CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Cronograma prevê obras para revitalização da Rua Sergipe, em Londrina

Cronograma prevê obras para revitalização da Rua Sergipe, em Londrina

Proposta foi anunciada na última quarta-feira, dia 6, durante café da manhã na ACIL; participação dos empresários é fundamental para promover as mudanças O plano de revitalização da Rua Sergipe, no centro comercial de Londrina, já está pronto para sua execução. Na última quarta-feira, dia 6, representantes do Comitê Gestor da Nova Sergipe, o Instituto de Planejamento e Pesquisa de Londrina (IPPUL) e a Secretaria de Obras de Londrina apresentaram a proposta. O Programa de Desenvolvimento de Espaços Comerciais, conhecido como Projeto de Revitalização da Nova Sergipe, é uma ação de 34 entidades, capitaneadas pelo Sebrae/PR, Sindicato do Comércio Varejista de Londrina (Sincoval), Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL) e Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio/PR). As universidades de Londrina também estão envolvidas no Projeto de Revitalização da Nova Sergipe e serão responsáveis pelo desenvolvimento de mobiliários que fazem parte do paisagismo da rua. Para Cristovam Dias Junior, consultor do Sebrae/PR, a revitalização inicia sua fase principal e deve avançar nos próximos meses. “Já realizamos várias ações, mas as mudanças estruturais devem acelerar o Projeto. Chegamos num momento crucial da revitalização e precisamos que os empresários estejam envolvidos para que as obras iniciem no próximo mês.” As antigas calçadas de petit-pavé serão substituídas pelo paver, seguindo o padrão do Calçadão de Londrina. Os empresários devem custear a substituição. Cada metro quadrado do novo piso custará, em média, R$ 40. O Sicoob, o maior sistema de cooperativas de crédito do Brasil, vai oferecer crédito para viabilizar a construção das calçadas e anunciou que irá parcelar o financiamento em até 24 vezes. O secretário de Obras de Londrina, Aguinaldo Rosa, diz que a Prefeitura ficará responsável pela retirada do petit-pavé, o que diminuirá os custos dos empresários em 60%. As mudanças estruturais para o funcionamento da Nova Sergipe incluem ainda o alargamento da pista de rolagem em dois metros para melhorar o fluxo de veículos, recape, meios-fios e padronização das calçadas. “No lado esquerdo da Sergipe, o passeio público ficará com três metros. No lado direito, serão mantidos os cinco metros. Acreditamos que a medida irá melhorar o trânsito na região”, explica Regina Naban, do IPPUL. Outra novidade anunciada será a reposição das árvores e a instalação de floreiras, que também fazem parte do projeto de paisagismo. O prefeito de Londrina, Homero Barbosa Neto, afirmou que a revitalização da Sergipe é “um presente para os londrinenses”. “Isso não seria possível sem a união do público e do privado. Os consumidores de Londrina e o comércio serão os mais beneficiados”, disse. O diretor comercial da ACIL, Marcelo Ontivero, informou que a entidade está fazendo parcerias com instituições bancárias com o intuito de incentivar o início das obras. “Para começar a construir as calçadas precisamos exclusivamente da adesão dos empresários”, argumentou. A Nova Sergipe A Rua Sergipe contempla mais de 700 empreendimentos varejistas e possui valor histórico para a comunidade londrinense. O projeto de revitalização iniciou em outubro de 2009. Além de alterações estruturais, a proposta prevê ainda a realização de eventos culturais. A Prefeitura e a Fecomércio/PR assinaram protocolo de intenções para restauração do antigo cadeião da cidade. Desativada há 16 anos, a velha prisão será transformada num centro cultural de última geração nos moldes do que ocorreu com o Paço da Liberdade Sesc Paraná, em Curitiba, região que também passa por revitalização.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae