CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como abrir uma empresa? Passos a seguir para alcançá-lo corretamente

Como abrir uma empresa? Passos a seguir para alcançá-lo corretamente

Um guia com dicas e ferramentas práticas para quem deseja iniciar um negócio.

Iniciar um negócio é provavelmente uma das maiores decisões que uma pessoa pode tomar durante sua vida.

Optar por um caminho empreendedor é uma escolha que impactará todos os aspectos de nossa rotina diária e envolve o comprometimento com uma completa mudança de percurso profissional, a descoberta de novos conhecimentos, a busca de parcerias e a decisão de superar os obstáculos comuns do dia a dia. dia em uma empresa.

Apesar desses desafios, abrir seu próprio negócio é um sonho de muitas pessoas.

A boa notícia é que, com um bom planejamento e estudo do segmento em que você deseja investir, é possível ter sucesso neste dia.

 

Pensando nisso, criamos este guia onde você pode solucionar suas dúvidas sobre como abrir uma empresa

Não importa se você ainda está pensando em iniciar ou já está planejando os primeiros passos do seu negócio.

No post de hoje, reunimos um guia sobre o que você precisa saber para ter sucesso em sua jornada empreendedora. Junte-se a nós!

 

1. Desenvolvendo sua ideia de negócio

A primeira etapa para iniciar seu empreendedorismo é definir exatamente o que você investirá, ou seja, qual será o ramo da sua empresa e o que exatamente você pretende oferecer ao mercado. Em outras palavras, esta é a fase de idealização do seu negócio.

Apesar de nem toda ideia de negócio começar com um famoso “Eureka”, qualquer novo negócio começa com uma idéia inicial, com um ponto de partida – que, na maioria das vezes, será alterado ao longo do caminho.

Mas não se preocupe se você ainda não tem algo bem definido ou se seus insights empresariais estão nublados.

Nesse estágio, é natural que suas idéias não sejam tão claras.

 

2. Validando sua ideia de negócio

Muitos empreendedores conseguem avançar na etapa de elaboração da ideia de negócio e ir até a construção de um plano inicial para a empresa, no entanto, apresentam dificuldades no processo de validação dessa ideia.

No entanto, essa validação não pode ser esquecida, pois pode ser crucial definir se você está enfrentando uma oportunidade de negócio real.

Suponha que este seja o seu caso, que você já tenha desenvolvido uma ideia para o seu negócio, mas ainda não analisou se, de fato, vale a pena.

Outro ponto importante: é essencial que você reserve um tempo para pensar no desenvolvimento de produtos ou serviços que sua ideia de negócio terá no mercado.

Portanto, analise questões relacionadas à inovação que seu produto trará para o seu segmento, qual é a metodologia que envolverá a criação desse produto e como você o comunicaria ao mercado e efetivaria seu lançamento.

 

3. Os companheiros do dia

É natural que, especialmente no início de uma empresa, lidemos com a administração do negócio por conta própria.

Mesmo assim, é importante esclarecer que: na grande maioria dos casos, empreender não é uma atividade solitária.

Isso ocorre porque você terá que lidar com fornecedores, parceiros de negócios, funcionários e, obviamente, com os consumidores de seus produtos e serviços.

Tendo feito essa observação, embora seja possível gerenciar uma empresa de maneira mais centralizada, o fato é que, à medida que cresce uma ideia de empreendedorismo, é quase essencial ter parceiros que se dividem nas atividades de gestão da empresa.

Portanto, é essencial encontrar os parceiros certos para sua jornada empreendedora.

É muito importante escolher os melhores parceiros para a administração da ideia de negócio. No final, se um bom parceiro pode trazer benefícios positivos para uma empresa, um parceiro ineficaz será apenas um obstáculo ao crescimento de qualquer organização.

 

4. Sair do emprego e lutar contra desculpas

Seremos muito objetivos: o início de qualquer negócio, independentemente do segmento em que você operará ou mesmo do tamanho da empresa que está criando, não é um mar de rosas.

Portanto, é altamente recomendável que você desenvolva um bom plano pessoal para lidar com um eventual retorno financeiro reduzido nos primeiros meses ou mesmo com a ausência de investimentos mais robustos.

No caso de você estar em um momento de mudanças em sua carreira e ainda atuar como funcionário da empresa, é aconselhável não prejudicar seu atual empregador com uma partida repentina; segue uma boa transição de emprego próprio para a empresa.

Ainda assim, lembre-se: nesta fase inicial de um negócio, é muito importante interromper o ciclo de desculpas que o impedem de iniciar.

 

5. Plano de negócios

O plano de negócios é possivelmente uma das bases estruturais mais relevantes para iniciar um negócio.

Isso aponta para um script eficiente para o qual os primeiros objetivos de uma empresa são alcançados e, ao estudar variáveis ​​como a descrição de produtos e serviços, perfis de clientes e capacidade de investimento, reduz a imprevisibilidade e os riscos da atividade. empreendedor.

Para montar seu plano de negócios, você verá que uma pesquisa de mercado detalhada, incluindo estudos sobre sua concorrência e as tendências gerais do segmento em que você investirá, é um elemento indispensável.

Também será importante que você revise os principais pontos sobre o seu negócio para garantir que sua ideia empreendedora já tenha um modelo de negócios eficiente, se as premissas e os primeiros objetivos do seu negócio já foram definidos e se seus produtos terão uma boa aceitação no mercado. .

É importante sublinhar que o plano de negócios não é o primeiro documento produzido quando uma empresa está nascendo.

Existem algumas etapas a serem cobertas para que você planeje sua empresa com eficiência.

Durante esse período, você pode iniciar algumas ações e ganhar experiência no mercado.

 

6. E o dinheiro para começar?

Vamos supor que você já encontrou uma boa ideia de negócio para investir, seguida pelas fases iniciais de planejamento da empresa e desenvolveu um plano de negócios bem desenvolvido.

Mas e o capital inicial para abrir sua empresa? Você já o possui ou está pensando em maneiras de atrair recursos para sua ideia de empreendedorismo.

Se sua realidade é a segunda opção, observe algumas maneiras que podem ser válidas para obter capital e dar os primeiros passos de sua empresa.

 

Crowfunding

A tecnologia é uma grande aliada do ambiente de negócios.

Atualmente, é possível obter recursos para abrir uma empresa por meio de plataformas de crowdfunding (crowdfunding). Como eles funcionam? É simples.

Você precisará criar uma boa apresentação da sua ideia de negócio e convencer os usuários de uma plataforma a financiar seu projeto.

Para isso, você pode oferecer presentes para aqueles que o apoiarem, se seu objetivo for alcançado, por exemplo, com a oferta gratuita de alguns produtos.

O mais interessante sobre uma plataforma de crowdfunding é o fato de existirem grandes oportunidades para os financiadores do seu projeto se tornarem clientes da ideia empreendedora que você lançará no futuro; no final das contas, eles compram a sua ideia de negócio em o início.

 

Empréstimos

Uma maneira mais tradicional de obter dinheiro para abrir seu negócio é através de empréstimos.

Nesse processo, você pode procurar uma instituição bancária ou tentar obter ajuda de um membro da família ou amigos.

Se você preferir contratar o empréstimo por meio de bancos, planeje bem e fique de olho nas taxas de juros da instituição, que muitas vezes são altas e sem os cuidados necessários, você pode até comprometer o futuro do seu negócio.

 

Parceiros de investimento

No terceiro tópico de nosso guia, discutimos a importância de ter bons colegas na jornada em sua ideia de empreendedorismo.

Bem, se você precisar de recursos para iniciar seu negócio, uma boa idéia é associar-se a um parceiro de investimento.

Nesse tipo de contrato, geralmente, um dos parceiros cuida da administração operacional da empresa, de modo que o outro contribua como suporte financeiro necessário para o empreendimento e ambos tenham o poder de decisão nos assuntos importantes da empresa.

Antes de concluir esta etapa, é importante observar que existem outras maneiras de obter capital para sua empresa.

 

7. Formalização da empresa

Mesmo se você tiver sua primeira ideia de negócio, já deve ter ouvido falar sobre o quão complexo é abrir uma empresa em um país latino-americano.

Nossos países têm modelos fiscais e tributários desafiadores, que variam de acordo com cada tipo de negócio.

Além disso, os sistemas nacionais de auditoria são bastante rigorosos e podem comprometer o futuro de uma empresa se você não estiver suficientemente preparado.

Nesse sentido, a formalização da sua ideia empreendedora é uma das etapas mais importantes para a abertura do da sua empresa.

Portanto, separamos alguns pontos essenciais que não podem ser esquecidos nesse processo.

 

Encontre um contador

São necessários tantos documentos para abrir uma empresa que, um bom contador, se torna praticamente indispensável durante todo esse processo.

Esse profissional o ajudará a reunir tudo o que for necessário para o contrato social e a emissão dos documentos necessários.

Além disso, possui domínio técnico suficiente para indicar qual o melhor sistema tributário para o tipo de empresa que você deseja abrir, a que possui a maior vantagem, levando em consideração o alto valor tributário nos países, que, dependendo da perfil de negócios, pode ser significativamente reduzido.

 

Contrato social

Agora que você tem um contador, é hora de elaborar o contrato social para registro em um Conselho de Negócios ou em um notário de pessoas jurídicas.

No momento, é bem-vindo contar com o apoio de um advogado, pois o ajudará a estabelecer um contrato, especificando quais são os objetivos, ramo, aspectos sociais e formação do capital social da empresa.

 

Obter permissão da prefeitura

A permissão do conselho da cidade permitirá que sua empresa funcione de fato.

Para obtê-lo, você precisa ir ao prefeito da sua cidade com os seguintes documentos:

  • Formulário fornecido pelo conselho da cidade
  • Endereço aprovado mediante consulta prévia
  • Cópia dos documentos da empresa
  • Cópia do contrato social
  • Atribuição dos organismos de inspeção

Entre outros que você deve consultar de acordo com leis específicas.

 

Fazendo o registro na secretaria do tesouro

O registro na secretaria do tesouro é obrigatório para a liberação do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

 

Registro de seguridade social

Para pagar os impostos devidos a seus funcionários, é necessário se registrar na seguridade social.

Mesmo se não houver funcionários, os impostos devidos deverão ser pagos.

O prazo para esse registro é de 30 dias após o início das atividades da empresa.

 

Agora é necessário emitir notas fiscais

Chegamos ao ponto final! Sua empresa fornece serviços, você pode se registrar para emitir notas fiscais diretamente na prefeitura.

Se é um negócio ou uma indústria, é necessário consultar o Departamento de Estado do Tesouro.

 

Observação importante

Os pontos listados aqui são apenas um script básico que a maioria das empresas precisará seguir para abrir efetivamente seus negócios. No entanto, não é a única coisa.

 

8. Registrando sua Marca

O registro de marca é um investimento que muitos empresários consideram desnecessário.

No entanto, você já pensou na dor de cabeça que seria criar toda uma identidade visual da empresa, adotar cores, nomear, criar cartões de visita e de negócios, apenas para perceber depois que já existe outra microempresa que detém os direitos? do nome que você está usando para sua marca?

Por isso, é importante verificar se nenhuma outra empresa registrou o nome que você pretende usar, nos sites competentes, como, por exemplo, no caso da Colômbia, na câmara de comércio ou no INPI do Brasil.

Caso o nome esteja disponível, não hesite em iniciar o processo de registro da marca comercial, para que você tenha preferência pelo uso do nome no mercado.

Se você tiver dúvidas durante o registro, vale a pena contratar empresas especializadas em marcas e patentes.

 

9. Configurando um plano de marketing

Agora que você sabe como iniciar um negócio com sucesso, precisa de um plano de marketing de qualidade.

Não pode ser deixado para mais tarde, pois sem um bom marketing, conquistar os primeiros clientes será muito difícil.

O primeiro passo para montar um bom plano é pensar em seu pessoal antes de tudo .

Para quem você vai vender? Quem são os prováveis ​​clientes da sua empresa?

Boas pessoas são o resultado de uma pesquisa completa sobre seu público para entender quem são seus clientes ideais.

A partir daí, é necessário mapear quais são suas principais dúvidas sobre seu público e através de quais canais você o alcançará.

Após esta fase inicial, há três etapas fundamentais que você precisará seguir no seu plano de marketing. Estes são:

 

Planejamento

Nesta fase, todas as informações relacionadas ao ambiente de negócios são reavaliadas.

Você terá que analisar aspectos como seu posicionamento, o perfil do seu público-alvo – daí a importância das pessoas – além de quais seriam seus principais objetivos nas ações de marketing.

Em seguida, é hora de delinear a estratégia que será seguida.

 

Implementação

Nesta base, você implementará as ações que definiu em sua estratégia de marketing.

Por exemplo: o foco do meu desempenho será nas redes sociais .

Com base nisso, você começará a fortalecer sua presença nas redes, promovendo campanhas e aumentando a interação com os usuários.

 

Avaliação

Finalmente, é hora de avaliar os resultados obtidos usando as métricas que medem o trabalho realizado.

Dependendo da avaliação, você precisará reiniciar o ciclo e pensar em novas estratégias.

 

10. Como obter os primeiros clientes

As novas empresas nem sempre conseguem criar uma equipe de vendas rápida.

É muito comum que os próprios fundadores façam os primeiros contatos comerciais e busquem ganhar mercado.

Nesse sentido, para conquistar consumidores na fase inicial do seu negócio, é interessante pensar em estratégias de vendas simples, embora eficazes.

Encontre as qualidades e os benefícios do seu produto e tente apresentá-lo aos seus objetivos nos canais de vendas que você definirá: redes sociais, web, contato pessoal, entre outros.

Mais importante, entenda como o que você está oferecendo pode ajudar as pessoas a resolver um problema. No final das contas, é isso que importa.

Ao longo do caminho, é natural que você encontre alguns obstáculos, mas também aprenderá muito sobre o que os consumidores esperam da sua empresa.

Uma questão importante ao criar uma base de clientes é entender que as vendas estão diretamente relacionadas ao marketing de seus negócios.

Portanto, alinhe sua estratégia de marketing de acordo com seus objetivos de negócios.

Acredite, o dia inteiro de compra de um produto se torna muito mais eficiente, definindo os objetivos e estratégias do seu plano de marketing.

 

Concluindo: e a motivação para passar por tudo isso?

Chegamos ao final do nosso guia. Agora que você conhece os fundamentos sobre como iniciar um negócio, pode estar pensando que os desafios para dar vida a uma ideia empreendedora são muito grandes.

De fato, iniciar um negócio representa alguns obstáculos.

No entanto, vencê-los é extremamente gratificante e pode dar outro significado aos seus objetivos profissionais e de vida.

Encontre motivação diária para não desistir e siga seus objetivos com convicção.

Muitas vezes é necessário acreditar no impossível de conquistar seus maiores objetivos. Seja um daqueles que acreditam!

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Contabilidade BHNovo na comunidade

Somos o maior escritório de contabilidade localizado na região metropolitana de Belo Horizonte. Para maiores informações acesse: https://contabilidadebh.com.br. Oferecemos as melhores soluções em contabilidade, controladoria, finanças, fiscal e tributos, com alto padrão de qualidade e custos competitivos. Buscamos sempre superar as expectativas dos nossos clientes, oferecendo nossa expertise para alcançar os melhores resultados, agilidade e confiabilidade nas informações para tomadas de decisão e segurança no atendimento ao fisco e a legislação tributária. Atuamos nos seguimentos de engenharia e construção, mineração, transportes e logística, indústria do vestuário e prestação de serviços em geral.

Me siga