sites, tablets etc. A tecnologia possibilita uma variedade de experiências ao cliente, permitindo que ele acesse vídeos, imagens e textos relacionados à temática, além de registrar sua experiência nas redes sociais.

 

8- Nome dos pratos

Opte por nomes curtos em um cardápio temático, facilitando a leitura e a escolha dos pratos pelo cliente. Caso você queira salientar alguma característica do prato, utilize legendas e imagens. Lembre-se de destacar se o prato possui algum ingrediente alergênico, conforme a Resolução RDC 26/2015 da Anvisa.

 

Infraestrutura

A consciência sobre a estrutura física do local, os equipamentos utilizados e a mão de obra envolvida são essenciais para garantir lucratividade, evitando situações como possuir um cardápio extenso e não ter espaço para armazenar a matéria-prima.

 

Food design

O food design é multissensorial e multidisciplinar, utilizando o design de produto, o design gráfico, as artes visuais e o food experience para explorar e experimentar alimentos sob vários aspectos. O objetivo do food design é oferecer produtos alimentícios que possam ser ergonômicos, interativos, comunicativos e atemporais.

O food design pode ser utilizado nos cardápios temáticos para representar formas, sensações e experiências, como bebidas comestíveis, por exemplo.

 

Saiba mais sobre cardápios temáticos aqui.

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Thamiris Da Silva AlvesSebrae

Universitária em Publicidade e Propaganda, colaboradora do Sebrae Nacional.

Me siga