CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como as micros e pequenas empresas ganham investindo em ações sociais ?

Como as micros e pequenas empresas ganham investindo em ações sociais ?

Responsabilidade Social de empresas

Atualmente, vivemos em uma crise com dimensões globais devido ao coronavírus, e muitas empresas de grande e pequeno porte estão atuando para colaborar com a atual necessidade do nosso país, que é urgente e emergencial para toda a sociedade com ações sociais.

Nas últimas semanas, grandes companhias começaram a pensar no coletivo da sociedade com um objetivo comum: minimizar os efeitos desta crise na saúde que estamos enfrentando.

O modo como as empresas se posicionam frente à responsabilidade social neste momento podem resultar no fortalecimento da marca e/ou da empresa.

A sociedade valoriza também as micros e pequenas empresas que agem com responsabilidade social diante desta pandemia, e no cenário atual é preciso ter consciência que não basta apenas vender seus produtos, mas também gerar, contribuir, mobilizar para fortalecer sua marca e, consequentemente, gerar vendas.

A transformação deve priorizar o enfrentamento da pandemia e seus efeitos na sociedade nos eixos econômico, ambiental, social e/ou da saúde.

Os recursos podem ser financeiros, humanos, técnicos ou um repasse para fins públicos ou privados.

Associar a empresa a uma causa social para enfrentamento de crise, mobilizando seus clientes, amigos e o público em geral com destaque para uma determinada ação social, reforça o posicionamento de sua marca como uma empresa socialmente responsável.

Cinco pontos de atenção para a sua empresa trabalhar com responsabilidade social nesta pandemia:

  • Transforme agora, tenha iniciativa, o momento é de mobilizar a todos;
  • Pense no coletivo, faça parcerias com outras empresas, por exemplo;
  • Tenha bom senso e coerência nas ações;
  • Mantenha a transparência;
  • Altere o foco de seu marketing, crie ações para tentar suprir as necessidades do momento.

As ações sociais não são restritas às empresas de grande porte, capazes de criar fundações milionárias ou mobilizar um exército de voluntários entre seus trabalhadores.

As micro e pequenas empresas podem agir e ter iniciativas também, melhorando as condições da região em que atua, ao mesmo tempo em que cria um ambiente de negócios propício ao seu crescimento.

Isso não significa necessariamente doar dinheiro, oferecer outras formas de ação, como programas de voluntariado na pequena empresa, envolver os funcionários, clientes e amigos, é um bom começo.

Existem muitas outras possibilidades como, por exemplo, desenvolver iniciativas conjuntas em parcerias com outros pequenos negócios, pensando em trabalhar em conjunto por uma causa maior e gerar maior impacto social.

Pense que, ao trabalhar em ação social, o empresário pode, subjetivamente, agregar valor social à sua marca e criar um ambiente propício para os negócios através da estima de funcionários, reforço da imagem perante os consumidores e o público em geral, levando, até mesmo, a conseguir alguma mídia espontânea.

Além disso,  empresas comprometidas com ações sociais geram maior empatia dos consumidores, influenciando diretamente nas decisões de compra.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Alexandre SNovo na comunidade

Sou formado em Administração de Empresas, pela FAAP, microempresário no ramo varejista.

Me siga