CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como funciona o empreendedorismo colaborativo?

Como funciona o empreendedorismo colaborativo?

De uns tempos para cá, vimos muitas empresas abrirem e fecharem as portas por problemas que o dono não conseguiu resolver. São diversas ideias jogadas fora por ano, e uma série de negócios oferecendo o mesmo tipo de serviço, como ocorre na odontologia com procedimentos como o clareamento dental. Talvez esses problemas poderiam ser facilmente solucionados com a colaboração de outras pessoas no comando da empresa ou de empresas parceiras.

É essa a solução do empreendedorismo colaborativo e é esse o seu fator de destaque perante ao individualismo que domina o mercado. Esse recurso, surpreendentemente vem da internet, sendo uma das ramificações das diversas maneiras de se comunicar e das diversas plataformas de relacionamento.

Formas de empregar o empreendedorismo colaborativo

Círculos colaborativos

A falta de motivação, de apoio e o medo de que os projetos idealizados sejam irrelevantes ao público são angústias comuns entre os empreendedores iniciantes. Entretanto, a tecnologia está favorecendo ainda mais a colaboração entre empreendedores e o círculo colaborativo. Com a ajuda da tecnologia o empreendedor é capaz de montar um círculo que componha 4 ou 5 negócios de mesmo nicho e que possuam metas similares. Cada componente do círculo é privilegiado pelas ideais dos demais integrantes, fazendo com que todos sigam as mesmas estratégias de crescimento.

A consequência dessa ação é que os empreendedores partilham as suas experiências, sejam elas boas ou ruins, fazendo com que o apoio que faltava no início se mostre presente nessa nova fase. Há também com essa colaboração as divulgações entre si e o aprendizado mútuo. O empreendedorismo quando realizado de forma colaborativa ajuda a distribuir a ideia de que empreendedores são capazes de contribuir entre si. A chance de ser membro de um círculo corporativo é de grande importância para o crescimento da empresa, da otimização da forma do empreendimento e para obter um crescimento exponencial em um curto período de tempo em comparação ao crescimento individual.

Ambientes colaborativos

O coworking está relacionando pessoas e diferentes projetos ao redor do mundo, fazendo com que haja o melhor compartilhamento de recursos e experiências, assim como a afirmação de uma série de parcerias. Entretanto, certos coworks estão se tornando ainda mais colaborativos, se baseando em projetos que se complementam e partilham grande parte do negócio, indo do espaço a ideologia. Um dos melhores exemplos estão aqui mesmo no Brasil, que é o caso da Goma, que visa se tornar um laboratório de fomento ao empreendedorismo digital, em que a gestão do espaço é horizontal.

Liderança colaborativa

As empresas, não somente as microempresas, influenciadas pela complexidade da economia, estão em processo de transformação perante as formas de liderança, saindo da tradicional e se voltando a uma alternativa mais democrática e horizontal. Esta junção da liderança a forma colaborativa, em cada componente da equipe é convocado para discutir as decisões mais importantes dando um maior poder de intervenção a todos os participantes da empresa. Essa intervenção faz com que os funcionários conheçam mais a fundo a empresa em que trabalham e comecem a participar mais ativamente em seu crescimento. É com essa maior autonomia e satisfação dos funcionários que se instiga a sua criatividade e a sua vontade de inovar.

Crowdsourcing

O crowdsourcing não é algo novo, sites como o Wikipédia e o Linux são grandes exemplos desse tipo de colaboração em que todos podem contribuir virtualmente na formação de algo maior. Atualmente, a ideia do crowdsourcing vai além de juntar várias informações e conteúdos, indo até a obtenção de feedback sobre a sua prestação de serviço e a lançamento de desafios inovadores sólidos e de possível resolução. Essa inovação livre ao público possibilita que as empresas tenham acesso ao input de várias pessoas, podendo captar ainda a participação de indivíduos de fora da área abrangente.

Crowdfunding

O financiamento também é capaz de ser feito por colaboração. Existem uma série de plataformas crowdfunding que são motivadas por um projeto almejado, por uma causa social, o que almeja ver sendo executada. Essas iniciativas são divulgadas e estão abertas para que o público realize uma doação, o que permite que empreendedores que não possuem dinheiro para investir receba o apoio de pessoas que acreditam na sua ideia.

Estes são alguns dos vários exemplos de oportunidades colaborativas para você realizar o seu investimento. A colaboração pode ser a solução de tirar todos os seus planos do papel, não se feche em seus próprios projetos, saber reconhecer quando precisa de ajuda é essencial para conseguir manter um negócio solidificado.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Vinicius CalazansBoas respostas

Estratégias e planejamento para mídias digitais. Especialista em campanhas publicitárias e criação de conteúdo para redes sociais, marketing de conteúdo, especialista em otimização de busca para o Google e outros buscadores. Estratégias para aumentar posicionamento de websites para a primeira página do Google. Desenvolvimento de campanhas publicitárias no Facebook, Google, Instagram, Twitter, Pinterest e Youtube. Campanha orgânica, links patrocinados e e-mail marketing. SEO, Google ADS. Controle de posicionamento da marca com base nos 4P's do marketing, suporte e criação de conteúdo para vídeos. Elaboração de relatórios de análise para mídias digitais com controle e planos de ação de acordo com as oscilações do público da marca.

Me siga