CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como funciona a energia solar?

Como funciona a energia solar?

Nessa breve postagem explicaremos como a captação de energia do sol funciona, e também a conversão dela em eletricidade para consumo em residências, empresas, fábricas, áreas públicas, sistemas de irrigação e muitos outros fins.

Nosso sol é um reator nuclear natural. Ele libera minúsculos pacotes de energia chamados fótons, que viajam os 93 milhões de quilômetros desde o Sol até o nosso planeta Terra em cerca de 8,5 minutos. A cada hora, fótons suficientes impactam nosso planeta para gerar energia solar suficiente para satisfazer teoricamente as necessidades globais de energia por um ano inteiro.

Atualmente, a energia fotovoltaica representa apenas 1,2% da energia produzida no Brasil. Mas a tecnologia solar está melhorando e o custo da energia solar está caindo rapidamente, portanto nossa capacidade de aproveitar a abundância de energia solar está aumentando.

Mas como ocorre a geração de energia solar?

Quando os fótons atingem uma célula solar, eles soltam os elétrons de seus átomos. Se os condutores estão conectados aos lados positivo e negativo de uma célula, ele forma um circuito elétrico. Quando os elétrons fluem através desse circuito, eles geram eletricidade. Várias células compõem um painel solar, e vários painéis (módulos) podem ser conectados juntos para formar um painel solar. Quanto mais painéis você puder implantar, maior a superfície coberta, mais energia poderá gerar.

Os painéis solares fotovoltaicos são compostos de muitas células solares. As células solares são feitas de silício, como semicondutores. Eles são construídos com uma camada positiva e uma camada negativa, que juntos criam um campo elétrico, exatamente como em uma bateria.

Os painéis solares fotovoltaicos geram eletricidade de corrente contínua (CC). Com a eletricidade DC, os elétrons fluem em uma direção ao redor do circuito. Este exemplo mostra uma bateria alimentando uma lâmpada. Os elétrons se movem do lado negativo da bateria, através da lâmpada, e retornam ao lado positivo da bateria.

Com eletricidade AC (corrente alternada), os elétrons são empurrados e puxados, revertendo periodicamente a direção, muito parecido com o cilindro do motor de um carro. Os geradores criam eletricidade AC quando uma bobina de fio é girada ao lado de um ímã. Muitas fontes de energia diferentes podem “virar a alavanca” desse gerador, como gás ou diesel, hidroeletricidade, energia nuclear, carvão, vento ou energia solar.

O que um inversor solar faz?

Um inversor solar pega a eletricidade DC do painel solar e a utiliza para criar eletricidade AC. Os inversores são como os cérebros do sistema. Juntamente com a inversão de energia CC para AC, eles também fornecem proteção contra falta à terra e estatísticas do sistema, incluindo tensão e corrente nos circuitos AC e CC, produção de energia e rastreamento máximo do ponto de energia.

E a energia que não for consumida?

Não se preocupe, você ainda se beneficia através de um sistema chamado “medição de rede”.

Um sistema fotovoltaico típico ligado à rede, durante o horário de pico do dia, freqüentemente produz mais energia do que o cliente precisa, de modo que o excesso de energia é devolvido à rede para uso em outros lugares. O cliente recebe crédito pelo excesso de energia produzida e pode usá-lo para obter da rede convencional à noite ou em dias nublados. Um medidor líquido registra a energia enviada em comparação com a energia recebida da rede.

 

Fonte: Como funciona a energia solar?

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Fábio W.Novo na comunidade