CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Piscicultura em alta no Brasil

O consumo de peixe está em alta no mundo inteiro e cada vez mais procurado pela população, em todas as faixas de renda. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo anual de pescado de pelo menos 12 quilos por habitante/ano, número acima da média dos brasileiros, que é cerca de 9,75 quilos por habitante/ano. Nunca se teve uma demanda tão alta por produtos saudáveis e ao mesmo tempo nutritivos. Os peixes participam dessa tendência, pois reúnem características nutricionais importantes, como: são altamente digestíveis, devido a sua composição proteica; são ricos em ácidos graxos poli-insaturados, principalmente ômegas 3 e 6; são importante fontes de vitaminas e minerais. Nesse sentido, destaca-se a importância da ...

Ler mais ou responder
Espécies de pescado mais cultivadas em água doce

No Brasil, diferentes espécies de pescado são cultivadas, porque elas variam de acordo com as condições geográficas das regiões. A seguir, são apresentadas informações sobre as principais espécies cultivadas em água doce no Brasil, e outras ainda promissoras para aquicultura nacional. Tilápia. Também conhecida como Nilótica, St. Peter, St. Pierre, Chitralada, Vermelha. Originária da África. Hábito alimentar: Podem ser onívoras, herbívoras ou fitoplanctófagas, dependendo da espécie. Sistemas de cultivo: Pode-se cultivar tilápias em viveiros escavados, raceways ou em tanques-redes. Aspectos produtivos: Chamada de “frango d’água”, a tilápia é cultivada em 24 dos 27 estados brasileiros, é a espécie de água doce mais cultivada no país desde 2002. Os machos ...

Ler mais ou responder
Agronegócio também pode aproveitar os eventos esportivos

Suinocultura, criação de peixes e produção de ovos são alguns segmentos de pequenos negócios que podem se beneficiar com os megaeventos esportivos que o Brasil sediará até 2016. Grande parte dos turistas esperados para os megaeventos esportivos é oriunda de países onde o ovo é ingrediente tradicional do cardápio cotidiano, e espera-se uma busca significativa por este alimento na rede gastronômica durante os eventos. Já os embutidos, defumados e outros derivados da carne suína também são opção atrativa, mesmo na produção artesanal, com os alimentos fabricados em menor quantidade e o fabricante mais próximo do consumidor final: situação em que é possível obter produtos mais naturais e com menor quantidade de ...

Ler mais ou responder
Produtores e mercados de piscicultura: momento de aproximação

O consumo de pescado está em alta no mundo inteiro e cada vez mais procurado pela população, em todas as faixas de renda. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de, pelo menos, 12 quilos por habitante/ano. Nunca se teve uma demanda tão alta por produtos saudáveis e, ao mesmo tempo, nutritivos. Os peixes participam dessa tendência, pois reúnem características nutricionais importantes. O alimento é altamente digestível, devido a sua composição proteica; rico em ácidos graxos poli-insaturados, principalmente ômegas 3 e 6; e importante fonte de vitaminas e minerais. Nesse sentido, destaca-se a importância da aproximação entre o setor produtivo e os mercados potenciais com essas características. ...

Ler mais ou responder
Estudos revelam fotografia da pesca e aquicultura no país

A demanda por peixes e frutos do mar no Brasil cresce ano a ano. Somente no período de 2010-2011 a média foi de 23,7%. O aquecimento da demanda motivou a indústria do pescado a incrementar a produção, sobretudo a da aquicultura (cultivo de pescado) , que é a modalidade com mais espaço para crescimento de consumo. A produção do pescado atingindo 628,7 mil toneladas, em 2011, o que representou um crescimento de 51,2% no triênio 2009-2011. Porém, esse empenho ainda foi insuficiente para atender a demanda e o país importou pescado para o consumo interno. Esses são apenas alguns números do mais recente Boletim Estatístico da Pesca e Aquicultura, divulgado em setembro de ...

Ler mais ou responder
Pirarucu: surge uma nova realidade para a produção em escala

Novas práticas de produção são divulgadas em manuais que, ao disseminarem técnicas, trazem oportunidades de mercado   Está surgindo uma nova realidade para a produção em escala do pirarucu – um peixe altamente apreciado por seu sabor, por sua textura, e que, junto com o tambaqui, apresenta os maiores valores nutricionais entre os peixes amazônicos. O reconhecimento para o desenvolvimento dessa nova indústria está sendo se concretizando para quaisquer lugares que atendam as especificidades reprodutivas da espécie amazônica. O pirarucu é um dos maiores peixes de água doce do mundo, cuja carne praticamente não tem espinhas, possui elevado valor econômico e continua sendo reconhecido pelo IBAMA como espécie ameaçada. A procura crescente e a ...

Ler mais ou responder

A carcinicultura é uma das atividades mais rentáveis do agronegócio. Além disso, a criação de camarões apresenta duas características notáveis: Ser uma produção do setor primário que não depende de chuvas e Gerar emprego permanente para trabalhadores rurais das pequenas comunidades costeiras. Dentre os crustáceos, os camarões destacam-se não só pelo valor nutritivo que possuem, mas por ser uma iguaria fina, consumida em larga escala, principalmente entre as nações mais desenvolvidas. Se você está buscando informações, pensando em atuar neste ramo de negócio, saiba que os principais clientes dos produtos oriundos da carcinicultura são: Consumidores individuais, que adquirem diretamente do produtor; Comerciantes, proprietários de bancas em feiras livres ou de peixarias; Empresários supermercadistas; Empresas prestadoras de serviços que industrializam os camarões; Estabelecimentos de serviços como restaurantes, bares, hotéis, casas ...

Ler mais ou responder
Pesca e Aquicultura – Visão de bons negócios

A produção de peixes com vistas à comercialização no mercado local ou mesmo para ser distribuída a outras regiões brasileiras é uma oportunidade para os pequenos agricultores do País. Atualmente, o cultivo de peixes no Brasil é realizado principalmente em pequenos empreendimentos que podem planejar distribuir seus produtos, por exemplo, para o setor gastronômico. Com o aumento no fluxo de pessoas no País durante a Copa do Mundo FIFA 2014, principalmente nas cidades-sede e nas rotas turísticas relacionadas, a demanda por pescados vai aumentar,  proporcionando uma excelente oportunidade para inserção produtiva em restaurantes, bares, hotéis e pousadas. Com a possibilidade de aumento na demanda por pescados, as empresas de menor porte que ...

Ler mais ou responder
Agronegócios também podem se beneficiar com megaeventos

Suinocultura, criação de peixes e produção de ovos são alguns segmentos de pequenos negócios que podem se beneficiar com os megaeventos esportivos que o Brasil sediará até 2016. Pensando nisso, o projeto Sebrae 2014 disponibiliza uma série de informações e dicas para quem pretende abrir um negócio ou incrementar um já existente e, assim, aproveitar as oportunidades que surgirão nos próximos anos. Para citar um exemplo, grande parte do contingente de turistas esperados para os megaeventos esportivos é oriunda de países onde o ovo é ingrediente tradicional do cardápio cotidiano, e espera-se uma busca significativa por este alimento na rede gastronômica durante os eventos. Ainda objeto de preconceito quanto às suas qualidades, ...

Ler mais ou responder