CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Comércio eletrônico bate recorde de emissão de notas fiscais

Comércio eletrônico bate recorde de emissão de notas fiscais

Desde que a pandemia começou, em março, os hábitos de todos sofreram alterações. Sejam os costumes de alimentação, lazer, rotina e até mesmo os de compras, a vida dos brasileiros mudou. Em relação às vendas, os volumes registrados chamam a atenção nos últimos meses. No comparativo entre junho e julho, o número de notas fiscais emitidas cresceu 24%, com um total de 9,2 milhões de transações. Os dados são parte de um estudo do Bling!, startup de ERP para pequenas e médias empresas.

O volume apresentado na pesquisa é quase cinco vezes maior do que o registrado na última edição da Black Friday, quando dois milhões de notas fiscais foram emitidas. No mesmo período, a integração entre plataformas de ERP (Enterprise Resource Planning, ou Sistema Integrado de Gestão Empresarial) e marketplaces aumentou 27%. O fenômeno pode ser explicado pelo isolamento social, fechamento dos comércios e restrições de circulação pelas cidades.

A migração da loja física para marketplaces é uma estratégia usada por comerciantes, principalmente à frente de micro e pequenos negócios, para enfrentar o período em que o ponto de trabalho precisa ficar fechado. Isso porque esses sites poderão dar mais visibilidade aos produtos, além de que, mesmo com baixo investimento, eles ganham tráfego, visitação, expertise e ferramentas de marketing e mídia. 

Neste cenário, apenas em julho, a Centauro cresceu 123% no volume de integrações, seguida por Via Varejo (108%), Carrefour (93%) e Mercado Livre (23%).

Meses de alta 

Os números do comércio eletrônico estão em alta desde que a quarentena começou, na segunda quinzena de março. Em maio, por exemplo, os sites brasileiros registraram o volume de um bilhão de visitas e um crescimento de 51% do setor, de acordo com levantamento conduzido pela Conversion, consultoria de performance e SEO.

Na ocasião, os segmentos que apresentaram as maiores altas foram: Eletrônicos (136,72%); Moda (95,27%); Casa & Móveis (85,39%); Pet (65,56%); e Comida (61,40%).

Cuidados no online

Utilizar uma plataforma de marketplace é uma forma segura e simplificada de vender na internet. Contudo, caso os empreendedores prefiram criar seus próprios sites, há diversas etapas recomendadas que devem ser analisadas, como questões de estruturação e distribuição de conteúdo nas páginas, estratégia logística adotada, emissão de Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANFE) e Nota Fiscal Eletrônica (NFe) e, claro, um sistema antifraude, para minimizar as chances de prejuízos derivados de fraudes. 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Debora RamosBoas respostas