CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Cartão de crédito: saiba por que existe o código de segurança

Cartão de crédito: saiba por que existe o código de segurança

Pense a seguinte situação: você está no meio de uma compra pela internet. Decidiu os produtos, e é chegada a hora de digitar os dados do cartão de crédito. Nome, sobrenome, número do cartão, validade. E aí chega o CVV, o tal código de segurança. Certamente, nesse último item você dá uma titubeada.

Do inglês Card Verification Value, o Código de Verificação do Cartão (CVV) é um código de segurança formado por três números e está presente, normalmente, na parte traseira do cartão de crédito.

Definido no momento em que os dados são criptografados pelo banco, o código extra é uma ferramenta importante de segurança fornecida pela instituição financeira, especialmente contra fraudes em compras feitas pela web.

Diferenças do código de segurança por bandeira

Dependendo da sua operadora de cartão de crédito, o código de segurança tem nomeações e características diferentes. Em bandeiras como Visa e Mastercard, o código conta com três números e está localizado no verso do cartão. Já na bandeira American Express, o código é formado por quatro algarismos e está na frente do documento.

De acordo com cada empresa, a denominação do código também tem variações. Para a Mastercard a sigla do código é CVC, ou Código de Validação do Cartão, enquanto para a American Express atende pela expressão CID, ou Identificação do Cartão.

Segurança nas compras

O código de segurança fornece uma segurança adicional, mas que não exime o usuário de tomar alguns cuidados na hora das compras online com o cartão de crédito. A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) dá algumas dicas básicas, como verificar se o portal que oferece o produto conta com um endereço físico e telefones para contato.

Além disso, é recomendável verificar se o site conta com um ambiente seguro para compras, o que pode ser verificado pela presença de um símbolo de um cadeado na tela do navegador, e não fazer compras em computadores de desconhecidos ou que tenham acesso público. O e-mail com a confirmação da compra e os dados do produto também deve ser conferido.

Planejamento de despesa

A praticidade, segurança e a possibilidade de parcelamento e organização do orçamento mensal são destacadas pela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) como as principais vantagens do seu uso. Porém a possibilidade de fazer compras facilmente, especialmente pela internet, deve vir acompanhada de um planejamento das despesas.

Entre as recomendações da Associação está a programação das compras – jamais usar o cartão como se fosse um segundo salário – o pagamento total da fatura do cartão no vencimento – pagamento mínimo só em caso de emergência – e a conferência mensal da fatura, para evitar cobranças indevidas.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Neto OliveiraNovo na comunidade


Me siga