CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Cultivando a inovação

O aumento da renda média da população é um fator positivo para o mercado de plantas e flores ornamentais. Os consumidores passam a buscar produtos cada vez mais sofisticados, diferenciados e únicos do ponto de vista estético. Buscam também por plantas versáteis, que possam ser utilizadas em diferentes ambientes, com menos manutenção e maior durabilidade, aumentando a demanda por acessórios e complementos paisagísticos (vasos, pedras, madeira, bambu, cerâmica, etc.).

Dessa forma, os produtores devem considerar a adaptação das flores e plantas cultivadas aos elementos mais utilizados. Mas não termina por aí: com a concorrência acirrada, os produtores também devem estar atentos à tecnologia que vem sendo implantada no setor.

Tecnologia a todo vapor

As pesquisas sobre botânica e novas técnicas de cultivo precisam ser incorporadas ao cotidiano dos produtores de flores e plantas ornamentais. O mercado de jardinagem, paisagismo e decoração é bastante dinâmico, sendo que a cada dia surgem novas demandas, fortemente influenciadas pelas tendências da moda e pelas opiniões dos especialistas.

Técnicas de plantio

 

Apesar de ser uma atividade do setor primário, desenvolvida em ambiente rural, há um elevado nível de exigência de incorporação de tecnologias de cultivo para garantir qualidade e constância na produção, incluindo a utilização de estufas, iluminação artificial, equipamentos de irrigação e insumos selecionados, além de todas as técnicas de plantio, poda, enxertos e floração. A incorporação da tecnologia na atividade foi comprovada pelo estudo do IBGE, “Caracterização do setor produtivo de flores e plantas ornamentais no Brasil”, que confirma maior índice de utilização de energia elétrica nas propriedades produtoras de flores e plantas ornamentais em relação aos demais estabelecimentos agropecuários.

Softwares de Tecnologia da Informação (TI) para o registro sistemático das informações de produção, vendas, estoque, recebimento e pessoal são elementos que podem facilitar a gestão do negócio, otimizando a tomada de decisão e gerando ganhos de competitividade para os produtores.

Ferramentas para o novo

Novas técnicas para cultivo de plantas

Novas técnicas de cultivo são acompanhadas por novos equipamentos e ferramentas. A diferenciação pode ser alcançada a partir da criação de novas espécies, com cores, tamanhos, formas e características únicas e diferenciadas. Para se obter características diferenciadas, é necessário investir em capacitação para realizar enxertos e equipamentos de cultivo, como estufas, irrigação e iluminação artificial.

Metodologias para avaliar as preferências dos consumidores e tendências de consumo durante viagens ou durante participação nos eventos esportivos também constituem elementos importantes para orientar a produção e as estratégias de mercado, divulgação e comercialização. Pesquisas de demanda e de tendências podem auxiliar os produtores nesse sentido.

Como o investimento em equipamentos de pesquisa e laboratório podem ser muito elevados, vale a pena considerar o estabelecimento de parcerias com instituições de ensino e pesquisa para realização de testes e experimentos que exijam medições e acompanhamento de equipamentos mais precisos ou mais especializados.

Cultive inovação e tecnologia! Para conhecer práticas de sucesso, acesse: http://www.sebrae.com.br/setor/floricultura/o-setor/inovacao-e-tecnologia1

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae