CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Dicas para o manejo da ordenha

Dicas para o manejo da ordenha

133

O leite é um alimento completo, rico em proteínas, gorduras, carboidratos (açúcares), vitaminas e minerais, constituindo parte fundamental da dieta de crianças e adultos. Além disso, é matéria-prima para fabricação de queijos e outros derivados, como iogurtes, manteiga, requeijão. Mas, para tê-lo como produto final, é necessário muito cuidado na produção, a começar no processo da ordenha. A saúde da vaca, a limpeza de equipamentos, utensílios e instalações, além da higiene do ordenhador, são fundamentais nessa etapa. Veja, a seguir, algumas dicas que garantem o fornecimento de um produto saudável.

A descida do leite: A descida do leite envolve processos físicos, nervosos e hormonais. Esses processos são caracterizados inicialmente por reflexos que relaxam os músculos da cisterna da glândula mamária e da musculatura, os quais liberam a passagem do leite. Mesmo com o relaxamento, a vaca responde a estímulos do ambiente onde se encontra para promover a descida do leite, tais como a sala de ordenha, ruídos de equipamentos, pessoas, limpeza dos tetos e a retirada dos primeiros jatos de leite.

Tais estímulos desencadeiam impulsos nervosos que liberam a ocitocina, hormônio responsável pela descida do leite. Após sua liberação, ele permanece na corrente sanguínea da vaca pelo hormônio adrenalina, que é liberado quando o animal se sente ameaçado (barulho ou presença de outros animais, entre outros fatores). Ao ocorrer isso, o fluxo de leite pode ser totalmente interrompido, causando sérios prejuízos à saúde da vaca. Por isso, é fundamental que a ordenha obedeça a uma rotina fixa, quanto ao local, à frequência diária, ao horário e aos procedimentos.

Higiene e limpeza: A ordenha da vaca leiteira é uma atividade que exige cuidados e atenção, pois tem influência direta na produção e na qualidade do leite. Além dos cuidados higiênicos, são importantes os métodos adotados para o preparo do úbere, bem como o treinamento das pessoas que realizam essa tarefa. O esforço e os gastos com o rebanho serão bem ou mal remunerados em função da quantidade e da qualidade do leite produzido. A ordenha deve ser vista como uma atividade que exige muita atenção e cuidados no trabalho geral da fazenda, pois dela depende a quantidade e a qualidade do leite, referências que comporão o preço recebido pelo produto.

Para ter mais dicas sobre este importante processo na produção de leite, acesse:

http://bis.sebrae.com.br/GestorRepositorio/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bds.nsf/5ED43C8F8C05B3D28325768000624CF0/$File/NT00042E26.pdf

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae