Cadastrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Sorry, you do not have permission to ask a question, You must login to ask a question.

Sorry, you do not have permission to add a post.

Please briefly explain why you feel this question should be reported.

Explique brevemente por que você acha que essa resposta é inadequada ou abusiva.

Please briefly explain why you feel this user should be reported.

Como transformar seu negócio físico em uma loja virtual de sucesso

Foto de Bench Accounting na Unsplash

 

Nem sempre uma loja física de sucesso se torna um negócio virtual igualmente lucrativo, mas afinal de contas, quais são os motivos para isso? Mais ainda: como esses problemas podem ser mitigados?

A pandemia de Covid-19 devastou as mais diversas indústrias e mercados, especialmente aqueles com foco em experiências presenciais. Os negócios que conseguiram sobreviver foram aqueles exclusivamente online ou que, ao menos, ofereciam produtos e serviços também pela internet.

Embora a crise faça parte do passado, suas consequências ainda existem. Acima de tudo, comerciantes foram alertados sobre a importância de manter uma presença no meio digital. Alguns deles inclusive perceberam a possibilidade de transformar negócios físicos em lojas virtuais, modificando o negócio.

Naturalmente, fazer essa transição não é algo fácil, especialmente para aqueles gestores que não possuem experiência com a internet. Felizmente, existem algumas dicas simples que podem ser seguidas para auxiliar neste momento. Abaixo nós listamos 6 itens que não podem ser esquecidos.

 

1 – Tenha um site responsivo

O principal erro que uma loja virtual pode cometer (o que, consequentemente, o torna um dos mais danosos), é dificultar o acesso de seus clientes. Isso ocorre, entre outras coisas, quando o cliente decide acessar a plataforma e é recebido com alguma mensagem de erro sobre o site offline.

Criar site para loja virtual requer uma plataforma intuitiva e um servidor confiável, como é o caso da Hostinger. Embora lojas virtuais com poucos clientes não costumam encontrar muitos tropeços com outros serviços, quanto maior for o tráfego do seu site, maior será a importância de utilizar um servidor de qualidade.

Entre os benefícios de Hostinger estão o domínio grátis, suporte ao cliente 24h, 30 dias para pedidos de reembolso, um criador de site altamente customizável e recursos para loja virtual, entre outras funcionalidades. Essas características garantem que o site estará de pé quando clientes o acessarem.

 

2 – Compreenda as diferenças entre uma loja física e uma loja virtual

Um erro bastante frequente daqueles que decidem transformar um negócio físico em um negócio digital, é assumir que as duas empreitadas funcionam da mesma forma, com a única distinção sendo o meio. Embora o objetivo final seja mantido, as duas coisas não poderiam ser mais diferentes!

Uma loja virtual requer conteúdo, comunicação e até mesmo preços compatíveis com o seu meio. Esse último item, em especial, precisa ser estudado cuidadosamente, considerando que os custos para se vender online e em uma loja física variam, com a lucratividade dependendo da área do negócio. 

 

3 – Conheça o seu público-alvo

Aliado à dica anterior, conhecer o público-alvo é imprescindível para qualquer negócio, especialmente os virtuais. Nos dias de hoje, um e-commerce não existe somente como uma plataforma de vendas, mas como produtor de conteúdo, de modo que é preciso conhecer para quem se está vendendo.

 

4 – Desenvolva conteúdos relevantes

É impossível imaginar uma loja física que não possua uma presença nas redes sociais. Naturalmente, isso é ainda mais forte quando o negócio é exclusivamente virtual. Nesse sentido, a alocação de recursos (sejam os investimentos monetários ou de capital humano) deve ser estratégica.

Se a sua loja vende produtos para animais de estimação, por exemplo, os conteúdos na rede devem refletir isto. Quando materiais publicados interessam àqueles que os leem, eles são compartilhados e atingem novos públicos, sem que seja preciso investir em campanhas de marketing e divulgação.

 

5 – Disponibilize variados métodos de pagamento

Se você já tentou comprar em alguma loja virtual e descobriu que o método de pagamento que estava buscando não é aceito, com certeza conhece a frustração que isso representa. A fim de ter sucesso, negócios online devem disponibilizar o maior número de métodos de pagamento possível.

 

6 – Entregue produtos e serviços de qualidade

Até aqui, nós falamos muito sobre as adaptações ao meio, mas pouco sobre os produtos ou serviços em si. E por um bom motivo: a maneira como um negócio pode ser transposto do físico para o virtual vai depender do tipo do negócio em si, com diferentes áreas trazendo diversas formas de se adaptar.

Entre os dois tipos (produtos ou serviços), os serviços são os que apresentam maior diferença de acordo com o meio. É preciso, inclusive, considerar se os serviços prestados serão exclusivamente online ou se o âmbito digital será apenas uma forma de clientes o encontrarem e o contratarem.

Conclusão

Seguindo essas dicas, você consegue transformar qualquer negócio físico em uma loja virtual de sucesso. Atente-se em seguir todos os passos e garantir que sejam feitos corretamente. O que importa é evoluir com qualidade e ir com calma, respeitando cada etapa.

E você, já transformou seu negócio presencial em um online também? Está esperando o que para isso?

You must login to add a comment.

Posts relacionados