CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

E-commerce de moda será o destaque em 2013

E-commerce de moda será o destaque em 2013

Ultimamente presenciamos uma verdadeira invasão de blogs no meio online. Entre os mais diversos assuntos nenhum nicho cresceu tanto quanto o de moda e beleza – tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos e países da Europa. Quando uma blogueira famosa comentava sobre uma determinada produto ou peça  em seu site, muitas de suas seguidoras procuravam por lojas online que vendessem aquele batom ou aquela calça. Tal movimento chamou a atenção das grandes marcas de roupas e maquiagens, que viram no comércio eletrônico uma nova plataforma para impactar o público certo e aumentar as vendas. As marcas que já tinham lojas virtuais melhoraram sua abordagem e design, enquanto que as que não tinham trataram logo de criar seu site e comunicar as consumidoras pelas redes sociais – que mostraram ser uma grande aliada para a divulgação dos e-commerces. Segundo uma pesquisa feita pela AD. Dialeto, agência de marketing digital full service, a categoria mais popular entre os usuários que compram pela internet na América Latina é a de moda, o que mostra o grande potencial do mercado latino para as marcas que desejam investir em e-commerce – principalmente nas categorias voltadas para o público feminino.
Com as compras online, quebra-se o paradigma de que é necessária a prova do produto para comprá-lo e essa situação pode ficar ainda melhor já que, um estudo antropométrico inédito no Brasil está sendo desenvolvido pelo Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil — Senai-Cetiq do Rio, que com a ajuda de um aparelho chamado scanner humano, já  foram mapeadas as medidas de 6,5 mil brasileiros de todas as regiões do país. O estudo deve ser concluído até julho do ano que vem, e os dados vão gerar tabelas de medida padrão regionais e nacionais. É que hoje, apesar de haver referenciais estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para a moda infantil e masculina, a maioria dos fabricantes ainda usa medidas estrangeiras para a fabricação das peças.
Vendo o iminente sucesso do segmento de moda em outros países e o aquecimento das vendas brasileiras em 2012, chegamos à conclusão de que o mercado de e-commerce vive um momento bastante promissor. Para os varejistas que atuam somente com lojas físicas, ainda há tempo de investir em um e-commerce e fazer parte deste mercado em constante expansão, que promete crescer ainda mais em 2013.
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae