CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como montar uma casa lotérica

Como montar uma casa lotérica

Confira uma ideia de negócio completa sobre Como montar uma casa lotérica. Abaixo dividimos o conteúdo em tópicos como mercado, custos, pessoas, investimentos, divulgação, exigências legais e mais dicas.

Alguns serviços só podem ser executados ser a lotérica tem convenio como correspondente bancário com outros bancos e instituições financeiras. O empreendedor que deseja atuar com casas lotéricas, tem duas opções para iniciar neste segmento: #      ”’Licitação de Lotérica da Caixa Econômica;”’ #      ”’Comprar uma Casa Lotérica em funcionamento.”’

=[editar | editar código-fonte]

Alguns serviços só podem ser executados ser a lotérica tem convenio como correspondente bancário com outros bancos e instituições financeiras.

O empreendedor que deseja atuar com casas lotéricas, tem duas opções para iniciar neste segmento:

  1.      Licitação de Lotérica da Caixa Econômica;
  2.      Comprar uma Casa Lotérica em funcionamento.

=[editar | editar código-fonte]

As duas opções para iniciar no negócio de casas lotéricas, requer muito cuidado e atenção por parte do empreendedor. Tanto a licitação como a compra requerem o cumprimento de regras impostas pela CAIXA.

Este segmento de negócio esta atrelado a vários decretos, leis e responsabilidades por parte de todos os envolvidos. Diante destas situações sugerimos ao empreendedor a leitura de todos os capítulos, para reduzir os riscos e aumentar as chances de sucesso neste segmento de negócio.

==Mercado== 

Empreender no segmento de casa lotérica, requer do empreendedor conhecimento do mercado, regras para o modelo de negócio, cenários expectativas e tudo o que se refere ao empreendimento.

As chances de sucesso aumentam quando sabemos onde estamos inseridos e quais tendências e fatores de mercado impulsionam ou impedem mudanças no segmento que atuamos.

Para que uma casa lotérica funcione juntamente com seu estabelecimento é necessário atender varias regras de implantação, conforme normas do ”'[http://www.caixa.gov.br/Downloads/caixa-documentacao-basica-21/Manual_Conceitual_Unidade_Loterica.pdf Padrão Ambiental e Visual da CAIXA]”’

=[editar | editar código-fonte]

Para que uma casa lotérica funcione juntamente com seu estabelecimento é necessário atender varias regras de implantação, conforme normas do Padrão Ambiental e Visual da CAIXA

=[editar | editar código-fonte]

As regras de localização não são determinantes pelo empreendedor, a CAIXA possui estudos detalhados das melhores localizações em conformidade com suas metas de crescimento. O importante é ficar atento as licitações ou anúncios de vendas, as duas situações podem apresentar localizações que estejam em conformidade com o interesse do empresário.

Antes de iniciar suas atividades comerciais o empreendedor deverá verificar a necessidade obtenção do alvará de funcionamento, de licença sanitária e registro no conselho de classe por se tratar de atividades profissionais.

A CAIXA estabelece algumas exigências ao empresário para que possa se estabelecer:

a) se selecionado o candidato deve realizar o pagamento da taxa de inscrição ou lance mínimo, no prazo estabelecido pelo Edital;

b) confirmado o pagamento deverá assinar o Pré Contrato ou Contrato de Adesão;

c) A Unidade Lotérica só poderá ser instalada no endereço que foi indicado na proposta apresentada na licitação, sob pena de perda do direito de permissão;

Além das condições acima a CAIXA estabelece:

•          obrigatoriedade de participação do permissionário em treinamento oferecido pela CAIXA para novas permissionárias;

•          Apresentação do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – CNPJ

•          Apresentação de comprovante de abertura de contas correntes ativas e regulares;

•          Apresentação de cópia da apólice de seguro, individual ou em grupo, regional ou nacional, para garantia dos respectivos valores;

•          Padronização visual e ambiental completa do estabelecimento conforme orientações e especificações da CAIXA:

Depois de cumpridas todas as determinações da CAIXA, a outorga (declaração por meio de escritura pública) de permissão é formalizada mediante assinatura do Contrato de Adesão. Também o empreendedor deverá averiguar a necessidade de registro da marca, verificar se existe alguma empresa registrada com o nome pretendido e a marca que será utilizada no Orgão responsável – Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI).

O empreendedor que deseja atuar com casas lotéricas precisa conhecer o Decreto LEI nº 6.259/44 , que oficializa a execução dos serviços de loterias, federal e estadual, em todo território nacional.

Nota:

Este segmento esta regulamentado por varias leis e decretos, para evitar problemas é fundamental contar com a ajuda de um bom contador ou empresas especializadas na abertura de casas lotéricas. 

Grande parte dos equipamentos e mobiliários são fornecidos pela CAIXA.

Antes de qualquer decisão referente ao estrutura da casa lotérica, o empreendedor precisa consultar todas as normas da CAIXA, para evitar gastos desnecessários ou instalações que não estejam em conformidade com as regras.

O treinamento inicial é obrigação contratual da CAIXA, cabendo ao empresário os custos de transporte, hospedagem e alimentação, caso necessário

Recomenda-se a adoção de uma política de retenção de pessoal, assim, a empresa diminuirá os níveis de rotatividade, criando vínculo entre funcionários e clientes e ainda a diminuição de custos com:

  • recrutamento e seleção,
  • treinamento de novos funcionários,
  • custos com demissões.

Uma boa pratica de vendas é o compartilhamento do lucro por meio de comissões por percentual de venda. Estabeleça um percentual de comissionamento para a sua equipe, faça o pagamento das comissões de forma clara e periódica e observe o quanto esse incentivo aumentara a produtividade dos colaboradores.

A CAIXA disponibiliza grande parte dos equipamentos necessários para a execução de jogos e serviços autorizados sob forma de comodato (empréstimo gratuito), cabendo ao empresário contratar e arcar com os custos do seguro. Somente são permitidos, nas Unidades Lotéricas, equipamentos destinados a jogos e serviços autorizados.

Além dos equipamentos disponibilizados via comodato pela CAIXA é necessário que o empresário complete sua estrutura para dar um bom atendimento aos seus clientes como segue:

1 – Mobiliário – Atendimento:

  • Balcão para atendimento com cadeiras;
  • Bancada para preenchimento de apostas;

2 – Mobiliário – Área Administrativa:

  • Armário para guarda de volantes e bobinas;
  • Armário para área administrativa;
  • Mesa e cadeira;

3 – Equipamentos:

  • Computador;
  • Impressora;
  • Equipamento telefônico;
  • Calculadora;
  • Aparelho de Ar condicionado;
  • Máquina de contar dinheiro;
  • Cofre;
  • Sistema de Alarme.

Estes equipamentos podem mudar em função dos serviços prestados e da opção pelo tipo de casa lotérica. Estas definições serão apresentadas após a participação no edital ou compra da casa lotérica já em funcionamento.

A principal matéria prima de uma casa lotérica são os jogos que geralmente são impressos em terminais ou solicitados a fornecedores específicos e entregues fisicamente na loja. 

Na prestação dos serviços ao cliente, utiliza-se muitos insumos, que na maioria das vezes são fornecidos pelos bancos parceiros (bobinas, volantes de marcação etc.)

A gestão de estoque para a casa lotérica é essencial para evitar a falta de insumos necessários a prestação de serviço. Para tanto é preciso que o empresário exerça um contínuo acompanhamento dos estoques para mantê-los no nível ótimo de estocagem. Esse controle pode ser realizado por meio de alguns indicadores de desempenho, dentre eles:

  • ·        Giro dos estoques: é um indicador do número de vezes em que o capital investido em estoques é recuperado por meio das vendas. Usualmente é medido em base anual e tem a característica de representar o que aconteceu no passado.

Observação: Quanto maior for a frequência de entregas dos fornecedores, logicamente em menores lotes, maior será o índice de giro dos estoques, também chamado de índice de rotação de estoques.

  • ·        Cobertura dos estoques: é a indicação do período de tempo que o estoque, em determinado momento, consegue cobrir as vendas futuras, sem que haja suprimento.
  • ·        Nível de serviço ao cliente: o indicador de nível de serviço ao cliente para o ambiente do varejo de pronta entrega demonstra o número de oportunidades de negócios que podem ter sido perdidas, em razão da impossibilidade da prestação do serviço pela falta de produtos ou insumos.

Portanto, o estoque dos produtos deve ser mínimo, visando gerar o menor impacto na alocação de capital de giro. O estoque mínimo deve ser calculado levando-se em conta o número de dias entre o pedido de compra e de entrega dos produtos na sede da empresa.

O objetivo da gestão de estoque é encontrar o ponto de equilíbrio entre a oferta e a demanda, de forma que não haja a incidência de custos adicionais, ou prejuízos pela falta de insumos para a prestação de serviços do dia a dia da empresa. 

Muitos outros serviços podem ser oferecidos pela casa lotérica, tudo vai depender dos convênios com a CAIXA e outros bancos.

Etapa 4: Conciliação diária de valores.

Esta etapa consiste em conciliar os valores recebidos com a documentação de suporte ((boletos, canhotos e comprovantes de recebimento) por tipo (contas de luz, telefone, prestação da casa própria, recebimento de benefícios etc.) e destes com os valores a serem repassados a CAIXA ou bancos conveniados.

Etapa 5: Deposito bancário

Diariamente após a conciliação dos valores é necessário o deposito para a instituição financeira ou banco.

Etapa 6: Comissão do correspondente bancário.

Conferência da comissão recebida pelo serviço com o total de contas processadas (recebidas) e serviços realizados pelo pague fácil.

Etapa 7: Pós-venda.

Alguns podem achar que a etapa 6 é o final, mas o pós-venda, que pode ser feito com pesquisas de satisfação, depoimentos dos clientes é a melhor forma de fidelizar o cliente e garantir que volte a usar os serviços de seu pague fácil.

Seguindo estas etapas, buscando sempre novas informações, colocando a satisfação do cliente como foco, as oportunidades de negócios serão exitosas e conseguira ótimas experiencias com casa lotérica.

Em uma casa lotérica, geralmente quem determina os sistemas de gestão é a CAIXA. A automação é parte do processo para este modelo de negócio, já que as informações são processadas em tempo real e exigem softwares específicos.

Existem situações onde o correspondente possui convênios com várias instituições financeiras e bancos, neste caso ele precisará de um sistema de gestão particular que seja homologado pelos bancos ou instituições que a casa lotérica representa.

Automatizar é uma boa escolha para reduzir custos e manter a qualidade dos serviços que a empresa oferece. O investimento feito em tecnologia, quando bem executado, se torna um grande aliado da gestão da sua empresa.

O mercado apresenta inúmeras opções, mas o importante é obter agilidade, segurança dos dados e confiabilidade ao cliente e as empresas contratantes. Geralmente os sistemas controlam:

  • Abertura e fechamento de caixa;
  • Travamento e destravamento de terminal;
  • Suprimento e recolhimento de numerário;
  • Cobrança de tarifas de transações;
  • Consultas e extratos de movimentação de contas-correntes, poupança e benefícios;
  • Depósitos em contas-correntes, poupança;
  • Recebimentos de contas (água, luz, telefone e gás), de boletos de cobrança do banco e de instituições conveniadas, carnês e impostos federais, estaduais e municipais, respeitados os convênios existentes no banco;
  • Pagamentos a beneficiários do INSS;
  • Venda de cartões e recarga de telefones móveis pré-pagos;
  • Cadastramento de senhas;
  • Requisição, bloqueio e desbloqueio de cartões magnéticos;
  • Solicitação de talonário de cheques;
  • Consultas a transações efetuadas;
  • Débitos e créditos diversos;
  • Estornos.

O empreendedor que deseja atuar com casa lotérica, deverá analisar qual é a melhor opção de automação para seu negócio, seja os softwares e equipamentos fornecidos pelos contratantes ou produtos oferecidos pelo mercado.

Antes de qualquer decisão, lembre-se que você precisa respeitar as regras de contrato e qualquer decisão sem planejamento ou analise das empresas parceiras, pode causar problemas e até quebra de contrato.

Os canais de distribuição têm como principal objetivo garantir a disponibilidade do produto para os clientes, são divididos em dois grupos, sendo:  

  • Canal Direto – Neste canal de distribuição, a empresa é a única responsável pela entrega do produto para o consumidor. Não existe qualquer intermediário.  
  • Canal Indireto – Neste canal, os intermediários se encarregam desta entrega. Em geral, o intermediário tende a ser os varejistas, atacadistas e os distribuidores.
  • Canal Híbrido: Um canal de distribuição híbrido é aquele em que a empresa utiliza intermediários, mas assume parte do processo de contato com seus clientes.

Geralmente em uma casa lotérica o canal de distribuição é o direto, mas com permissão da CAIXA ou de outros bancos conveniados é possível que o empreendedor contrate distribuidores que podem vender jogos fora da casa lotérica.  

Conforme artigo do Sebrae sobre canais de distribuição , para a escolha ideal dos canais de distribuição é importante analisar alguns aspectos:

  • ·        Avaliar mercados reais e potenciais;
  • ·        Determinar as características, os comportamentos e as necessidades dos clientes, assim como a quantidade, a dispersão geográfica e a frequência de compra;
  • ·        Determinar as características essenciais dos produtos quanto à perecibilidade, dimensões e graus de padronização;
  • ·        Definir as características dos intermediários quanto ao tipo de transporte, ao sistema de equipamentos e armazenagem utilizado, à tecnologia da informação, entre outros;
  • ·        Avaliar as características ambientais relativas às condições locais, à umidade e à temperatura;
  • ·        Avaliar as empresas envolvidas quanto à solidez financeira, aos produtos, aos níveis de serviço, ao marketing e à marca, entre outras características importantes. 

Atualmente os canais de distribuição contam com a ajuda dos multicanais de comunicação (wase, WhatsApp, facebook etc) para potencializar, agilizar e dar segurança a distribuição de seus produtos e serviços. Isso não é diferente em uma casa lotérica.

A escolha dos canais de distribuição e estratégias comerciais aumentará a oferta dos serviços de sua casa lotérica, porém, é preciso considerar que cada organização apresenta suas necessidades e consequentemente, requer um planejamento específico em prol da busca de resultados positivos

Como vimos anteriormente a montagem de uma Casa lotérica inicia por uma autorização formal da Caixa Econômica Federal concedida por processo licitatório com base nos requisitos que são determinados no edital. Além disso é preciso definir dentre os tipos de modalidade e unidades que podem ser abertas, qual o melhor modelo para sua localidade.

Há também a possibilidade de se comprar uma Casa lotérica já em funcionamento, com o conhecimento e autorização prévia da Caixa Econômica Federal e com o compromisso de continuar cumprindo todos os requisitos e regras preestabelecidas para com seu antigo proprietário.

Passada estas etapas, chegamos ao momento de falarmos dos investimentos a serem empregados nesta atividade e como em qualquer tipo de negócio a elaboração e acompanhamento de um Plano de Negócios se faz necessário, será esta ferramenta que mostrará com detalhes uma visão ampla sobre a empresa e o mercado onde irá atuar, procure uma unidade mais próxima do SEBRAE e confira.

Para conhecer a estrutura de investimentos, vamos dar como exemplo a montagem da modalidade “Casa Lotérica” que é o modelo que tem como característica o comércio de jogos de loterias e outros produtos conveniados da Caixa Econômica Federal, como saques, depósitos, pagamentos de boletos e contas básicas, etc.

Alertamos que os itens e valores unitários e totais apresentados a seguir são meramente referenciais, para fins de estimativa do investimento necessário, podendo variar de acordo com a quantidade, estilo, local de aquisição, dentre outras variáveis. A cotação foi feita em consulta a internet tendo como referência o mês de outubro/2019.

O exemplo foi baseado em uma unidade com construção mínima exigida em editais recentes da CEF de 12 a 27m².

Mobiliário
01Balcão para atendimentos 3 guichêsR$           3.000,00R$         3.000,00
03Cadeiras giratóriasR$             250,00R$            750,00
01Bancada para preenchimento de apostasR$          1.500,00R$         1.500,00
01Armário para guarda de volantes / bobinasR$             380,00R$            380,00
01Armário – área Adm.R$             380,00R$           380,00
01Mesas ou unidade de trabalhoR$             300,00R$           300,00
02Cadeiras para escritórioR$             100,00R$           200,00
Equipamentos
01Desktop ou NotebookR$       1.200,00R$        1.200,00
01Impressora MultifuncionalR$       1.100,00R$        1.100,00
01SmartphoneR$          750,00R$            750,00
01Aparelho telefônicoR$          100,00R$            100,00
01CalculadoraR$             40,00R$              40,00
01Ar CondicionadoR$         1.900,00R$         1.900,00
01Máquina contadora de cédulasR$            300,00R$            300,00
01Cofre “boca de lobo” digital 72x40x40R$         1.500,00R$         1.500,00
01Kit central de alarmeR$         1.100,00R$         1.100,00
TOTAL DE INVESTIMENTOR$       14.500,00      

NOTAS

* Um investimento adicional em Blindagens minimiza riscos de assaltos e caso seja feito deve seguir manual da CAIXA.

** Os equipamentos e sistemas necessários à execução das atividades de comercialização das loterias e à prestação de serviços, são fornecidos pela CAIXA, conforme edital sob a forma de comodato. Também fica a cargo da CAIXA a manutenção e reposição dos equipamentos desde que não seja decorrente de mau uso.

Finalizando, recomenda-se que o empreendedor planeje seus gastos, crie um plano de negócio e faça a gestão de forma profissional.

O modelo econômico das Unidades Lotéricas não são modelos de empresa que gerem muita necessidade de capital de giro. Entretanto, deve-se salientar a importância de ter conhecimento do que é Capital de giro e quais são as variáveis que afetam essa necessidade.

Capital de giro consiste basicamente no dinheiro que entra e sai do caixa de uma Casa lotérica por meio dos estoques, dos recursos em espécie recebidos, das contas bancárias e dos pagamentos realizados.

Ele é regulado pelos prazos praticados pela empresa, são eles: prazos médios recebidos dos fornecedores (PMF); prazos médios de estocagem (PME) e prazos médios concedidos a clientes (PMCC), sendo assim quanto maiores forem os prazos concedidos aos clientes, maiores também os prazos de estocagem, maior será a necessidade de capital de giro. Já a inversão da necessidade de capital de giro se dará praticando prazos maiores para pagamento aos fornecedores.

Vamos explorar um pouco mais sobre estas 3 variáveis:

  • Prazo médio recebido de fornecedores (PMF): Prazo médio a fornecedores, no caso de Unidades Lotéricas, deve-se levar em consideração apenas as faturas de bilhetes da Loteria Instantânea e dos Produtos Conveniados, já que, para a Loteria Federal, é, no máximo, de 5 dias úteis o prazo para pagamento.
  • Prazo médio concedidos a Clientes (PMCC): A atividade de uma Casa lotérica tem características bem diferentes de qualquer outro modelo de empresa, uma vez que quase a totalidade das vendas é recebida à vista. Alguns Empresários realizam vendas de jogos a prazo (fiados), o que propicia um maior prazo médio de contas a receber, conforme o volume dessas vendas, o que pode ser um complicador no momento no fechamento da prestação de contas, no entanto o prazo médio de clientes se aproxima de “zero”.
  • Prazo médio de estocagem (PME): Agora um ponto importante a ser salientado é quanto ao prazo médio de estocagem, que a princípio não se imaginaria que em um modelo de Casa lotérica existiria, no entanto é presente e está relacionado a quantidade adquirida de bilhetes de Loteria Federal, TeleSena, etc.

Uma mercadoria que permaneça muito tempo no estoque gera uma necessidade de recursos, no caixa da empresa, muito maior do que outra que permaneça pouco tempo, se elas são do mesmo valor.

Nesse tipo de negócio, a necessidade de capital de giro pode representar cerca de 25% a 35% do investimento inicial. Este valor é só uma estimativa e poderá variar significativamente dependendo das particularidades do empreendimento definidos no Plano de Negócios.

Para manter o equilíbrio do Capital de giro é extremamente importante que exista um bom planejamento, diante disso atente-se a alguns fatores:

1 –  Separe contas da empresa das contas pessoais

O controle financeiro de sua Casa lotérica deve ser feito somente com as despesas e receitas da empresa, devendo ser diferenciado do seu orçamento pessoal. Todas as despesas pessoais devem ser pagas através da remuneração do empresário (Pró labore) e não do caixa da empresa;

2 –  Uma lotérica não tem “fiado”

O movimento da casa lotérica deve ser na “boca do caixa” e não numa caderneta de fiado. A venda fiado na lotérica é um complicador para o fechamento da prestação de contas, se não houver uma reserva financeira para pagar as contas;

3 – Acompanhe os resultados

Os resultados financeiros devem ser acompanhados periodicamente, uma vez que as receitas da lotérica são sazonais, interferindo nos resultados. As variações poderão, desta forma, ser identificadas e consideradas para manter um capital de giro necessário para momentos de pouco movimento.

4 – Procure sempre reduzir os custos

Devemos ter em mente que redução de custos não é corte de despesas. Mantenha sua lotérica funcionando dentro das necessidades, mas, ao mesmo tempo, analise todos os custos e veja o que pode ser reduzido.

Finalizando, saiba quanto, e onde você gasta cada centavo, é aconselhável reservar um percentual do investimento total para composição de seu Capital de Giro próprio.

Organizar os custos de uma casa lotérica permite que o empresário possa tomar as decisões mais acertadas buscando sempre o equilíbrio entre as receitas e despesas e ao gerenciamento de sua empresa de uma maneira mais completa.

Para uma Casa lotérica teremos 3 grupos de famílias de custos, são eles, os custos variáveis, custos fixos e despesas comerciais.

Explorando cada um deles, de uma forma simples, podemos dizer que:

1 – Custos variáveis: São gastos que ocorrerão em função da venda dos produtos aos clientes, tais como:

  • ·        Bilhetes de Loteria Federal, TeleSena;
  • ·        Publicidade e propaganda;

2 – Custos Fixos: Já os “Custos Fixos” são todos os gastos que a empresa terá em sua operação, não relacionados diretamente a nenhum serviço ou venda de seus produtos.

Alertamos que a medida que os negócios cresçam um novo planejamento se faz necessário e em consequência a estrutura e os custos aqui apresentados, devem ser repensados e estruturados conforme o seu Plano de Negócios.

Os valores apresentados a seguir são meramente referenciais, para fins de estimativa dos custos fixos, variando de empresa para empresa, localização regional e outras variáveis.

Custos Fixos
Salários *R$ 3.000,00
Aluguel, taxa de condomínio, segurança, IPTUR$ 1.600,00
Luz, telefone e acesso à internetR$    800,00
Manutenção das instalaçõesR$    300,00
Produtos para higiene e limpezaR$    100,00
Despesas com material de escritórioR$    100,00
ContadorR$    900,00
Seguro dos equipamentos (exigência da CAIXA)R$    700,00
TotalR$ 7.500,00

* O empresário lotérico deve manter quantitativo de pessoas dimensionado conforme orientação da CAIXA, devidamente treinado em suas respectivas funções, de modo a operar o estabelecimento lotérico de forma satisfatória. Uma Casa Lotérica precisa de profissionais que exerçam as funções de caixa / atendente e gerente. Para este exemplo consideramos a contratação de dois funcionários para estas funções. Incluir todos os encargos sobre os salários nessa conta.

3 – Despesas Comerciais: As “Despesas Comerciais” são os gastos que variam conforme o volume de vendas e o volume de clientes.

Como exemplos destacamos:

  • ·        Impostos diretos sobre as vendas (dependerá diretamente do regime tributário escolhido, consulte um contador);
  • ·        Comissões de vendas (caso a empresa adote esta política, definir seu percentual);

Finalizando, reiteramos a importância de se cercar do maior número possível de informações, ter disciplina em anotar cada centavo que entra e sai do caixa da empresa e seguir um bom planejamento.

O empreendedor que atua com casas lotéricas, precisa estar atento às oportunidades, especialmente aquelas que podem diversificar o seu negócio e aumentar o valor médio gasto pelos clientes em seu estabelecimento.

Ao agregar valor que por definição é incluir inovações e diferenciais, a casa lotérica, aumentará as chances de o cliente escolher seus serviços em relação a outros concorrentes.

Percebemos que as casa lotéricas, acostumaram-se a ter um layout dentro dos padrões exigidos pela Caixa Econômica e pouco fazem para agradar os clientes de qualquer outra forma. Separam um dos caixas para atendimento preferencial, estabelecem roteiros de filas, como os bancos, o que faz com que os clientes não se preocupem em buscar essa ou aquela, que oferece qualquer diferencial.

Pequenas coisas podem fazer a diferença para que sua lotérica possa crescer, sem altos custos de marketing. Vamos conhecer algumas delas e, se você, como empresário, souber utilizá-las, certamente verá sua clientela crescer e se fidelizar:

  • Segurança sempre em primeiro lugar

O cliente precisa sentir segurança ao usar os serviços de sua casa lotérica. O alto índice de fraudes e roubos, tem afastado alguns clientes que ainda procuram as agências de bancos ou financeiras para realizar serviços simples como o pagamento de uma conta.

  • Pequenos brindes para os clientes

Uma das formas de divulgar e atrair clientes para sua casa lotérica é através de oferta de brindes, como calendários de bolso, chaveiros, agendas, canetas e bonés, com a identificação de sua lotérica em destaque.

  • Saber ouvir para entender o cliente

Entender as necessidades do cliente é fundamental para que uma casa lotérica, consiga realizar excelentes serviços. Saber ouvir é entender quais são os pontos ocultos de interesse do cliente, quais são suas inseguranças com relação aos serviços.

  • Aposte em serviços diferenciados ao cliente

Não se limite ao básico, ofereça todo os serviços possíveis e permitidos a uma casa lotérica.  O importante é que o cliente consigo tudo que deseja em seu estabelecimento, desta forma não irã procurar os concorrentes.

  • Não espere o cliente, vá até ele.

Com a correria do dia a dia, é possível que alguns clientes tenham interesse pelos seus serviços, mas não consigam tempo para ir até sua casa lotérica. Use isso a seu favor, que tal, coletar os serviços na residência ou empresa do cliente.

  • Atendimento personalizado.

O jeito que você ou seu funcionário recebe os clientes pode decidir se voltará ou não. Alguns correspondentes estão investindo em salas climatizadas, café, serviço de coleta de contas etc.

  • Investir em pesquisas.

Para agregar valor é fundamental investir tempo e recursos em pesquisas. Conhecer o que existe de mais moderno no setor, quais são as possibilidades de expansão de serviços dos correspondentes.

Com estas dicas sua casa lotérica, agregará valor aos serviços, mas é importante diversificar, veja estas dicas:

  • Invista em estrutura.

Uma boa estrutura poderá permitir a diversificação de serviços, por meio de novos convênios com outras instituições financeiras.

  • Transformar seu negócio para o mundo digital.

Foi o tempo que tudo era controlado em uma planilha. Hoje a tecnologia tem um papel fundamental seja para gestão bancária ou divulgação dos serviços.

Quanto mais tecnológico e digital, mais chances de vencer neste mercado competitivo.

  • Invista em multicanais de comunicação com o cliente.

casa lotérica, precisa atender o cliente por multicanais de comunicação, como telefone, WhatsApp, e-mail, Facebook, Instagram etc.

  • De concorrente a parceiro de negócio.

Isso mesmo! Quando um concorrente não possui um determinado produto, ele fecha uma parceria com outro correspondente que possui este produto e passa a ser seu parceiro comercial.

Estas são algumas ações que podem ajudar a agregar valor e diversificar sua casa lotérica mas é importante ressaltar que assim como qualquer outro negócio é essencial estar atentos as novidades do mercado, ouvir seus clientes, buscar diferenciais e sempre oferecer o que há de melhor no segmento, em conformidade com as resoluções e regras legais para o negócio.

Nota:

Para alguns empreendedores a própria casa lotérica, já é um diversificação de um negócio principal, como um supermercado por exemplo, mas isso não significa que sua casa lotérica será sempre pequeno e modesto, agregando valor e diversificando é possível aumentar os ganhos e ampliar o negócio.

 

Os meios para divulgação de uma casa lotérica, variam de acordo com os serviços oferecidos e o público-alvo escolhido. Nos primeiros meses de existência da empresa é fundamental o contato pessoal. Com o crescimento da confiança por parte dos clientes a comunicação pode ser realizada por multicanais (WhatsApp, telefone, e.mail etc.)

Algumas dicas importantes maximizar as ações de divulgação:

  • ·        Redes sociais

Os perfis sociais, atualmente são os melhores meios de divulgação de serviços e profissionais. Explore ao máximo todos os canais de distribuição nas redes sociais – Facebook, LinkedIn, Instagram, Twitter e outros que promovem a visibilidade profissional e de serviços.

  • ·        Site Empresarial

O site é seu espaço individual para mostrar quem é você, seus serviços e diferenciais. Um site bem montado, com aspectos profissionais, pode engajar melhor seus potenciais clientes e passar confiabilidade. Seu site deve estar associado a todas as suas redes sociais. 

  • ·        Network

A melhor forma de aumentar sua rede é participar de feiras, palestras e encontros profissionais, mas lembre-se, o foco aqui é criar um vínculo profissional e nunca esqueça do seu cartão de visita.

  • ·        Patrocinar eventos para a comunidade

Para quem pretende atingir um novo publico ou reforçar a imagem da casa lotérica é importante estar próximo ao seu público. Participar e patrocinar eventos sociais irá aproximar a casa lotérica dos potenciais clientes.

  • ·        Multicanal de comunicação

O novo consumidor consegue comprar, vender e receber tudo o que deseja sem sair do sofá de sua casa, esta comodidade ocorre graças a internet e aos multicanais de comunicação. Invista em WhatsApp, Facebook e outras mídias para levar seus serviços até o cliente.

Invista tempo para conhecer todas as alternativas de divulgação. Os clientes e novas empresas e fornecedores, não irão até sua representação sem um esforço de divulgação. Atualmente existem inúmeras estratégias de divulgação gratuitas outras que podem ser feitas com baixo investimento. E lembre-se que não existe uma regra: o que funciona para um nicho de negócio, pode não funcionar para outro. Por isso, é importante planejar as ações e conhecer cada vez mais o público que se deseja atingir.

As informações fiscais e tributárias serão diferenciadas em decorrência da opção do regime tributário escolhido pelo empreendedor.

Exemplo 1: Casa Lotérica optante do SIMPLES Nacional

O segmento de CASA LOTÉRICA, assim entendido pela CNAE/IBGE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) 8299-7/06 como atividade de concessionárias de loterias e atividades de venda de bilhetes de jogos de sorte e apostas, poderá optar pelo SIMPLES Nacional – Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas ME (Microempresas) e EPP (Empresas de Pequeno Porte), instituído pela Lei Complementar nº 123/2006, desde que a receita bruta anual de sua atividade não ultrapasse a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) para micro empresa e R$ 4.800.000,00 (quatro milhões e oitocentos mil reais) para empresa de pequeno porte e respeitando os demais requisitos previstos na Lei.

Nesse regime, o empreendedor poderá recolher os seguintes tributos e contribuições, por meio de apenas um documento fiscal – o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), que é gerado no

Portal do SIMPLES Nacional:

  • IRPJ (imposto de renda da pessoa jurídica);
  • CSLL (contribuição social sobre o lucro);
  • PIS (programa de integração social);
  • COFINS (contribuição para o financiamento da seguridade social);
  • ISS (imposto sobre prestação de serviços)
  • INSS (contribuição para a Seguridade Social relativa à parte patronal).

Conforme a Lei Complementar nº 123/2006 e alterações, este ramo de atividade é tributado pelo anexo III do SIMPLES Nacional e as alíquotas variam de 6% a 33%, dependendo da receita bruta auferida pelo negócio. No caso de início de atividade no próprio ano-calendário da opção pelo SIMPLES Nacional, para efeito de determinação da alíquota no primeiro mês de atividade, os valores de receita bruta acumulada devem ser proporcionais ao número de meses de atividade no período.

Exemplo 2: Casa Lotérica NÃO optante do SIMPLES Nacional

Alguns empreenderes podem não optar pelo Simples Nacional, ou o tipo de atividade não é permitido, veja o anexo do Comitê Gestor do Simples Nacional – Resolução CGSN nº 119, de 19 de dezembro de 2014

Para estes casos há os regimes de tributação abaixo:

1 – Lucro Presumido: É a apuração do tributo sobre o lucro que se presume através da receita bruta de vendas de mercadorias e/ou prestação de serviços. Trata-se de uma forma de tributação simplificada utilizada para determinar a base de cálculo dos tributos sobre o lucro das pessoas jurídicas que não estiverem obrigadas à apuração pelo Lucro Real. Nesse regime, a apuração dos tributos é feita trimestralmente.

A base de cálculo para determinação do valor presumido varia de acordo com a atividade da empresa. Sobre o resultado da equação: Receita Bruta x 32%, aplica-se as alíquotas de:

IRPJ – 15%.Poderá haver um adicional de 10% para a parcela do lucro que exceder o valor de R$ 20 mil, no mês, ou R$ 60 mil, no trimestre, uma vez que o imposto é apurado trimestralmente;
CSLL – 9%.Não há adicional de imposto.

Ainda incidem sobre a receita bruta os seguintes tributos, que são apurados mensalmente:

PIS – 0,65%sobre a receita bruta total;
COFINS – 3%sobre a receita bruta total.

2 – Lucro Real: É o cálculo do tributo sobre o lucro líquido e a empresa realmente obteve no período de apuração, ajustado pelas adições, exclusões ou compensações estabelecidas em nossa legislação tributária. Este sistema é o mais complexo, mas poderá ser mais vantajoso em comparação com lucro presumido e por isso, deverá ser bem avaliado por um contador. As alíquotas para este tipo de tributação são:

IRPJ – 15%.Sobre a base de cálculo (lucro líquido). Haverá um adicional de 10% para a parcela do lucro que exceder o valor de R$ 20 mil, multiplicado pelo número de meses do período. O imposto poderá ser determinado trimestralmente ou anualmente;
CSLL – 9%.determinada nas mesmas condições do IRPJ;

Ainda incidem sobre a receita bruta os seguintes tributos, que são apurados mensalmente:

PIS – 1,65%sobre a receita bruta total, compensável;
COFINS – 7,65%sobre a receita bruta total, compensável.

Incidem também sobre a receita bruta o imposto municipal:

– ISS – Calculado sobre a receita de prestação de serviços, varia conforme o município onda a empresa estiver sediada, entre 2% e 5%.

Além dos impostos citados acima, sobre a folha de pagamento incidem as contribuições previdenciárias e encargos sociais (tanto para o lucro real quanto para o lucro presumido):

  • INSS – Valor devido pela Empresa – 20% sobre a folha de pagamento de salários, pró-labore e autônomos;
  • INSS – Autônomos – A empresa deverá descontar na fonte e recolher entre 11% da remuneração paga ou creditada a qualquer título no decorrer do mês a autônomos, observado o limite máximo do salário de contribuição (o recolhimento do INSS será feito através da Guia de Previdência Social – GPS).
  • RAT – Risco de Ambiente do Trabalho – de 1% a 3% sobre a folha de pagamento de salários dependendo do grau de risco da atividade econômica, recolhida junto com a guia de INSS.
  • INSS Terceiros – Contribuições Sociais recolhidas junto com a guia de INSS, calculada sobre a folha de pagamento com alíquota entre 0,8% a 7,7% dependendo da atividade econômica, destinadas aos serviços sociais e de formação profissional tais como: SESI, SESC, SENAI, SEBRAE, Incra, dentre outros.
  • FGTS – Fundo de Garantia por tempo de serviço, incide sobre o valor da folha de salários a alíquota de 8%.

Recomendamos que o empreendedor consulte sempre um contador, para que ele o oriente sobre o enquadramento jurídico e o regime de tributação mais adequado ao seu caso.

A busca constante por melhorias nos processos produtivos, por informações sobre o segmento, sobre novas tecnologias, bem como informações sobre consumo, produção e políticas públicas setoriais devem fazer parte das práticas de gestão dos empreendedores de qualquer setor. A atualização é uma atividade que deve ocorrer constantemente, pois novas informações surgem a cada momento. Os eventos são locais onde as novidades emergem.

Para este segmento seguem algumas sugestões de eventos importantes:

A feira será uma excelente oportunidade para fechar novos negócios e estar totalmente atualizado com o que há de mais novo no mundo empresarial.

Selecionamos alguns dos eventos importantes para o segmento de representação comercial, é fundamental que o empreendedor, procure eventos, feiras e palestras que agreguem valor ao seu negócio e aos profissionais envolvidos.

Destaca-se a Circular 745 de 26 de janeiro de 2017, o Manual Conceitual para padronização das Casas Lotéricas e todas as demais normas já citadas no presente documento. 

O segmento de casa lotérica, evoluiu e conhecer os principais termos e ou neologismos criados para o negócio é importante para manter-se atualizado.

Nos links abaixo o empreendedor conhecerá as principais referências do setor: 

Faça um planejamento para o negócio visando o desenvolvimento e crescimento deste, para isso destacamos os seguintes pontos a serem trabalhados:

  • Praticidade e otimização dos serviços prestados na casa lotérica

Não se limite ao básico, faça mais, surpreenda o cliente que usar dos serviços de sua casa lotérica. Como sua vantagem é ser prático, procure ser mais prático que os concorrentes, ou seja, ofereça uma prestação de serviço rápida e eficaz.

  • Invita em estrutura para satisfação do cliente da casa lotérica

Pense em oferecer serviços adicionais aos clientes que estão na fila, algumas sugestões é investir em cafezinho, Tv sempre ligada, até mesmo sala de espera com senhas de acesso. Este momento desagradável da fila tem ser minimizado ou torna-lo menos estressante.

  • Atendimento com velocidade e qualidade

Qualidade e velocidade demonstram que sua casa lotérica é organizada e tem equipe treinada para atender o cliente.

  • Procure fidelizar o cliente com ações de pós-venda

A remessa de cartões de aniversário, comunicação de novos serviços e novos produtos ofertados, contato telefônico para lembrar os eventos e as atividades que podem trazer benefícios aos clientes.

  • Aposte em uma estratégia de marketing

Inclua análise diagnóstico, análise SWOT, definição de objetivos, opções estratégicas, marketing-mix e plano financeiro.

  • Diversifique seu mix de produtos e agregue valor

Apresente ao seu cliente vantagens e benefícios. Diversifique seu mix e área de atuação com novas serviços.

  • Conheça os pontos fortes e a melhorar de sua lotérica

Analise diariamente todas as ações e processos da casa lotérica, converse com clientes e funcionários, analise todos os pontos positivos e a melhorar. O segredo é conquistar novas vantagens para sua lotérica se destacar ainda mais

Mesmo que a opção seja uma pequena representação comercial, é fundamental colocar em pratica todos os itens destacados, isso permitirá maior velocidade nas decisões, reduzirá as possibilidades de erro e com certeza aumentará as chances de sucesso.

O empreendedor que deseja montar uma casa lotérica, precisa possuir características relacionadas às funções que serão exigidas no dia a dia do negócio.

1 – Características que diferenciam um empreendedor do segmento de casas lotéricas:

  • Ter equilíbrio pessoal diante de situações inesperadas;
  • Experiência ou conhecimento de todos os produtos e serviços de uma casa lotérica;
  • Ser ético e agir com base e valores pessoais;
  • Ter empatia e identificar-se com o cliente;
  • Capacidade de liderar equipes;
  • Capacidade de planejar e gerir atividades técnicas;
  • Conhecimento e habilidades administrativas;
  • Conhecimento em técnicas comerciais e de marketing;
  • Capacidade de estabelecer vínculos com os clientes;
  • Conciliador entre apresentação técnica e utilização pratica.

2 – Para um bom atendimento ao cliente e prestação de serviços á importante observar as seguintes características:

  • Ter carisma pessoal;
  • Comunicar-se de forma clara e objetiva;
  • Preocupar-se com questões que envolvem o bem-estar do cliente;
  • Ser cordial em todos os momentos do atendimento

3 – Para uma boa administração são competências fundamentais:

  • Cumprir compromissos funcionais;
  • Assiduidade e pontualidade;
  • Compromisso com prazos e tarefas;
  • Disponibilidade de tempo para reuniões de planejamento;
  • Disposição para organizar e documentar as informações de clientes.

Um empreendedor “saberá aprender o que for necessário para a criação, desenvolvimento e realização de sua visão”. (DOLABELA, 1999 p. 70). Considerando-se esta afirmativa, percebe-se em qualquer área que se deseje atuar é preciso estar disposto a aprender. Para aumentar as chances de sucesso é fundamental que o empreendedor desenvolva as competências e habilidades relacionadas ao negócio. 

 
 

Tem um dúvida sobre a sua ideia? Experimente fazer uma pergunta para a nossa comunidade.

Explore outras ideais de negócios em sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga