Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

COMO FAZER UM PEQUENO NEGÓCIO PROSPERAR COM POUCO INVESTIMENTO INICIAL

COMO FAZER UM PEQUENO NEGÓCIO PROSPERAR COM POUCO INVESTIMENTO INICIAL

Quando se pensa em sustentabilidade, abundam ideias excelentes e falta dinheiro para colocá-las em prática. Como driblar as dificuldades e construir sucesso?

Assista o vídeo com a primeira parte da entrevista de Viviane Noda que fala sobre como tirar uma ideia de negócio do papel mesmo se você não tem dinheiro.

Se preferir, pode ouvir o podcast com o trecho da entrevista.

Empresas com propósitos excelentes e capital inicial insuficiente são uma realidade. Como lidar com isso? Essa pergunta difícil é respondida, quase diariamente, pela especialista em pequenos negócios regenerativos Viviane Noda. Formada em marketing pela ESPM, especialista em Negócios Sociais e colaboradora na YAM, ela orienta empresas a vencer os primeiros obstáculos na jornada do sucesso empresarial.

Embora ofereça consultoria para grandes e médias empresas, até mesmo multinacionais, o foco nas pequenas empresas se justifica por variados motivos, entre eles a possibilidade de trabalhar com nichos.

“A marca pequena permite uma oferta mais personalizada para a clientela e, ao mesmo tempo, uma comunicação facilitada a respeito dos propósitos”.

Muitas empresas procuram especialistas em momentos de baixa do negócio ou quando sentem que não estão “saindo do lugar”. Se sua empresa passa por um momento parecido, veja a segunda parte da entrevista de Viviane Noda no link.

Se preferir, pode ouvir o podcast com o mesmo trecho da entrevista.

“Se a empresa tem uma pegada sustentável, voltada para consumidores que têm a preocupação de preservar o planeta, você consegue mostrar isso. Se o negócio é no setor da moda, podemos começar trabalhando na própria região, desenvolvendo um trabalho de relacionamento com o cliente”, conta a consultora.

Assista a terceira parte da entrevista em que Viviane Noda fala da sustentabilidade como um valor que seu negócio deve abraçar. Diversas pesquisas mostram que o fator “sustentabilidade” de uma marca pesa na decisão final de compra dos clientes. Então o momento é apostar em práticas que vão fortalecer o conceito de cuidado com o meio ambiente.

Se preferir, pode ouvir o podcast com o mesmo trecho da entrevista.

Ela ressalta que as pequenas empresas enfrentam, de saída, dificuldades como pouca capacidade de investimento inicial e necessidade de lidar com burocracia, mas destaca que as ideias geniais têm que ser capazes de vencer obstáculos, inclusive os mais simples, como uma internet ruim.

“Para ilustrar esse turbilhão de coisas a vencer, um bom exemplo é o das embalagens comestíveis, produzidas a partir de plantas. É um mercado promissor mas a barreira está na dificuldade de acesso a investidores e consequente falta de verbas para divulgar o produto”, diz ela. 

Entre as sugestões da especialista, ir devagar é o ritmo indicado para os primeiros passos, sendo que a jornada inicia com muito estudo. “Faça muitas perguntas”, aconselha Viviane. “Onde estou localizado? Há interesse no negócio que penso oferecer? Ou ele já existe, e como está o mercado?” Esse passo inicial é o estudo de viabilidade.

Na sequência, o conselho é conversar muito. Falar com fornecedores, contar a sua ideia para familiares e amigos, escutar as dúvidas que eles apresentam e descobrir como poderá fazer para contornar as questões levantadas. “Enquanto o negócio vai caminhando, você já vai construindo o seu storytelling”, frisa a especialista. 

“Ao final desse processo você terá um modelo sob medida para o seu local, sua realidade financeira, seu público”. Aí, sim, chegou o momento de comunicar a sua ideia genial ao mundo, “mas sempre em pequena escala”, como destaca Viviane.

Que tal começar a vender por encomenda? Assim, você não precisa arcar com grandes custos e perdas de produção em massa. “Testar seu espaço no mercado é uma grande estratégia inicial”, defende a consultora, para quem muitas das empresas que fecham suas portas logo após abrir poderiam evitar a quebra se tivessem optado por “fazer aos poucos, e não tudo de uma vez”, como ela diz.

A pandemia trouxe muitas marcas pequenas, nos passos iniciais ou com o desejo de se reinventar abraçando um viés regenerativo. Viviane conta que começa fazendo perguntas: “o que que você faz”, o “o que é que você vende”. Se o empreendedor consegue responder de forma simples, rápida e fácil, aí é possível dar continuidade aos encontros passando por todas as áreas: venda, financeiro, divulgação, parceria, marketing. 

Um tema central de conversas, ainda, é o propósito da marca. Para Viviane, hoje o foco é nas empresas que querem fazer diferença no mundo. A crise climática tocou as pessoas e elas passaram a se informar melhor sobre os processos por trás da produção e distribuição do que escolhem adquirir. “Quem tem poder de escolha prefere marcas que pensam no momento de transição”, diz ela.  

Grandes empresas têm poder de barganha, por comprarem em grande quantidade, enquanto a marca pequena compra em menor quantidade e vai ter que pagar mais caro. “Trago um exemplo do processo de mentoria que faço: se existe uma empresa de compostagem localizada no mesmo bairro em que há outras empresas que também fazem gestão de resíduos, é importante conversar e descobrir quais os insumos que todas precisam comprar. Se todos necessitam de sacola plástica feita de mandioca, conseguem realizar uma compra em escala e pagar menos. Vivemos em um momento de olhar para o próximo não como concorrente, mas como um possível parceiro. Isso significa redução de custos e aprendizado”, resume.

Veja o quarto e último vídeo com a entrevista de Viviane Noda sobre como começar a divulgar seu negócio e ter um retorno dos caminhos escolhidos a partir das pessoas que estão ao seu redor – família, amigos etc – ou que estão nas suas redes online mais próximas.

Se preferir, pode ouvir o podcast com o mesmo trecho da entrevista. 

Já conhece o Centro Sebrae de Sustentabilidade (CSS)? É a unidade de referência nacional do Sistema Sebrae responsável pela mudança de paradigma do séc XXI

Veja no vídeo as soluções do Sebrae para tornar a sua empresa mais sustentável.

Telegram


Parar ver mais dicas e novidades participe da NOVA COMUNIDADE
SEBRAE IDEAS DE NEGÓCIO, no Telegram.

Acesse e conheça todas as comunidades,
uma delas fala sobre o seu negócio!

Sebrae

Sebrae

Sebrae
Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade.
Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas?
Acesse:
http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

You must login to add a comment.

Posts relacionados