CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Cogumelo in natura: oportunidades para pequenas produções

Cogumelo in natura: oportunidades para pequenas produções

Cogumelos_1

Produtores de cogumelos e especialistas do setor têm sido unânimes em difundir que nos últimos anos a demanda por cogumelos in natura tem se demonstrado maior do que a oferta. Trara-se de uma realidade vivenciada em todo o país, embora o consumo interno ainda seja considerado baixo quando comparado a outros países.

A produção in natura atende diretamente aos interesses dos consumidores por produtos orgânicos e, além disso, faz sucesso entre os profissionais da gastronomia. Essa forma de cultivo foi a saída encontrada por muitos produtores brasileiros diante da concorrência internacional do champignon paris em conserva – muito popular no Brasil – cuja importação chinesa saltou de 700 toneladas para dez mil por ano.

Diante da reação do setor, segundo a Associação Nacional dos Produtores de Cogumelos (ANPC), a venda de cogumelos frescos no CEAGESP, maior entreposto de frutas e legumes da América Latina, cresceu quase 80% nos últimos cinco anos.

A ANPC destaca que, antes concentrada na região do Alto Tietê em São Paulo, ao longo dos últimos anos, apesar de todas as dificuldades, a cadeia produtiva do cogumelo no Brasil tem se estruturado e, atualmente, o cultivo de cogumelos está disseminado em várias regiões do país. Hoje, os principais produtores estão nos Estados de São Paulo (Mogi das Cruzes, Pinhalzinho, Ibiúna, Sorocaba, Salto, Cabreúva, Juquitiba e Valinhos) e no Paraná (Castro, Tijucas dos Sul e Curitiba). Além desses Estados, também existem cultivos em Minas Gerais, Rio de Janeiro, sul da Bahia, Pernambuco, Brasília e no Rio Grande do Sul.

A ausência de estimativas precisas sobre o setor dificulta a quantificação exata do número de produtores em atividade no Brasil e a ANPC estima que no país existam mais de 300 produtores de cogumelos que, em sua maioria, são micro e pequenos agricultores familiares.

Melhorias tecnológicas recentes permitiram um ganho de produtividade dos fungicultores brasileiros, cuja produção in natura está estimada em pouco mais de 12.000 toneladas, conforme tabela abaixo.

Cogumelos_Tab

Se comparada com a produção de países como a China, Itália, Estados Unidos e outros países (quadro abaixo), essa quantidade é considerada muito pequena.

A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, uma das 47 unidades da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa – esclarece que os cogumelos são alimentos muito nutritivos. Possuem quantidade de proteínas superior a da carne (de 28 a 34% contra 14% da carne) e de alguns vegetais e frutas. São ricos em vitaminas e carboidratos e apresentam baixo teor de gordura.

A pesquisadora Arailde Urben, da Embrapa, enfatiza que os cogumelos nutricionais e medicinais são importantes para a saúde humana, embora tais benefícios ainda sejam pouco conhecidos pela população brasileira.

O consumo de cogumelos per capita no Brasil é de apenas 160g/ano, contra 2 kg/ano na França e 3,5 kg/ano na Alemanha, per capita, por exemplo.

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Comentários ( 3 )

    1. Boa tarde, gostaria de fazer um curso de cultivo de cogumelos, sou de Novo Hamburgo RS.
  1. Boa tarde.

     

    tenho interesse no curso.

    tenho interesse de plantar cogumelos.

    Celso (48) 99902-0080

  2. Gostaria de informações sobre cultivo de cogumelo, clima, condições, complexidade, etc.

    Qualquer curso online no momento?

     

    Agradeço

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga