CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como criar um plano de ação para o seu negócio

Como criar um plano de ação para o seu negócio

Você já criou um plano de ação para o seu negócio? Não? Pois deveria! Afinal, essa é uma ferramenta valiosa para proporcionar crescimento contínuo, motivar os colaboradores e trazer resultados a curto, médio e longo prazo. 

Um plano de ação consiste em uma metodologia criada para definir metas e objetivos, as atividades que devem ser realizadas, os responsáveis por cada um delas e, consequentemente, as estratégias necessárias para alcançar bons resultados. 

Nesse sentido, elaborar um plano de ação é uma atividade que todo gestor ou líder deve (e pode) desenvolver. No entanto, existe uma dúvida comum entre os empreendedores que adotam esse tipo de planejamento: como manter os funcionários engajados com a causa?

Para responder a essas e outras questões, preparamos este post para auxiliar você a preparar um plano de ação eficiente para o seu negócio. Boa leitura!

Passo a passo para criar um plano de ação

Como mencionamos anteriormente, um dos principais desafios de um plano de ação é conquistar os colaboradores e mantê-los engajados com a causa. 

A estrutura de um plano de ação deve seguir algumas etapas que, aliás, são ótimos cronogramas para a apresentação do plano de ação. Continue lendo para saber mais! 

1. Defina um objetivo 

Antes de mais nada, é preciso definir um objetivo, ou seja, onde você deseja chegar. Para isso, é fundamental considerar todo o planejamento estratégico da empresa, as ações e resultados obtidos nos últimos meses. 

Dessa forma, você, líder, deve guiar as ações seguindo os objetivos corporativos. Sendo assim, comece listando o desempenho da sua equipe, as atividades desenvolvidas e como os colaboradores contribuem com o alcance de resultados, mesmo que sejam tarefas industriais, como uma fritadeira elétrica industrial.

Portanto, o seu time irá saber como as atividades cotidianas interferem nos resultados e auxiliam na obtenção do retorno desejado. 

2. Crie metas mensuráveis 

Com o objetivo em mãos, o próximo passo é a criação de metas mensuráveis. Afinal, o objetivo de plano de ação precisa ser seguido a risca, uma vez que é responsável por atingir metas e resultados. 

Por isso, crie metas alcançáveis, que permitam a sua equipe visualizar tudo o que foi conquistado. 

Desse modo, terão tempo para corrigir falhas durante o percurso e qualificar os processos, ainda que estejam sendo desenvolvidos, como a correção de uma bomba centrífuga, entre outros. 

3. Liste as tarefas necessárias 

Outro passo fundamental para a construção de um plano de ação é a listagem de tarefas. Então, é necessário que todas as atividades a serem executadas sejam colocadas no papel e atribuídas a um responsável. 

Pensando nisso, converse com a sua equipe e liste todas as tarefas a serem realizadas. Comece com ordem de prioridade, como as atividades de corte a laser, entre outras. Essa é uma ótima maneira de ter um panorama geral dos departamentos e da organização. 

4. Estabeleça prazos

Sem estabelecer prazos, é possível que as atividades fujam do controle. Por isso, as tarefas devem contar com prazos pré-definidos, para que o colaborador se planeje melhor e tenha claro o seu desempenho. 

Portanto, com prazos definidos, o colaborador consegue se planejar melhor para a execução das suas atividades, priorizando conforme a importância ou nível de urgência. 

Dica extra: acompanhe as ações com frequência

Depois que o plano de ação estiver definido, é preciso acompanhar o desenvolvimento e os resultados com frequência. 

Então, cobre os colaboradores, peça relatórios e garante com que todos façam a sua parte. Nesse momento, você pode criar um cronograma de envio das atividades diárias, por exemplo. 

Por fim, acompanhe as atividades, os prazos, evite imprevistos e crie cronogramas gerais e individuais. Essa é uma ótima maneira de acompanhar o desempenho do seu plano de ação. 

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Beatriz‌ ‌Barros,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.‌ 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Luna BugattiEspecialista


Me siga