CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

CNI recebe inscrições para o Prêmio Nacional de Inovação 2011

Premiação irá selecionar empresas que investem em produtos, serviços e processos visando à competitividade
A Confederação Nacional da Indústria (CNI) abriu hoje (14/4) as inscrições para a 1ª Edição do Prêmio Nacional de Inovação 2011. O prêmio é um reconhecimento às empresas que investem em produtos, serviços e processos visando à competitividade. A iniciativa é da CNI e conta com a parceria do Movimento Brasil Competitivo (MBC) e o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Ministério da Ciência e Tecnologia.
As inscrições vão até 13 de maio. As indústrias podem se inscrever nas modalidades microempresa e empresa de pequeno porte, com receita igual ou inferior a R$ 2,4 milhões; e empresa de médio e grande porte, com receita superior a R$ 2,4 milhões. Serão avaliados projetos nas categorias competitividade, design e desenvolvimento sustentável.
Também serão avaliadas empresas na categoria gestão da inovação que têm incorporado processos inovadores para favorecer os negócios. As empresas premiadas nas categorias competitividade, design e desenvolvimento sustentável do Prêmio Nacional de Inovação receberão cursos de educação executiva em escolas de negócios de renome internacional. Os vencedores na categoria gestão da inovação terão seus projetos pré-aprovados para o Edital SENAI/SESI de Inovação e poderão receber de R$ 300 mil a R$ 600 mil para desenvolver produtos, serviços e processos inovadores.
As inscrições para o Prêmio Nacional de Inovação podem ser feitas no site da CNI (www.cni.org.br) ou do MBC (www.mbc.org.br)
Fonte: PEGN
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae