CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como organizar e definir ritmo em sua startup/empresa “Google Style”

Como organizar e definir ritmo em sua startup/empresa “Google Style”

Esse artigo faz parte de uma série de análises sobre painéis temáticos na Campus Party 2015

Assunto:

Nessa palestra vamos explicar como é a cultura do Google e como essa cultura define a forma como organizamos e gerenciamos nossos objetivos e resultados. Vamos explicar na prática o método de gestão por OKRs (Objectives and Key Results) que o Google e dezenas de outras startups de sucesso utilizam em seu dia a dia.

Participante(s):

José Papo é Program Manager do Google Brasil, na equipe de relações com desenvolvedores e startups de tecnologia. É mestre em Engenharia da Computação pelo IPT e também atua como professor de pós-graduação na PUC-SP. é co-autor do livro “Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software”. Desenvolveu diversos produtos de software em empresas como Itaú, TecBan, Correios, TAM, Bradesco, entre outras. Em seus últimos desafios liderou diversas iniciativas para desenvolvedores e startups na Amazon e na Microsoft. Fala sobre inovação disruptiva, tendências tecnológicas, computação em nuvem, agilidade e desenvolvimento de produtos em seu twitter @josepapo .

O papo começou explicando que um dos maiores desafios do Google é manter a sua cultura de startups, com dezenas de milhares de funcionários e conseguir manter o seu ritmo de inovação. E ele comenta que uma das coisas que o google tem de especial é a forma de cuidar as pessoas. Por que? Porque o maior ativo das empresas são as pessoas. Os smart creators, pessoas que estão sempre criando algo de novo. E o Google sabe fazer isso dando a liberdade com responsabilidade.

Outro segredo é o OKR – Objectives and Key Results. A forma como o Google gerencia as suas atividades. Todos na organização usam este método. Papo complementa que quem recebe aportes da Google ventures também recebe além de dinheiro, cultura. O OKR não é um método apenas do Google, várias organizações e startups também usam.

O OKR não é um modelo grande e travado. Além de simples, ele é disciplinado. Você precisa aprender como escrever o seu OKR, mas também como acompanhar. Os OKRs de todos os funcionários do Google são públicos. Quanto mais aberta a informação, melhor, acredita o Google. Por exemplo, toda as quintas-feiras tem uma reunião com os VPs comentando planos e avanços que é aberta e streamed para os funcionários. E eles podem fazer perguntas e ficar por dentro do que está acontecendo.

O Google tem uma cultura de métricas. Não é uma cultura de hipopótamo, onde o cara que é mais bem pago na sala é quem manda. Ou seja, os números vão ganhar, independente do cargo da pessoa. Conversas são feitas com base em números.

Outra coisa importante do OKR é o Foco. Menos é mais.

COMO VOCÊ DEVE ESCREVER UM OKR?

Exemplo:

ACELERAR O CRESCIMENTO DE RECEITA DO BLOGGER

1.      lançar o tab monetize para todos os usuários

2.     lançar 3 experimentos para testar o que aumentou o faturamento

3.     finalizar o documento do produto e assegurar um time de engenheiros para o próximo trimestre

4.     implementar feature ads que aumentem o clique em X%

AUMENTAR O TRÁFEGO BLOGGER

1.     lançar 3 novas funcionalidade para deixar o html mais rápido, leve e padronizado

2.    reduzir o número de erros 404 em x%

3.    aumentar o tráfego em W%

Em DESTAQUES abaixo estão os objetivos, e eles podem ser qualitativos. Eles podem ser definidos por semestre, trimestre, mensais, etc. abaixo vem os resultados chaves, que devem ser mensuráveis.

Algumas regras:

1.      Máximo de 5 objetivos com 4 resultados chaves. Mais do que 5 você não está focado.

2.     Objetivos precisam ser discutidos entre gerente, líder, indivíduo

3.     OKRs devem ser ousados

4.     Não podem ser usados para avaliação de performance. Se utilizados para avaliar, nunca serão ousados.

MEDINDO OS OKRS.

Para cada um dos Key Results, você deve dar uma nota de 0 a 1. Sabendo que 0.6 e 0.7 é considerado bom.

Exemplo:

ACELERAR O CRESCIMENTO DE RECEITA DO BLOGGER

1.     lançar o tab monetize para todos os usuários 1.0;

2.    lançar 3 experimentos para testar o que aumentou o faturamento;

3.    finalizar o documento do produto e assegurar um time de engenheiros;

4.    para o próximo trimestre implementar feature ads que aumentem o clique em X;

ALGUMAS DICAS

– Definir OKRs anuais ou semestrais

– OKR das empresas, dos times,  dos departamentos, dos indivíduos

– OKR dos times definem prioridades dos times, não são uma coleção de OKR dos individuos. (top down e não bottom up)

– OKR da empresa são o Big Picture, foco em alto nível.

COMO ACOMPANHAR?

– Reuniões 1:1 semanais ou quinzenais com o seu líder -conversas de 25 minutos vem focadas no OKR

– Reunião do time (semanais ou quinzenais)

– Reunião de departamento (mensal)

– Reuniões company wide de OKR (Trimestral)

O Google é uma empresa de execução. Tem milhões de ideias lá dentro, mas executá-las com perfeição precisa de objetivos e metas e este é o segredo do OKR.

Conheça as análises dos principais painéis da Campus Party 08 (2015):

1 – Deu ruim! O que fazer quando as coisas não dão certo?

2 – Eles chegaram lá. Você também pode!

3- Como organizar e definir ritmo em sua startup/empresa “Google Style”

4- Exercitando sua imaginação e explorando seu valor econômico

5- Quem paga pelo conteúdo das redes sociais – Indiretas do bem

6- Lições de empreendedorismo que aprendi NASA

7- Novos negócios: música online

8- Do Brasil para o Mundo : o case do Blogo

9- E-commerce integrado em redes sociais

10 – Produto, sociedade e pessoas

11 – Startups e investidores: falando a mesma língua

12 – Visão de Internet para Ime Archibong (Facebook)

13 – Importância do CTO e da equipe técnica ao levantar Capital de Risco

 

Deixe um comentário

Sobre Lucio PiresBoas respostas

Analista Técnico do Sebrae Nacional. Trabalho com negócios e conteúdos digitais, especialista em Gestão de Pequenos Negócios (FIA), Advogado especialista em Direito Empresarial, Matemático com especialização em Finanças.

Me siga