CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como calcular o retorno que sua empresa terá no longo prazo

Como calcular o retorno que sua empresa terá no longo prazo

O cálculo do ROI depende dos investimentos atualmente realizados, da taxa de crescimento do lucro esperado e da taxa de retorno utilizada para o cálculo
Foto: Dreamstime
Como calcular o retorno que sua empresa terá no longo prazo?
Respondido por Rodrigo Zeidan, especialista em finanças
O maior problema de quem começa uma pequena empresa
é se envolver muito no cotidiano dela e se esquecer de planejar o
crescimento de médio e longo prazo. Um dos pilares para o crescimento é o
planejamento, mas o ato de planejar é normalmente deixado de lado pela
avalanche de problemas diários de uma empresa.
Para um planejamento eficaz, uma das variáveis mais importantes é o
retorno sobre o investimento, ou seja, o quanto a empresa vai receber
por executar um projeto de investimentos. O retorno sobre o investimento
é fundamentalmente uma relação entre lucro e investimento, ou seja, a
equação é ROI = Lucro/Investimento.
O problema em mensurar isso na prática é o descasamento de prazos:
primeiro se investe e só depois o investimento retorna para a empresa em
forma de lucro. Para se medir o ROI de longo prazo, é necessário levar
em consideração o valor do dinheiro no tempo.
Para saber quanto o empresário receberá no médio e longo prazo por seus
investimentos, são necessários dados sobre três parâmetros: os
investimentos atualmente realizados, a taxa de crescimento do lucro
esperado e a taxa de retorno utilizada para o cálculo.
Somente a perspectiva de crescimento da empresa pode informar ao
empresário sobre a rentabilidade de médio prazo. Para isso, algumas
perguntas precisam ser respondidas: quanto a empresa deve crescer nos
próximos anos? Quanto está sendo investido? A margem de lucro vai se
manter no médio prazo? A empresa entrará em novos mercados?
O empreendedor precisa reservar um tempo no dia-a-dia para planejar
estrategicamente o crescimento da empresa, responder a essas perguntas,
pois só assim será capaz de determinar as variáveis para o cálculo do
retorno de médio e longo prazo.
* Rodrigo Zeidan é especialista em finanças e professor da Fundação Dom Cabral
Fonte: Exame
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae