CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como ter mais segurança em sua indústria

Como ter mais segurança em sua indústria

Todo empreendedor  sonha em aumentar a produtividade e alavancar o número de vendas, não é mesmo? Para isso, é necessário implementar algumas estratégias e, claro, se atentar a segurança no trabalho. 

A segurança do trabalho é importante para pequenas, médias e grandes empresas – independente do segmento – e isso por um único motivo: saúde. 

A cada dia as empresas vem adotando medidas preventivas de segurança. Afinal, somente em 2016, a Previdência Social registrou mais de 710 mil acidentes de trabalhos no Brasil. Dentro desse número, cerca de 2,8 mil resultaram em morte, 15 mil sequelas permanentes e muitos dias de trabalho perdido. 

Além disso, em caso de acidente no âmbito de trabalho, a empresa é obrigada a pagar indenização (dependendo do nível do incidente), custear despesas hospitalares e disponibilizar dispensa ao funcionário. 

Por isso, surgiu um novo cenário em 2019. Com a chegada do eSocial, as empresas precisam registrar ocorrências de acidentes (o Comunicado de Acidente de Trabalho – CAT) e os treinamentos de segurança obrigatórios em um sistema de banco de dados. 

Desse modo, é mais imprescindível entender as medidas protetivas e a melhor forma de utilizá-las. Mas como fazer isso? Venha descobrir neste post!

Conscientização 

A segurança do trabalho só se desenvolve na empresa quando todos ficam cientes dos riscos. Por isso, é importante que a organização adote uma linguagem clara no que diz respeito aos riscos e medidas que deverão ser utilizadas. 

Além disso, se uma empresa de teclado de membrana possui processos perigosos, fica a responsabilidade da mesa divulgar todos os riscos aos funcionários. Afinal, não tem como alguém se prevenir de algo que não conhece, não é?

Essa conscientização pode acontecer por meio de comunicação visual, como placas de perigo, risco, cuidado e até mesmo mapa de risco. 

O mapa de risco deve ser utilizado em uma linguagem muito clara, assim, possibilita conscientizar e orientar aqueles que não tiveram a chance de participar das orientações, ou até mesmo visitantes. 

Claro, além do mais, ao fornecer os EPI’s e os EPC’s, os funcionários devem ser orientados antes de iniciar o uso.

Atenção ao ambiente de trabalho 

É imprescindível que o ambiente de trabalho seja adequado para a realização das atividades que são desenvolvidas pelos funcionários. 

Caso o ambiente seja inteiramente fechado, deve ser constituído por materiais não inflamáveis, além de todas as máquinas e equipamentos presentes, como moinho de milho, entre outros, passarem por uma vigorosa manutenção.

Além disso, o ambiente deve conter uma boa passagem de ar. Quando o trabalho envolve altura, a máquina necessária deve passar por um teste.

Invista em treinamentos

A melhor forma para evitar acidentes é oferecer treinamento adequado para novos e antigos funcionários, especialmente se nunca trabalharam na área. 

Os treinamentos podem ser diversos e irão depender do segmento e da necessidade dos colaboradores. Se sua indústria fabrica molas de compressão, é possível oferecer treinamentos sobre os cuidados ao manusear as determinadas máquinas, por exemplo.

Além do mais, é imprescindível proporcionar treinamentos especializados em situações emergenciais. Em contrapartida, as atividades realizada no dia a dia devem obter treinamentos repetidos regularmente. 

Fiscalização 

Bom, você passou as medidas e orientações para os funcionários. Contudo, isso não quer dizer que os responsáveis estão livres de fiscalização. 

Alguns funcionários não cumprem as normas de proteção, seja por vontade própria ou falta de atenção. Por isso, a utilização de equipamentos e as orientações devem ser lembradas constantemente. 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Felipe SIlvaEspecialista