CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Ideias de ações promocionais para o seu minimercado

Você mantem ações sustentáveis e o gerenciamento afinados, mas quebra a cabeça com ações que comunicação que poderiam trazer maior visibilidade e promoção? Acompanhe as orientações do Sebrae sobre uma Cartilha feita especialmente para auxiliar com a promoção do seu minimercado. O Sebrae elaborou está cartilha com o objetivo de auxiliar os varejistas no planejamento e na avaliação de ações promocionais para os minimercados. Minimercados se caracterizam por lojas de produtos alimentícios e suprimento de pequenas urgências domésticas. Eles estão presentes em todas as regiões do Brasil, geralmente localizados em vizinhanças de grande movimentação. Em suas pequenas instalações atendem basicamente aos moradores de sua proximidade, além de transeuntes.

Ler mais ou responder
Ideias de ações promocionais para o seu minimercado

Você mantem ações sustentáveis e o gerenciamento afinados, mas quebra a cabeça com ações que comunicação que poderiam trazer maior visibilidade e promoção? Acompanhe as orientações do Sebrae sobre uma Cartilha feita especialmente para auxiliar com a promoção do seu minimercado. O Sebrae elaborou está cartilha com o objetivo de auxiliar os varejistas no planejamento e na avaliação de ações promocionais para os minimercados. Minimercados se caracterizam por lojas de produtos alimentícios e suprimento de pequenas urgências domésticas. Eles estão presentes em todas as regiões do Brasil, geralmente localizados em vizinhanças de grande movimentação. Em suas pequenas instalações atendem basicamente aos moradores de sua proximidade, além de transeuntes.

Ler mais ou responder
Rótulos de alimentos deverão exibir aviso para pessoas alérgicas

 A diretoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou a resolução que trata dos requisitos para rotulagem obrigatória dos principais alimentos que causam alergias alimentares. Segundo o regulamento – que abrange alimentos e bebidas – os rótulos deverão informar a existência de 17 alimentos como trigo, centeio, cevada, aveia e outros. O prazo para os fabricantes adequarem as embalagems dos produtos é de 12 meses.   Saiba mais: bit.ly/1FFwVuI  Confira esse e outros destaques no Clipping semanal ...

Ler mais ou responder
Saúde: Um mercado cada vez mais voltado para a terceira idade.

Um estudo do Sebrae traz uma análise sobre o mercado de saúde no Brasil a partir do olhar da Feira Hospitalar 2014 que ocorreu em São Paulo. O estudo mostra que pensar no atendimento a idosos significa também pensar em praticidades, mesmo que essas elevem o custo do serviço. Caso o usuário sinta-se confortável e acredite que o preço seja justo frente às vantagens, ele irá optar ...

Ler mais ou responder
Tendências apontadas na Mercopar

Em 2014, entre as tendências apontadas pela Mercopar estão a robótica, o Platec, o Projeto Produção Mais Limpa e as Oportunidades de Negócios e Parcerias entre Brasil e Índia. Na robótica, o destaque foram os robôs industriais que são considerados os mais avançados do mundo. Destacando-se que os modelos da marca Panasonic foram levados a feira pela empresa Powermig, de Caxias do Sul. Os modelos dedicados à solda são os mais velozes disponíveis no mercado e contam com um sistema de braço com seis articulações, que simula um braço humano. “São equipamentos de ultima geração, apontados por pesquisas como o que ha de mais avançado em robôs com aplicação ...

Ler mais ou responder
Governo: o maior cliente

Empresas menores estão conquistando um grande cliente com dinheiro no bolso e apetite para compras. Em 2013, a participação dos micro e pequenos empreendimentos nas listas de compras do governo federal engordou 33%, em comparação a 2012, conforme dados do Ministério do Planejamento. Dos R$ 68,4 bilhões gastos pela União no ano passado, R$ 20,5 bilhões foram para os pequenos empresários, valor que corresponde a 30% de todas as aquisições de bens e serviços. Estima-se que essa fatia chegue a 50%, até 2017, com a criação de novas legislações de incentivo ao setor. Para 2014 e 2015, especialistas apostam em um crescimento no volume de contratos em áreas como construção civil, tecnologia, ...

Ler mais ou responder
Pequenos negócios e o desenvolvimento sustentável

Está prevista na Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas a facilitação do acesso ao mercado, inclusive quanto à preferência nas aquisições de bens e serviços pelo poder público. Na prática, essa orientação estimula a parceria entre pequenos negócios e prefeituras. Se bem usado, o poder de compra do município pode fortalecer o mercado interno da cidade. Concentrando o orçamento municipal em compras no próprio município, cria-se um ciclo virtuoso de desenvolvimento local: mais empresas rentáveis, aumento no número de postos de trabalho e na arrecadação de impostos, maior volume da receita pública e, finalmente, a melhoria dos serviços sociais para a comunidade. Ao mesmo tempo, se os empreendedores tiverem maior conhecimento das ...

Ler mais ou responder
Concessões Federais geram oportunidades para pequenos negócios

Fornecer suprimentos para grandes projetos Pequenas empresas brasileiras que imaginam o mercado de concessões no país acessível apenas às grandes organizações podem mudar o rumo de suas percepções e alavancar estratégias a fim de participar desse bilionário mercado. As concessões federais de rodovias, aeroportos, terminais portuários e do megacampo de Libra – na camada do pré-sal deverão injetar mais de R$ 80 bilhões no país, de acordo com o levantamento das concessões licitadas em 2013, divulgado pela Secretaria de Acompanhamento Econômico (SEAE) do Ministério da Fazenda. Informações do Jornal Valor Econômico apontam que, por conta das obrigações contratuais, a maior parte ...

Ler mais ou responder
Programa Nacional de Encadeamento Produtivo

Esse programa foi criado pelo SEBRAE para dinamizar a inserção dos pequenos negócios no universo produtivo das multinacionais brasileiras. É uma estratégia que visa aumentar competitividade, competência tecnológica e gestão das empresas, através de relacionamentos cooperativos, de longo prazo e mutuamente atraentes, que se estabelecem entre grandes companhias e pequenas empresas de sua cadeia de valor. Desde 2004 o SEBRAE vem atuando para aproximar empresas de uma mesma cadeia produtiva, mas, recentemente, com a criação do programa, contabilizou o atendimento a mais de 17 mil empresas no Brasil, em quase 100 projetos locais e nacionais, que contam com parcerias com empresas como a Petrobrás, a Braskem, a Vale, a Gerdau e a Odebrecht. O processo de encadeamento produtivo pode gerar ...

Ler mais ou responder
Instalação em canteiros de obras tem oportunidades no setor público e privado

O setor da construção civil, que atua diretamente no canteiro de obras, está dominado por pequenos negócios com até 49 empregados. Para as empresas que lidam com construções provisórias e instalações em canteiros de obras, atualmente, o trato da questão da sustentabilidade é um fator determinante para o sucesso no mercado. Canteiros projetados para causar o menor impacto ambiental possível são demandados tanto no setor privado quanto no setor público. Nesse sentido, o planejamento deve enfatizar: 1)    Redução das perdas de materiais por uso inadequado dos recursos ferramentais e tecnológicos; 2)    Redução do impacto direto na paisagem original; 3)    Minimização do uso de água e energia;  4)    Relação da obra com a vizinhança e a comunidade; 5)    ...

Ler mais ou responder
Para MEI, formalização impacta positivamente

Em agosto de 2013, o Brasil atingiu a marca de mais de 3,3 milhões de microempreendedores individuais (MEI). Esse cenário demonstra ser esta figura jurídica o principal caminho utilizado pelos microempreendedores brasileiros que buscam as oportunidades oferecidas pelo mercado às empresas legalizadas. Foi com o objetivo de conhecer o perfil desse público, um dos seus principais clientes, que Sebrae realizou uma ampla pesquisa sobre quem é o microempreendedor individual no país. O levantamento constatou que o nível de satisfação do microempreendedor individual com a formalização atingiu 93,9% dos pesquisados. Quanto aos principais motivos para a formalização, 78,5% indicaram aqueles voltados aos benefícios que esta medida gera à empresa. Impactos da formalização Ao ...

Ler mais ou responder