CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como empreender na terceira idade?

Como empreender na terceira idade?

A aposentadoria parece uma realidade muito distante nos tempos atuais, não é? Ela pode ser a representação de um grande sonho para alguns, a estabilidade de outros e até um pesadelo para aqueles que não gostam de ficar parados. 

Afinal, não ter hora certa para acordar, comer e conseguir realizar as tarefas diárias com mais calma, é a idealização de paraíso para muita gente. Mas, para uma boa parcela da população, a falta de um propósito semanal pode levar a depressão ou até mesmo aos vícios. 

Com o objetivo de atribuir mais funcionalidade nessa fase, muitas pessoas tem investido no empreendedorismo na terceira idade. Para se ter uma ideia, segundo levantamento feito pela Global Entrepreneurship Monitor, 30% dos novos empreendedores têm entre 49 e 64 anos, enquanto 59% dos negócios globais são comandados por pessoas da terceira idade. 

Infelizmente, a aposentadoria pode ser uma grande ilusão. Com isso, empreender é a melhor opção para trabalhar com o que se gosta e obter uma fonte de renda extra. Por isso, dados apontam que a terceira idade brasileira movimenta cerca de R$ 1,5 trilhão ao ano. 

Afinal, profissionais constituídos nessa faixa etária são mais eficientes, experientes, focados em resultados e tão sonhadores quanto os mais jovens. Como podemos concluir, o empreendedorismo tem ganhado cada vez mais espaço na vida dos brasileiros da terceira idade, resultando em uma vida mais ativa, principalmente na aposentadoria. 

Existe, de fato, espaço no mercado para profissionais demonstrarem responsabilidade, competência e alto índice de qualidade – independente se for para atuar com tela de proteção ou em uma lojinha de artesanato. 

Caso você tenha mais de 50 anos e deseja alcançar sucesso no mercado, acompanhe os seguintes passos para criar um empreendimento de sucesso. 

Dicas para empreender na terceira idade:

De acordo com levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a população idosa, no Brasil, será de 30 milhões somente em 2020. 

Com isso, fica claro que a população idosa irá buscar novas oportunidades para empreender, não é mesmo?

1- Planeje o novo empreendimento 

Para que um empreendimento alcance o sucesso desejado, é preciso estimular um perfil empreendedor, conhecer o mercado de atuação e elaborar um bom plano de negócios. Desenvolva o projeto analisando ações futuras e aplique o seu conhecimento e experiência na área de interesse. 

A experiência e o conhecimento são ótimos aliados para desenvolver negócios e projetos de sucesso. A decisão de tirar uma empresa do papel deve estar alinhada com as vantagens e desvantagens que isso pode proporcionar. 

As características desempenhadas na terceira idade podem gerar valor em negócios de consultoria, assessoria e prestação de serviços. Em geral, pessoas que decidem empreender depois dos 60 anos podem trabalhar de forma autônoma, independente do setor escolhido. 

2- Estude

O conhecimento é a base de tudo. Contudo, estudar é importante para desenvolver habilidades na vida pessoal e profissional. Mais do que simplesmente somar os anos, é preciso chegar na terceira idade estimulando a mente e a saúde, para que fiquem sempre ativos. 

Antigamente, os estudos eram muito caros e disponíveis apenas a uma parte pequena da população. Agora, existem uma série de cursos online, workshops, oficinas e até os módulos de estudo a distância sobre as tendências do momento, fundamentais para auxiliar na criação do empreendimento e trazer mais praticidade ao dia a dia. 

3- Crie uma equipe com jovens

A idade contribui nos aspectos de negociação, pois os anos de experiência ajudam na finalização da venda. Entretanto, grandes organizações estão percebendo que mesclar uma equipe mais jovem pode ser um ponto muito vantajoso. 

Além disso, optar por jovens profissionais maduros e qualificados pode gerar negócios mais estáveis e, ao mesmo tempo, inovadores. Busque por jovens para integrar nos setores de tecnologia ou para complementar as técnicas em outras áreas. 

Não importa se for para trabalhar com lona de caminhão ou marketing, geralmente os jovens trazem soluções inovadoras para destacar qualquer negócio. Por isso, crie um espaço aberto a ideias e que desenvolva uma relação vantajosa para os dois lados. 

Em contrapartida, ter uma equipe mais jovem pode ser muito divertido, já que eles atribuem criatividade e novidades ao ambiente. 

4- Invista em tecnologia 

As transformações digitais vem impactando empresas de todo mundo e a sua não pode ficar por fora disso. Antes de pesquisar modelos mais antigos, avalie as novas tendências tecnológicas no Brasil e no mundo. 

Faça uma pesquisa cautelosa na internet e veja o que há de novo, bem como os novos softwares automatizados, robôs, e a Internet das coisas, que podem agir significativamente no alcance de resultados e automação dos processos. 

A Inteligência Artificial, por exemplo, é um sistema que custa menos do que você imagina. A implementação do sistema pode ajudar a organização nas atividades repetitivas, precisas e que exigem um pouco mais de força. 

Já imaginou que incrível reduzir o tempo da produção de um para raio? Atribuir a ele um design mais detalhado e sofisticado? Então, a Inteligência Artificial atua diretamente nisso. 

5- Aposte

Uma das maiores vantagens de entrar na terceira idade é a experiência com toda a trajetória de vida. Por isso, os idosos não tem tanto receios aos riscos e não focam apenas na rentabilidade do empreendimento. 

Aliás, empreendedores não precisam se preocupar tanto com o mantimento da sua família pois ela já está estabilizada. Então, essa segurança permite que o profissional arrisque cada vez mais, aumentando as chances de um empreendedor com mais de 60 anos ser mais bem-sucedido que um jovem empresário. 

Lembre-se: o dinheiro da aposentadoria deve ser guardado e não pode estar baseado nos passeios do final de semana. 

Como começar?

Passar por todas essas etapas é apenas o quesito básico para desenvolver um empreendimento. Afinal, empreender vai muito além de elaborar um plano de negócios e estudar o mercado de atuação. 

Claro, o conhecimento e a experiência são muito importantes para tirar a ideia do papel. Mas, além disso, é preciso consultar especialistas da área para garantir visibilidade e maturidade no desenvolvimento do negócio.

Além disso, você precisa identificar por onde deve começar. Por isso, uma boa conversa com um especialista pode esclarecer isso. 

Outro ponto importante na fundamentação de um negócio é a dedicação atribuída a ele. Afinal, investir suas ideias e orçamentos em um empreendimento exige esforço em qualquer idade. 

Aliás, há diversas pessoas cheias de ideias no mundo, mas é preciso muita dedicação e força de vontade para colocá-las em prática!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Beatriz‌ ‌Barros,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.‌

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Comentário ( 1 )

  1. DESCUBRA COMO COMEÇAR UM NEGÓCIO DIGITAL TRABALHANDO EM CASA USANDO A INTERNET VENDENDO PRODUTOS DIGITAIS E GANHANDO COMISSÕES! https://bit.ly/oMelhorTrabalhoDoMundo

Deixe um comentário

Sobre Luna BugattiEntrou no jogo


Me siga