CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

De olho no mercado de alimentos

Participei recentemente da Feira ANUGA em Colônia na Alemanha. O evento reúne 6.596  expositores oriundos de 100 países. Neste e nos próximos posts destacarei alguns aspectos interessantes observados no concernente principalmente a produtos, embalagens, o mercado de alimentos, a alimentação fora de casa, apresentação de produtos, dentre outros.

Os setores da Feira possibilitam uma visão de como está a segmentação do mercado de alimentos e bebidas no mundo:

– Fine Foods: produtos gourmet para delicatessens e provisões em geral;

– Drinks: bebidas;

– Meat: carnes, embutidos e aves;

– Frozen Food: comida congelada e produtos para sorveteria;

– Chilled & Fresh Food: alimentos frescos para conveniência, delicatessens, peixes, frutas e vegetais;

– RetailTec: tecnologias e serviços para o varejo;

– Food Service: tecnologias e equipamentos para o mercado de food service e catering;

– Organic: produtos orgânicos;

– Bread&Bakery/Hot beverages: pães, produtos assados e bebidas quentes;

– Dairy: laticínios.

Alimentação fora de casa

Pode-se ler nas entrelinhas da organização do evento o que está na boca, quase literalmente, do mercado de alimentos mundial:

– A alimentação fora de casa está crescendo ano a ano e tem nos EUA o maior mercado mundial, considerando os gastos da população com este serviço;

– A busca pela alimentação mais saudável faz crescer o mercado de orgânicos, o que pode ser percebido, por exemplo, nas mudanças empreendidas pela maior rede mundial de restaurantes, o MacDonalds. Apenas na Grã-Bretanha, terceiro mercado na Europa, o faturamento é da ordem de £1,2 bilhão. No Brasil, o setor ainda é tímido;

– A importância da apresentação dos alimentos está diretamente relacionados à embalagem;

– A força de países como Espanha e Itália e o potencial inexplorado do Brasil que se concentra primordialmente em commodities.

Se sua empresa está na área de alimentos, seja de serviços, varejo ou produção dos mesmos, não deixe de acompanhar aqui as novidades que trago do evento.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae