CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Casamentos – oportunidades com serviços na rede

Casamentos – oportunidades com serviços na rede

Casamentos online

Cada vez mais numerosos, os sites de organização de casamento online não substituem o envolvimento dos noivos no planejamento da festa, mas são uma maneira de engajar os convidados nos preparativos. Além de antecipar detalhes da comemoração e relembrar a história do casal, eles permitem o envio de mensagens, postagem de fotos e são uma forma prática de presentear o par, via lista de presentes online.

Neste mercado ainda existe muito espaço para crescer e empreender, diz o diretor do iCasei, Luis Machado. Um dos pioneiros entre os sites de casamento no Brasil, o iCasei existe desde 2007, quando, conforme Machado, ainda eram raras as iniciativas deste tipo mesmo fora do País. “Hoje, após a compra do site ProntoCasei, temos 80% de representatividade no mercado brasileiro”, afirma. Com mais de 80 recursos interativos, como confirmação de presença e lista de presentes online o faturamento do iCasei em 2014 foi de R$ 10 milhões, alta de 35% em relação a 2013 – segundo o CEO da empresa, Luis Machado.

Em 2014, 50 mil uniões foram atendidas pelo portal iCasei. Atualmente, são investidos R$ 2,5 milhões por ano na empresa. Parte desse valor foi usada para criar a nova versão do portal, que entrou no ar em dezembro do ano passado. O tráfego do iCasei gira em torno de 2,5 milhões de visitas únicas mensais. A expectativa de Machado, que já atendeu a mais de 200 mil casais em todo o País, é de crescer 40% em 2015. Entretanto, ele ainda observa que o serviço ainda não é considerado essencial para os noivos. “Não se vê casamento sem fotógrafo ou sem bolo. Mas é muito fácil encontrar casais sem página na internet. Por conta disso, o nosso mercado ainda é considerado pequeno”. Machado estima que, a cada 1 milhão de casamentos realizados no Brasil, menos de 100 mil tenham páginas em sites especializados. O executivo ainda lembra que, ao escolher um serviço, é importante atentar para quesitos de segurança – se as páginas são criptografadas, ou como são feitas as compras dos presentes (cartão de crédito, boleto bancário).

Com dados tão positivos, empresas como a Maria Lembrancinha – que desde 2009, quando foi criada, vê seu faturamento dobrar ano a ano – e até mesmo a Festas de Divórcio, exclusiva para comemorações de casamentos desfeitos, terão seu espaço garantido.

Encontre mais informações sobre oportunidades para Casamentos aqui. 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae