CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Comerciantes de SP investem em diferenciais para aumentar o lucro

Programa do Sebrae ajuda a aperfeiçoar gestão dos negócios.

Empresário relata expansão de 40%.

No interior de São Paulo, os lojistas investem em projetos de gestão e mexem no visual das empresas para movimentar o varejo. As mudanças atraem nova clientela e aumentam o faturamento. Róbson dos Santos, que tem uma loja de roupas para crianças, faz parte do programa comércio varejista do Sebrae, que envolve mais de 600 empresas. O projeto é um aliado dos lojistas de 12 cidades na região de Ribeirão Preto. “Visa aperfeiçoar as micro e pequenas empresas do comércio varejista, nos aspectos de organização da loja, gestão dos seus negócios, relacionamento com clientes, adoção de técnicas que vão melhorar o desempenho, vão aperfeiçoar, vão fazer com que as empresas cresçam, faturem mais, desenvolvam seus negócios”, diz Marcelo Augusto Montagnana, do Sebrae de Ribeirão Preto. A primeira mudança na loja de Róbson dos Santos foi visual: o empresário fez uma reforma completa. e instalou banheiros para os clientes. “O banheiro dá um diferencial enorme em relação aos outros lojistas porque pro atendimento do cliente o banheiro ele traz conforto, né?”, diz Róbson. Outra novidade é o espaço para as crianças: tem escorregador e uma casa de bolinhas – os pequenos se divertem enquanto os adultos escolhem as roupas. “É um outro diferencial que nós criamos por conta de deixar as mães, os pais mais despreocupados pra compra, com maior tempo”, afirma ele. O empresário contratou uma profissional que avalia o desempenho dos funcionários e ampliou a oferta de produtos. As roupas vestem desde recém-nascidos até adolescentes. São vendidas 1400 peças por mês. “O resultado foi assim, assustador, foi imediato. Nós tivemos um resultado de início já de 40% de crescimento, do que vinha antes e número de clientes novos, clientes de classes diferentes”, comemora o empresário.

Peças para bicicletas
Os irmãos Jian Carlos e Jeime Celso Framartino também participam do projeto do Sebrae. Eles são donos uma empresa especializada em peças para bicicletas, negócio fundado pelo pai deles há 28 anos. Com a ajuda do projeto, os irmãos já abriram duas filiais.

“Quando nós tivemos para abrir essas filiais, nós estivemos fazendo uma pesquisa junto a um consultor do Sebrae e pudemos identificar que 55% das bicicletas da região, da cidade de Ribeirão Preto, estão nessa região, então essas lojas foram montadas, foram colocadas em locais estratégicos para atender esse público”, diz Jian Carlos. O negócio passou por mudanças que permitiram a expansão: uma empresa foi contratada para desenvolver um programa de computador exclusivo para o segmento de bicicletas, que faz o controle de estoque. O software gera um código para cada produto, e o vendedor encontra a peça com mais facilidade. O sistema também armazena os dados de 12 mil clientes. “A gente consegue ter um histórico do cliente para saber quem são os principais clientes. Nós temos um trabalho para ser desenvolvido de pós-venda, que o Sebrae nos auxiliar, onde a gente vai poder entrar em contato com esses clientes, verificando aí qual foi o atendimento dele, se ficou a contento ou não”, afirma Jian Carlos. A empresa atende 300 clientes por dia nas três lojas, onde vende três mil produtos diferentes. São 54 mil peças no estoque. Outra fonte de lucro é o conserto de bicicletas. A principal mudança aconteceu na oficina: a empresa fez espaços individuais para os mecânicos. O isolamento diminui a conversa e aumenta a produtividade. Agora cada um deles conserta dez bicicletas a mais por dia, e o faturamento da oficina já aumentou 30%. Agora, os irmãos Framartino planejam entrar no comércio eletrônico.

“A loja virtual é bastante interessante porque, além de você divulgar as sua marca, você consegue alcançar vários clientes, né? A gente então quer ampliar os negócios, então, a gente pretende colocar essa loja virtual em prática, aproveitando da nossa tradição que nós já temos e ampliando as coisas, então, com essa nova loja virtual”, diz Jeime Celso.
Fonte: PEGN TV
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae