Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Conheça os primeiros passos para iniciar um negócio no exterior

Conheça os primeiros passos para iniciar um negócio no exterior

Possuir um negócio rentável fora do país é o sonho de muitos empreendedores. Isso porque o exterior oferece muitas opções tentadoras para quem almeja uma fonte de renda mais estável, dada a situação da crise socioeconômica do Brasil. 

Porém, já diz o ditado, nem tudo são flores: da mesma forma que existem vantagens em investir em outro país, há também uma série de obstáculos que, se não forem estudados e considerados, poderão afundar o seu negócio.

Por que empreender em outro país?

Pode parecer uma pergunta inocente, mas a resposta engloba uma série de fatores cruciais que levam o empreendedor a pensar em abrir um negócio no exterior. Os principais são a instabilidade econômica do Brasil, violência, trânsito, altos preços de insumos e baixa qualidade de vida. Portanto, deve-se levar em consideração todos esses aspectos no país alvo do empreendedor no momento de sua decisão.

No entanto, não é necessário ter medo. Abrir os investimentos para fora é um passo importante e pode ser mais benéfico do que o esperado. Assim, para garantir um bom cenário fora do Brasil, selecionamos alguns pontos-chave que devem ser estudados com muita atenção antes de iniciar um negócio em outro país. Confira.

Pesquise quais são os países mais indicados

Como mencionado antes, deve-se levar em consideração muitos fatores socioeconômicos antes de começar um negócio em outro país. Com base nisso, a revista Forbes publicou, em 2019, o ranking dos melhores países para empreender, e a lista é liderada pelo Reino Unido, seguido por Suécia, Hong Kong, Países Baixos e Nova Zelândia. 

Assim, uma boa dica para o empreendedor que decidir se aventurar em algum desses países é contar com um ambiente favorável para novos negócios.

Conheça os parâmetros legais para empreender

Antes de empreender no exterior, é preciso avaliar com cuidado todos os requisitos legais, de preferência com a ajuda de um profissional, para evitar problemas que podem culminar em deportação. Vale ressaltar o cuidado ao escolher o profissional que auxiliará o processo, pois em vários países existem golpistas especializados em negócios de estrangeiros, que se aproveitam do pouco conhecimento da legislação apenas para lucrar de forma desonesta. Muitas nações exigem visto de trabalho, entre outras permissões que só são cedidas aos imigrantes que vão residir permanentemente no país ou que cumprirem determinados requisitos. 

Lembre-se: alguns países possuem legislações específicas para negócios fundados por estrangeiros, o que torna um bom conhecimento da legislação do país de entrada fundamental para um início tranquilo e sem obstáculos.

Tenha um bom planejamento financeiro

Ter um bom capital de giro para manter o negócio funcionando, até que ele atinja o ponto de equilíbrio e comece a dar lucro, é, possivelmente, o maior desafio ao empreender no exterior. Um bom planejamento financeiro, que possibilite que o empreendedor arque com as contas da empresa e, ao mesmo tempo, com as despesas pessoais, é essencial nesse caso. É importante também contratar um bom contador e investir em marketing estratégico, algo que pode salvar as contas da empresa no fim do mês. 

No caso de transferências entre países, é preciso estar atento, pois, quando o empreendimento está fundamentado, o empreendedor pode precisar transferir dinheiro para a família no Brasil, ou vice-versa. A forma mais utilizada é a remessa online, que, além de ser 100% digital, conta com a menor taxa de serviço do mercado.

You must login to add a comment.

Posts relacionados