CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como empreender em meio à crise?

Como empreender em meio à crise?

A pandemia gerada pelo novo coronavírus (Covid-19) afetou significativamente a economia do país. Com isso, muitos profissionais foram desligados de suas atividades ou tiveram seus salários reduzido, fato que os levou a buscar por outras fontes de renda e inovar. 

No entanto, é importante mencionar que a crise econômica pode deixar de ser uma vilã e se tornar uma oportunidade, especificamente para quem conta com a capacidade de gestão, inovação e, claro, diversificação nas áreas inseridas no contexto empresarial. 

Além disso, quando o mercado encontra-se em uma situação de instabilidade, naturalmente elimina as organizações que não oferecem bons produtos e serviços. O mesmo ocorre com empresas que não estão bem estruturadas ou que não são bem administradas. 

Em contrapartida, empreender na crise pode ser uma ótima oportunidade de gerar uma nova fonte de renda. Contudo, é preciso de criatividade, paciência e um estudo prévio de mercado. Então, confira, a seguir, 4 dicas básicas para empreender em meio a crise! 

1. Foque nas prioridades

Esse é o momento exato para organizar as prioridades. Por isso, elimine gastos supérfluos, repense os seus custos e atente-se ao que realmente é importante: a sua marca. 

Uma ótima alternativa nesse momento é apostar na alimentação e educação financeira. A alimentação, por sua vez, é uma necessidade constante. Já a educação é o meio mais eficiente de qualificação e, consequentemente, uma opção para contornar a crise. 

Dessa forma, é fundamental que você, empreendedor, busque refletir sobre o que você tem a oferecer para o consumidor. Com isso, é interessante se questionar: quais são os investimentos prioritários da minha empresa? Quais áreas eu consigo cortar gastos?

2. Busque novas oportunidades de investimento

É fato: as crises são grandes promissoras de oportunidades, inclusive para quem deseja investir. Geralmente, em situações de recessão econômica, os preços de ativos tendem a cair, como é o caso de imóveis, ações e até novas opções de decoração, como esquadrias de alumínio.

Não restam dúvidas que crises vêm e vão, certo? Por isso, embora os ativos apresentem preços baixos nesse momento, quando a crise passar certamente os seus investimentos estarão valorizados. 

3. Aplique as estratégias de marketing digital

Outra dica valiosa para quem pretende empreender: o marketing. Aliás, um dos maiores erros é cortar os investimentos nessa ferramenta, uma vez que ela é fundamental para captar novos clientes, alcançar o público com assertividade e, claro, aumentar as vendas. 

Além disso, é quase impossível falar sobre marketing digital sem mencionar o seu custo-benefício. 

Afinal, as suas estratégias custam menos que o marketing tradicional e, ainda, possuem uma alta capacidade de segmentação e alcance, principalmente em segmentos específicos, como indústrias de ímã de neodímio.

4. Organize as finanças 

Por fim, é importante destacar que ao abrir um empreendimento em meio a crise, é necessário adotar uma postura correta. Ou seja, organizar as finanças e aplicar a gestão financeira. 

Nesse sentido, a gestão financeira é imprescindível. Por isso, não abra mão do fluxo de caixa, de uma planilha de controle e, se for possível, conte com o auxílio de um software financeiro para controlar as receitas e despesas, mesmo as simples, como a compra com fornecedores de circuito impresso, entre outros.

Além do mais, é importante buscar a opinião de profissionais no assunto, uma vez que eles auxiliam na redução de falhas e na potencialização de oportunidades.

Agora que você já sabe Como empreender em meio à crise do Covid-19, o que acha de seguir essas dicas e ter sucesso? Gostou do post? Conta pra gente!

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Felipe SIlvaBoas respostas