CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Designer freelancer: como começar a oferecer seus serviços online?

Designer freelancer: como começar a oferecer seus serviços online?

(Crédito: Freepik)

 

É possível trabalhar como freelancer em diversas áreas atualmente. Com o conhecimento e equipamentos necessários um designer pode atuar de forma autônoma como freela. Por vezes, os profissionais da área de Design podem não se acostumar com o trabalho de agências de publicidade, por exemplo, e desejar trabalhar sozinho — empreendendo na área e se tornando freela. Ou até mesmo ter um trabalho formal e virar freelancer para ter uma renda extra. Mas começar nem sempre pode parecer uma tarefa fácil. Afinal, como se destacar num mercado tão competitivo e com diversos outros profissionais atuantes?

 

Para se tornar um designer freelancer é preciso dominar os programas de edição/criação e ter um estilo próprio para entregar trabalhos de maneira exclusiva e original. Se você é designer e quer começar a oferecer seus serviços online, continue a leitura e aproveite as dicas que separamos:

 

Clichê, mas real: tenha um portfólio

 

Como os contratantes ainda não te conhecem, eles precisam saber como é o seu trabalho e a qualidade do seu serviço. Por isso, ter um portfólio atualizado é essencial para conquistar clientes. Mesmo que você não tenha realizado muitos trabalhos profissionais, inclua atividades da faculdade ou trabalhos livres que você produziu para praticar suas habilidades.

 

Planejamento é a base de tudo

 

Antes de adentrar no universo freelancer, lembre-se de se planejar! Trabalhar como freela é ótimo para ter mais flexibilidade nos horários e ambientes de trabalho, no entanto, ainda requer disciplina e organização.

 

Tenha estruturado sua modalidade de trabalho. A área de Design é muito vasta e você pode optar por segmentar seus serviços de acordo com suas habilidades. Você pode trabalhar com redes sociais, criação de logomarca, edição de fotos, entre outras coisas. Por isso, defina seus serviços e o valor que deseja cobrar — pode ser por hora trabalhada ou por serviços específicos, analise o que é mais vantajoso para sua realidade. Mas não se esqueça de valorizar seu trabalho.

 

Esteja ativo em marketplaces de serviços

 

Com seu portfólio e planejamento organizados, é hora de vender seus serviços! Networking é tudo nesse primeiro momento, bem como usar suas redes sociais a favor disso. Mas há um espaço que você pode e deve explorar: os marketplaces de serviços.

 

Os marketplaces de serviços ou plataformas de freelancers são espaços que conectam profissionais freelas e contratantes. Por isso, invista em criar um perfil gratuito no FreelaWeb, por exemplo, e crie anúncios para os seus serviços. A partir disso, os contratantes podem te encontrar com mais facilidade e zero burocracia.

 

 

 

Redação: Alice Bachiega

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Freela WebNovo na comunidade

Freela Web é um Site de freelancers e Marketplace de serviços web, Cadastre-se para vender ou comprar de profissionais ou universitários.

Me siga