CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Comércio de rua: revitalizar para competir

Comércio de rua: revitalizar para competir

Comercio_RuaO acelerado crescimento dos shopping centers no Brasil tem levado a população cada vez mais a concentrar suas atividades de consumo nesses locais. Apesar do fato representar um ponto positivo para o setor do comércio em geral, em contrapartida, isto acarreta em um risco para o comércio de rua e de outros centros comerciais.

Por isso, a revitalização dos espaços comerciais é um fator estratégico para a manutenção desses locais. A primeira coisa que deve ser compreendida, no entanto, é que essa batalha para a revitalização de espaços comerciais não deve ser conduzida somente pelo empresário. É essencial o envolvimento do governo, de entidades empresariais e de outros parceiros, cada um realizando sua parte do processo de desenvolvimento dos espaços comerciais e, assim, contribuindo para o equilíbrio de forças nesse cenário.

O Sistema Sebrae age como indutor desse processo. Foram desenvolvidos projetos em diversos estados que aplicaram essa ideia e possibilitaram a criação do “Termo de Referência para Projetos de Revitalização de Espaços Comerciais”, uma metodologia que consolidou os conhecimentos e experiências dessas iniciativas, para facilitar sua replicação em âmbito nacional.

De modo geral, o sucesso dos empreendimentos dessa natureza depende fundamentalmente dos atrativos gerados para o consumidor, que façam com que as vantagens e benefícios entre o comércio tradicional e o dos shoppings fiquem equilibrados.

Não se trata, portanto, da iniciativa isolada de um lojista em reformar sua fachada ou o layout de sua loja. O entorno precisa ser agradável para o consumidor: calçadas amplas, sem buracos ou carros impedindo a passagem dos pedestres; boa iluminação; estacionamento regulamentado para carros; locais, como bancos, para o descanso do consumidor nas calçadas; locais para estacionar bicicletas; ruas asfaltadas; arborização; são exemplos de iniciativas públicas que podem aquecer o comércio de rua e de outros centros tradicionais de comércio.

Para saber mais sobre como e porquê revitalizar o comércio de rua, confira o boletim Oportunidades e Negócios.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae