CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Calçados artesanais têm público exigente e disposto a pagar mais por qualidade

Calçados artesanais têm público exigente e disposto a pagar mais por qualidade

artesao_551X193px

 

Calçados com desenhos exclusivos e confecção artesanal ganham espaço no mercado. Na contramão da produção industrial – fundamentada na agilidade e padronização –, as peças feitas à mão ou com toque artesanal passam a são uma alternativa inovadora e evidencia fatores como design e customização.

Os preços dos calçados artesanais não são acessíveis para todos os consumidores. Por isso, é essencial conhecer bem o perfil do cliente. O seu público-alvo é exigente e prefere investir mais, desde que o serviço saia personalizado e exatamente como ele gostaria. Este consumidor tem alta renda e prioriza qualidade, durabilidade e exclusividade, além de valorizar o design e o conforto. São motivados por questões de saúde (ex.: ortopédicos), desempenho (ex.: atletas), vaidade, tradição e até por questões profissionais (ex.: artistas de musicais).

Os esportes geram oportunidades para o segmento, porque muitas atividades necessitam de personalização nos calçados. Feitos sob medida, podem impactar diretamente no desempenho do atleta. A produção artesanal desses sapatos também permite a adição de símbolos, cores e formatos que estejam de acordo com o clube ou com a personalidade do esportista.

Casos de sucesso

A Insecta Shoes cria sapatos artesanais com o conceito vegano (não utiliza matéria-prima de origem animal). A fabricante reaproveita a borracha da sola e o forro dos calçados, oriundos do excesso da indústria. Os tecidos utilizados se transformam em modelos exclusivos de oxfords e botas.

Já a Mutta é um projeto do designer Matheus Simões Pires Costa, que produz modelos personalizados com qualidade superior. A marca preserva a regionalidade, por isso, os calçados são produzidos por artesãos em ateliês de Novo Hamburgo/RS e utiliza matérias-primas locais. As peças são feitas sob encomenda.

Na Couromoda 2015, realizada em janeiro deste ano em São Paulo, 10 pequenos negócios do polo calçadista de São João Batista (SC), em parceria com o estilista Ronaldo Fraga, apresentaram calçados exclusivos. Os produtos foram feitos artesanalmente e com materiais nobres.

Segundo Mariana Grapeggia, gestora de projetos do Sebrae/SC, a iniciativa terminará em julho de 2016 e a intenção é desenvolver uma linha de calçados para venda. O forte interesse do público nos produtos incentiva os empresários a estudarem formas de adaptar os calçados apresentados para incluir nas suas próximas coleções.

Fonte e imagem: Boletim de Tendências Calçados Femininos – Ed. Agosto 2015.
Edição: Fernanda Peregrino, da FC Comunicação.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga