CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como montar seu negócio sem sair de casa?

Como montar seu negócio sem sair de casa?

Investir em marmita fitness para vender pode ser uma ótima oportunidade de negócio.

Com a correria do dia a dia, muitos são os trabalhadores que procuram refeições prontas, já que eles não têm tempo de cozinhar em casa.

A praticidade, porém, não é desculpa para abrir mão de refeições saudáveis.

Só que não basta preparar salada no pote e sair vendendo de porta em porta. Como em qualquer empreendimento, é necessário planejar a produção e a venda dos produtos de alimentação saudável. Essa medida garante o retorno financeiro e a prosperidade da marca.

Além de ser um estilo de vida, as marmitas fitness também representam uma oportunidade de ganhar dinheiro.

De acordo com dados do Ministério da Economia, o número de empresários do ramo de alimentação para consumo domiciliar cresceu 130% nos últimos cinco anos.

Enquanto um grupo de consumidores busca marmitas frescas e prontas para consumo, outro grupo tem interesse nas marmitas congeladas e capazes de atender necessidades específicas de uma dieta.

Como preparar marmita fitness para vender

As populares quentinhas são refeições prontas que vêm acondicionadas em embalagens térmicas.

O cliente pode ir à sede da empresa e entregar uma marmita vazia, para que ela retorne cheia instantes depois. Outra opção é o marmitex descartável, geralmente feito em alumínio.

Tenha você um endereço fixo para atendimento ao público ou, então, um serviço de delivery, é importante tomar alguns cuidados.

Confira os principais:

1 – Estude sobre esse tipo de negócio

A marmita fitness é um tipo de produto que faz sucesso entre as pessoas que buscam um estilo de vida saudável. Para aumentar as suas chances de ter sucesso com o negócio, é muito importante conhecer o mercado e se inspirar em empresas que já atuam no segmento. Além disso, também vale a pena fazer investir numa qualificação.

O curso de marmitas fitness, online ou presencial, geralmente aborda as técnicas de definição de cardápio, organização da compra dos ingredientes e passo a passo da montagem das marmitas. Outra fonte de aprendizado para quem vai iniciar no segmento de marmitas é o Youtube.

2 – Conheça as necessidades do público

Existem diferentes cardápios fitness. Há pratos pouco calóricos, voltados às pessoas que querem emagrecer.

Outras dietas contêm mais proteínas e carboidratos de baixo índice glicêmico, pois o objetivo dos seguidores é ganhar massa muscular.

Antes de definir qual será o perfil da sua empresa, cabe analisar quem será o público-alvo. Frequente as academias do bairro.

Converse com alunos e instrutores. Tente identificar o estilo de vida e o tipo de alimentação adotado por essas pessoas para saber quais produtos terão mais saída.

3 – Junte dinheiro para investir

Depois de estudar bem esse modelo de negócio, você precisa juntar dinheiro para preparar as primeiras receitas de marmitas fítness.

O investimento inicial para a compra dos ingredientes gira em torno de R$5 mil.

Para os empreendedores que estão começando, a dica é aproveitar as promoções nos supermercados para comprar os ingredientes.

Depois, com base nisso, o cardápio da semana pode ser definido.

4 – Monte um cardápio de marmitas fitness atrativo

Fazer marmita fitness congeladas para vender vai além da mera comida saudável. É preciso pesquisar receitas novas para oferecer opções atrativas.

O segredo está em unir valor nutricional, aparência e sabor. Os culinaristas são unânimes em dizer que comemos não só com a boca, mas também com os olhos e o nariz.

As refeições devem ser prazerosas a todos os sentidos do corpo.

Se você não tiver formação na área, contrate um nutricionista para elaborar as combinações ideais de ingredientes.

Veja, abaixo, algumas combinações para marmita fit:

  • Picadinho, batata doce assada, vagem e champignon;
  • Sobrecoxa com grão de bico, mix de pimentão e arroz integral;
  • Escondidinho de batata doce com recheio de frango;
  • Carne moída, purê de mandioquinha e brócolis;
  • Carne de panela e mix de legumes;
  • Filé mignon com couve refogada e purê de baroa;
  • Frango com quiabo e arroz integral;
  • Frango desfiado com alho poró, mix de legumes e arroz integral;
  • Bife a rolê, arroz integral e tomate refogado;
  • Salmão com arroz e brócolis;
  • Filé de peixe, arroz integral e molho branco;
  • Cubos de frango com molho de mostarda e mix de legumes;

Ao elaborar o seu cardápio, você pode trabalhar com diferentes categorias de produto: marmitas com carbo, low carb, veganas, caldos e sucos detox, por exemplo.

Outra dica é vender pacotes de refeições, com kits semanais ou mensais.

5 – Cuide das embalagens

Tenha o cuidado de escolher embalagens resistentes e que podem ser usadas no micro-ondas.

Outro detalhe importante é incluir etiquetas com informações sobre cada produto (peso, composição e validade).

6 – Organize o esquema de entregas

Veja o que é vantajoso para seu público-alvo. Se você morar numa região de fácil acesso, talvez possa produzir as quentinhas em casa e vendê-las ali mesmo. Caso seus clientes não consigam se deslocar, é provável que prefiram um serviço por encomenda ou tele entrega.

Cada uma dessas modalidades exige um esquema diferente de produção.

Deve-se pensar na contratação de equipe, na compra ou no aluguel de um veículo que comporte os marmitex, nos horários de saída e no roteiro que o entregador fará todos os dias.

Inclua no cálculo, ainda, o próprio período de preparo dos alimentos.

7 – Regularize o empreendimento

Qualquer negócio pode começar pequeno. Você mesmo pode se encarregar da produção e da entrega das encomendas.

No entanto, por mais amador e inicial que seja o serviço, a regulamentação é um passo importante.

Além de reconhecer firma e abrir uma empresa nos órgãos competentes do seu município, atente para as exigências da Vigilância Sanitária.

Alimentos devem ser preparados em ambientes limpos e acondicionados em lugar adequado, como um freezer industrial.

8 – Use a tecnologia a seu favor

A venda de marmitas é um mercado que pode fazer bom uso das redes sociais, principalmente Facebook, Instagram e WhatsApp.

Esses canais servem para divulgar o cardápio e receber os pedidos. Marcar presença em aplicativos de entrega também é uma opção que deve ser considerada.

E então: quer encarar o desafio de fazer marmita fitness para vender?

CONHEÇA UM TREINAMENTO ONLINE QUE VAI TE MOSTRAR O PASSO A PASSO ESSE NEGÓCIO DE MARMITA FITNESS

Clique no botão abaixo e saiba mais

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Comentários ( 4 )

  1. Olá respostas sebrae,tudo bem?Quer aprender mais sobre marmitas fit?
    Como ir às compras? preparar os alimentos? Cozinhar as mais deliciosas e saudáveis receitas? Vender através de redes sociais?
    Acesse o link e aproveite: https://bit.ly/aprendermarmitafitsaude

  2. Aprenda a Montar seu Próprio Negócio de Marmitas FIT em casa e ganhe de 4 a 12 mil por mês!!

    Acesse esse link e aproveite: https://bit.ly/aprendaramontarseunegociodemarmitafit

  3. Aprenda a Montar seu próprio negócio de marmitas fit, em casa podendo ganhar de 2 mil a 4 mil reais por mês, trabalhando 1 ou 2 dias por semana.

    Acesse o link abaixo:

    http://abre.ai/fitmarmitas, 

  4. Aprenda a Montar seu próprio negócio de marmitas fit.

    Acesse o link abaixo:

    http://abre.ai/fitmarmitas

    Obs: Podendo ganhar de 2 mil a 4 mil reais por mês, trabalhando 1 ou 2 dias por semana em casa.

Deixe um comentário

Sobre Wellington CoutinhoBoas respostas

ola meu nome é Wellington sou micro empreendedor e gosto muito do Sebrae, sempre que precisei de ajuda eles sempre foram solícitos ao me ajudar um grande abraço a essa equipe maravilhosa.

Me siga